Oi Futuro http://www.oifuturo.org.br/custom-feeds/eventos-novo/ Feed RSS PT-BR Copyright Fri, 20 Oct 17 20:17:00 +0000 Oi Futuro Fri, 20 Oct 17 08:16:33 +0000 Fri, 20 Oct 17 08:16:33 +0000 Oi Futuro http://www.oifuturo.org.br/wp-content/themes/oifuturo/images/rss.png http://www.oifuturo.org.br/custom-feeds/eventos-novo/ <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB – Fabiano Mixo]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14819 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14819 Curadoria e Direção: Batman Zavareze De 31 de outubro a 3 de novembro: O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. MULTI_LAB – Fabiano Mixo – Brasil Artista multimídia e cineasta carioca, Fabiano vive e trabalha entre Berlim e Rio de Janeiro. Em seu trabalho, ele explora a recontextualização da história, da cultura e da mídia através de interpretações críticas e poéticas do presente. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/Fabiano_alta.jpg <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[NAVE de Portas Abertas 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 NAVE de Portas Abertas, a escola convida a comunidade a conhecer as práticas inovadoras desenvolvidas nas suas salas de aula. Salve na sua agenda: é nos dias 26 e 27/10 (Rio de Janeiro) e 27 e 28/10 (Recife)!   Confirme sua presença no evento do Rio de Janeiro e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=119435475402722&ref=br_rs   Confirme sua presença no evento de Recife e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=129264117823786&ref=br_rs]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/10/npa2017.png <![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[NAVE de Portas Abertas 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 NAVE de Portas Abertas, a escola convida a comunidade a conhecer as práticas inovadoras desenvolvidas nas suas salas de aula. Salve na sua agenda: é nos dias 26 e 27/10 (Rio de Janeiro) e 27 e 28/10 (Recife)!   Confirme sua presença no evento do Rio de Janeiro e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=119435475402722&ref=br_rs   Confirme sua presença no evento de Recife e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=129264117823786&ref=br_rs]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/10/npa2017.png <![CDATA[PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS – 29 DE OUTUBRO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14838 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14838 Dia 29 de outubro, domingo:   Oficina Pequenos Fazedores (04 a 07 anos)   Oficinas voltadas para crianças e adolescentes facilitadas pelo OLabi, que visa propiciar  interações com as coisas que estão à nossa volta e descobrir como dar sentido àquilo que está ao alcance das nossas mãos e no poder do fazer, no poder do construir e no poder de gerar o novo a partir do que já existe, prontas para modificar, retrabalhar, reusar, reciclar e melhorar o mundo que está ao nosso redor ao acreditar que ele cresce, renasce e se ressignifica a partir do nosso olhar e das nossas ações. .PRODUÇÃO DE BRINQUEDOS A PARTIR DE PAPELÃO E OUTROS MATERIAIS ACESSÍVEIS E COMPONENTES ELETRÔNICOS E DE DESIGN INTEGRAÇÃO ENTRE ARTES, CIÊNCIAS E COTIDIANO.   11h – 13h / Térreo Entrada franca * Até 10 participantes   Oficina Pequenos Fazedores (08 a 12 anos)   Oficinas voltadas para crianças e adolescentes facilitadas pelo OLabi, que visa propiciar  interações com as coisas que estão à nossa volta e descobrir como dar sentido àquilo que está ao alcance das nossas mãos e no poder do fazer, no poder do construir e no poder de gerar o novo a partir do que já existe, prontas para modificar, retrabalhar, reusar, reciclar e melhorar o mundo que está ao nosso redor ao acreditar que ele cresce, renasce e se ressignifica a partir do nosso olhar e das nossas ações. .PRODUÇÃO DE BRINQUEDOS A PARTIR DE PAPELÃO E OUTROS MATERIAIS ACESSÍVEIS E COMPONENTES ELETRÔNICOS E DE DESIGN INTEGRAÇÃO ENTRE ARTES, CIÊNCIAS E COTIDIANO.   15h – 17h / Térreo Entrada franca * Até 10 participantes   * Inscrição prévia pelo e-mail programaeducativo.oifuturo@gmail.com  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/padrao.png <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - ESTILHAÇO - DMTR + A MULHER SEM BANDOLIM - Fabiano Mixo ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14817 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14817 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. Dias 28 e 29 de outubro: ESTILHAÇO - DMTR - Brasil + A MULHER SEM BANDOLIM - Fabiano Mixo – Brasil “Estilhaço” é um ensaio da realidade sob a ótica de fragmentos de vidro feito por DMTR. Fabiano Mixo exibe uma obra inspirada no seu filme cubista e experimental “A Mulher Sem Bandolim." Os dois prometem muitas novidades, que serão somadas ao longo da semana de experimentações no Multi_Lab. 20h | Nível 7 Entrada: R$ 20,00]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/Woman-without-Mandolin-Still-alta.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CONEXÃO BEBÊ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14585 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14585 Dias 30 de setembro e 28 de outubro, sábado, 10h | Nível 6 Público: Bebês de 6 meses a 2 anos e seus acompanhantes *Até 10 bebês * Inscrição prévia pelo e-mail programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/20620958_1540941152619099_7737444768406027375_n.jpg <![CDATA[NAVE de Portas Abertas 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 NAVE de Portas Abertas, a escola convida a comunidade a conhecer as práticas inovadoras desenvolvidas nas suas salas de aula. Salve na sua agenda: é nos dias 26 e 27/10 (Rio de Janeiro) e 27 e 28/10 (Recife)!   Confirme sua presença no evento do Rio de Janeiro e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=119435475402722&ref=br_rs   Confirme sua presença no evento de Recife e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=129264117823786&ref=br_rs]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/10/npa2017.png <![CDATA[PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS – 28 DE OUTUBRO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14836 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14836 Dia 28 de outubro, sábado:   Conexão Bebê - Circuito teatralizado para bebês   Unindo teatro e música através de jogos e cenas teatrais, o Grupo Conexão do Bem recebe bebês e seus acompanhantes no Museu das Telecomunicações para uma experiência lúdica e interativa. Essa atividade é voltada para bebês de 06 meses a 02 anos e seus acompanhantes.   10h – 11h / Museu Entrada franca * Até 10 participantes   Oficina Pequenos Fazedores (04 a 07 anos)   Oficinas voltadas para crianças e adolescentes facilitadas pelo OLabi, que visa propiciar  interações com as coisas que estão à nossa volta e descobrir como dar sentido àquilo que está ao alcance das nossas mãos e no poder do fazer, no poder do construir e no poder de gerar o novo a partir do que já existe, prontas para modificar, retrabalhar, reusar, reciclar e melhorar o mundo que está ao nosso redor ao acreditar que ele cresce, renasce e se ressignifica a partir do nosso olhar e das nossas ações. .PRODUÇÃO DE BRINQUEDOS A PARTIR DE PAPELÃO E OUTROS MATERIAIS ACESSÍVEIS E COMPONENTES ELETRÔNICOS E DE DESIGN INTEGRAÇÃO ENTRE ARTES, CIÊNCIAS E COTIDIANO.   11h – 13h / Térreo Entrada franca * Até 10 participantes   Estação Educativa - Adivinhe quem é?   O programa educativo convida o público para uma experiência  onde de maneira interativa a partir de referências e pistas em um circuito imaginário visando desvendar e apresentar importantes personagens e personalidades existentes no museu. Para desvendar cada personalidade é preciso se apropriar dos objetos podendo até vesti-los! Junto com os objetos um “pergaminho” contém três pistas sobre cada personalidade onde o participante pode descobrirao final quem é.   15h – 16h / Museu Entrada franca * Até 20 participantes   Oficina Pequenos Fazedores (08 a 12 anos)   Oficinas voltadas para crianças e adolescentes facilitadas pelo OLabi, que visa propiciar  interações com as coisas que estão à nossa volta e descobrir como dar sentido àquilo que está ao alcance das nossas mãos e no poder do fazer, no poder do construir e no poder de gerar o novo a partir do que já existe, prontas para modificar, retrabalhar, reusar, reciclar e melhorar o mundo que está ao nosso redor ao acreditar que ele cresce, renasce e se ressignifica a partir do nosso olhar e das nossas ações. .PRODUÇÃO DE BRINQUEDOS A PARTIR DE PAPELÃO E OUTROS MATERIAIS ACESSÍVEIS E COMPONENTES ELETRÔNICOS E DE DESIGN INTEGRAÇÃO ENTRE ARTES, CIÊNCIAS E COTIDIANO.   15h – 17h / Térreo Entrada franca * Até 10 participantes   * Inscrição prévia pelo e-mail programaeducativo.oifuturo@gmail.com  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/padrao.png <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - ESTILHAÇO - DMTR + A MULHER SEM BANDOLIM - Fabiano Mixo ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14817 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14817 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. Dias 28 e 29 de outubro: ESTILHAÇO - DMTR - Brasil + A MULHER SEM BANDOLIM - Fabiano Mixo – Brasil “Estilhaço” é um ensaio da realidade sob a ótica de fragmentos de vidro feito por DMTR. Fabiano Mixo exibe uma obra inspirada no seu filme cubista e experimental “A Mulher Sem Bandolim." Os dois prometem muitas novidades, que serão somadas ao longo da semana de experimentações no Multi_Lab. 20h | Nível 7 Entrada: R$ 20,00]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/Woman-without-Mandolin-Still-alta.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB – DMTR]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 24 a 27 de outubro: MULTI_LAB – DMTR – Brasil Artista e designer gráfico, Dimitre Lima (DMTR) usa a programação de computadores como principal meio de expressão, e adota também a música, softwares e video mapping como plataformas. Entre seus trabalhos, estão a abertura e o encerramento das Paralimpíadas. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/padrao.png <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB – DMTR]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 24 a 27 de outubro: MULTI_LAB – DMTR – Brasil Artista e designer gráfico, Dimitre Lima (DMTR) usa a programação de computadores como principal meio de expressão, e adota também a música, softwares e video mapping como plataformas. Entre seus trabalhos, estão a abertura e o encerramento das Paralimpíadas. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/padrao.png <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[NAVE de Portas Abertas 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 NAVE de Portas Abertas, a escola convida a comunidade a conhecer as práticas inovadoras desenvolvidas nas suas salas de aula. Salve na sua agenda: é nos dias 26 e 27/10 (Rio de Janeiro) e 27 e 28/10 (Recife)!   Confirme sua presença no evento do Rio de Janeiro e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=119435475402722&ref=br_rs   Confirme sua presença no evento de Recife e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=129264117823786&ref=br_rs]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/10/npa2017.png <![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB – DMTR]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 24 a 27 de outubro: MULTI_LAB – DMTR – Brasil Artista e designer gráfico, Dimitre Lima (DMTR) usa a programação de computadores como principal meio de expressão, e adota também a música, softwares e video mapping como plataformas. Entre seus trabalhos, estão a abertura e o encerramento das Paralimpíadas. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/padrao.png <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[NAVE de Portas Abertas 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14885 NAVE de Portas Abertas, a escola convida a comunidade a conhecer as práticas inovadoras desenvolvidas nas suas salas de aula. Salve na sua agenda: é nos dias 26 e 27/10 (Rio de Janeiro) e 27 e 28/10 (Recife)!   Confirme sua presença no evento do Rio de Janeiro e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=119435475402722&ref=br_rs   Confirme sua presença no evento de Recife e fique por dentro das novidades: https://www.facebook.com/profile.php?id=129264117823786&ref=br_rs]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/10/npa2017.png <![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB – DMTR]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 24 a 27 de outubro: MULTI_LAB – DMTR – Brasil Artista e designer gráfico, Dimitre Lima (DMTR) usa a programação de computadores como principal meio de expressão, e adota também a música, softwares e video mapping como plataformas. Entre seus trabalhos, estão a abertura e o encerramento das Paralimpíadas. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/padrao.png <![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB – DMTR]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14815 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 24 a 27 de outubro: MULTI_LAB – DMTR – Brasil Artista e designer gráfico, Dimitre Lima (DMTR) usa a programação de computadores como principal meio de expressão, e adota também a música, softwares e video mapping como plataformas. Entre seus trabalhos, estão a abertura e o encerramento das Paralimpíadas. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/padrao.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS – 22 DE OUTUBRO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14835 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14835 Dia 22 de outubro, domingo:   PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS   Oficina Pequenos Fazedores (04 a 07 anos)   Oficinas voltadas para crianças e adolescentes facilitadas pelo OLabi, que visa propiciar  interações com as coisas que estão à nossa volta e descobrir como dar sentido àquilo que está ao alcance das nossas mãos e no poder do fazer, no poder do construir e no poder de gerar o novo a partir do que já existe, prontas para modificar, retrabalhar, reusar, reciclar e melhorar o mundo que está ao nosso redor ao acreditar que ele cresce, renasce e se ressignifica a partir do nosso olhar e das nossas ações. .PRODUÇÃO DE BRINQUEDOS A PARTIR DE PAPELÃO E OUTROS MATERIAIS ACESSÍVEIS E COMPONENTES ELETRÔNICOS E DE DESIGN INTEGRAÇÃO ENTRE ARTES, CIÊNCIAS E COTIDIANO.   11h – 13h / Térreo Entrada franca * Até 10 participantes   Oficina Pequenos Fazedores (08 a 12 anos)   Oficinas voltadas para crianças e adolescentes facilitadas pelo OLabi, que visa propiciar  interações com as coisas que estão à nossa volta e descobrir como dar sentido àquilo que está ao alcance das nossas mãos e no poder do fazer, no poder do construir e no poder de gerar o novo a partir do que já existe, prontas para modificar, retrabalhar, reusar, reciclar e melhorar o mundo que está ao nosso redor ao acreditar que ele cresce, renasce e se ressignifica a partir do nosso olhar e das nossas ações. .PRODUÇÃO DE BRINQUEDOS A PARTIR DE PAPELÃO E OUTROS MATERIAIS ACESSÍVEIS E COMPONENTES ELETRÔNICOS E DE DESIGN INTEGRAÇÃO ENTRE ARTES, CIÊNCIAS E COTIDIANO.   15h – 17h / Térreo Entrada franca * Até 10 participantes   * Inscrição prévia pelo e-mail programaeducativo.oifuturo@gmail.com  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/padrao.png <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS – 21 DE OUTUBRO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14833 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14833 Dia 21 de outubro, sábado:   PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DIA DAS CRIANÇAS   Oficina Pequenos Fazedores (04 a 07 anos)   Oficinas voltadas para crianças e adolescentes facilitadas pelo OLabi, que visa propiciar  interações com as coisas que estão à nossa volta e descobrir como dar sentido àquilo que está ao alcance das nossas mãos e no poder do fazer, no poder do construir e no poder de gerar o novo a partir do que já existe, prontas para modificar, retrabalhar, reusar, reciclar e melhorar o mundo que está ao nosso redor ao acreditar que ele cresce, renasce e se ressignifica a partir do nosso olhar e das nossas ações. .PRODUÇÃO DE BRINQUEDOS A PARTIR DE PAPELÃO E OUTROS MATERIAIS ACESSÍVEIS E COMPONENTES ELETRÔNICOS E DE DESIGN INTEGRAÇÃO ENTRE ARTES, CIÊNCIAS E COTIDIANO.   11h – 13h / Térreo Entrada franca * Até 10 participantes   Oficina Pequenos Fazedores (08 a 12 anos)   Oficinas voltadas para crianças e adolescentes facilitadas pelo OLabi, que visa propiciar  interações com as coisas que estão à nossa volta e descobrir como dar sentido àquilo que está ao alcance das nossas mãos e no poder do fazer, no poder do construir e no poder de gerar o novo a partir do que já existe, prontas para modificar, retrabalhar, reusar, reciclar e melhorar o mundo que está ao nosso redor ao acreditar que ele cresce, renasce e se ressignifica a partir do nosso olhar e das nossas ações. .PRODUÇÃO DE BRINQUEDOS A PARTIR DE PAPELÃO E OUTROS MATERIAIS ACESSÍVEIS E COMPONENTES ELETRÔNICOS E DE DESIGN INTEGRAÇÃO ENTRE ARTES, CIÊNCIAS E COTIDIANO.   15h – 17h / Térreo Entrada franca * Até 10 participantes   Gabinete de Curiosidades   Atividade de conhecimento e experimentação de objetos relativos ao acervo do Museu das Telecomunicações trabalhando a temática da criação dos museus e a formação de suas coleções.   15h – 16h / Museu Entrada franca * Até 20 participantes   * Inscrição prévia pelo e-mail programaeducativo.oifuturo@gmail.com  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/padrao.png <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - SEMANA XINGU]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14808 Curadoria e Direção: Batman Zavareze
O FESTIVAL MULTIPLICIDADE ABRE AS PORTAS PARA O XINGU!!!  Nesta semana, nove indígenas do povo Kuikuro chegam ao Rio para pintar o Oi Futuro com as cores do Xingu. Dos dias 17 a 22 de outubro, palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens trazem a cultura Kuikuro para o Festival Multiplicidade. A programação é fruto de um programa de residências artísticas na aldeia Ipatse no Alto Xingu, com o objetivo de promover a cultura indígena e o intercâmbio artístico entre diferentes territórios. Confira nossa programação completa!   TERCA-FEIRA (17/OUT): Forças da Natureza  19h-20h Abertura oficial da Semana Xingu - Boas vindas do Oi Futuro e do Festival Multiplicidade aos artistas kuikuros - Experiência A/V dos artistas Myllena Araujo e Thiago Jesus Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.   20h-22h Bate-papo Forças da Natureza - Paul Heritage, diretor artístico da People’s Palace Projects, apresenta o programa de residências artísticas na aldeia Ipatse. - Ilana Strozenberg, doutora em comunicação pela UFRJ, especializada em antropologia social pelo Museu Nacional media uma roda de conversas com o cacique Jacalo Kuikuro, o pesquisador indígena Yamalui Kuikuro, e os artistas/curadores residentes: Gringo Cardia, Jailson de Souza, Marcus Faustini e Batman Zavareze. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 17 tem classificação etária livre.   QUARTA-FEIRA (18/OUT): Cinema Kuikuro    17h-18h Leandro Valiati, economista da UFRGS, fala sobre economia criativa e o valor do intercâmbio artístico com o Xingu  Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   18h-19h30 Cineclube Kuikuro Exibição do premiado documentário 'As Hiper Mulheres' (Itão Kuegü: Takumã Kuikuro, Carlos Fausto e Leonardo Sette, 2011), com abertura do curta 'Londres como uma Aldeia’ (Ete Londres: Takumã Kuikuro, 2015) Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: 16 anos   20h-22h Bate papo Cinema Kuikuro - Conversa sobre a produção audiovisual indígena no Brasil com o cineasta Takumã Kuikuro e o antropólogo Carlos Fausto, com exibição do curta Karioka (Karioka, 2013), Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Classificação etária: Livre   QUINTA-FEIRA (19/OUT): Rituais e Linguagens    Oficinas Kuikuro 15h-15h30: Aula de Karib (língua nativa dos Kuikuros) com Yamalui Kuikuro 15h30-16h30: Oficina de Pintura corporal tradicional Kuikuro com Nega e Tuiuta Kuikuro e a maquiadora Evelyn Falcão; Ilustrações e mapas afetivos com as artistas Ellen Rose e Myllena Araujo 16h30-17h30: Oficina de canto e dança Kuikuro com Jacalo, Jair, Yamalui e Sagigua Kuikuro Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.
18h-19h Ferdinand Saumarez, especialista em tecnologia da Factum Foundation, fala das mais avançadas técnicas de digitalização de patrimônios culturais em risco e de seu trabalho no Xingu Local: Multi_Lab | Térreo. Entrada Franca.18h-20h Instalação ambisônica da Factum Foundation  Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.20h-22h Bate-papo Rituais e Linguagens - Paul Heritage convida o antropólogo Mércio Pereira Gomes para conversar sobre a situação dos povos indígenas no Brasil. - Apresentação dos artistas Kuikuros: rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca. Toda a programação do dia 19 tem classificação etária livre.   SÁBADO E DOMINGO (21 E 22/OUT)  Xingu Ensemble As experiências e impressões vistas e partilhadas na residência de Clelio de Paula no Xingu, com os índios Kuikuros, irão ser transmitidas em instalações interativas, filmes 360, realidade virtual e tudo mais que for relevante e surgir como arte do imprevisto . Clelio é artista digital, creative coder e fundador da WeSense, laboratório de experiências interativas que desenvolve ativações usando tecnologia e arte. Local: Teatro | Nível 7. Entrada Franca.  
Fique ligado! * Instalações audiovisuais e projeções de Gringo Cardia, Conrad Murray, Ellen Rose, Evelyn Falcão, Marcia Farias, Myllena Araujo e Thiago Jesus serão exibidas em diversos espaços durante a semana Xingu. * Durante todos os dias terá venda de artesanato Kuikuro. Serão aceitos cartões de débito e crédito. Toda a renda será revertida em doação para a comunidade Kuikuro. * A programação noturna (a partir das 19h) contará com tradutores de libras nos bate-papos. Atenção a classificação etária das atividades. Local sujeito à lotação. Chegue cedo e garanta seu lugar. —————————————————————
O intercâmbio artistístico com o povo Kuikuiro faz parte de um projeto piloto da People’s Palace Projects  centro de pesquisa britânico da Queen Mary University of London  em parceria com a Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) e com o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura (NECCULT/UFRGS)  financiado pelo Arts Humanities Research Council através do Global Challenges Research Fund no Reino Unido, como parte extensão do financiamento The Currency of Cultural Exchange: re-thinking models of indigenous development.
]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/xingu.jpg
<![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025 - MULTI_LAB]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14800 Curadoria e Direção: Batman Zavareze O Festival realiza um exercício de antevisão no ano imaginário de 2025, com a utopia de dias melhores e muita arte, curiosidades e experimentações. De 10 de outubro a 5 de novembro: MULTI_LAB É o laboratório de ideias do Festival, ocupado por artistas, produtores, técnicos e convidados, partilhando a experiência de ser o objeto da exposição. Todos estarão em um aquário, onde o público poderá assistir e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos como um “voyeur”. Às sextas-feiras, as paredes serão abertas, e o espaço, transformado em estúdio de gravação com lives. Participação do jornalista e DJ Calbuque, que conversará com os artistas e escreverá resenhas sobre as criações. Aos sábados e domingos, haverá uma performance no teatro. Entre as atrações, estão Quasi-Orquestra, Manifestação Pacífica, Alex Augier (França), DMTR, Fabiano Mixo, Clélio de Paula e Gabriela Mureb. *Na estreia, dia 10 de outubro, terça-feira, conversa com os artistas residentes Clelio de Paula, DMTR e Fabiano Mixo. 11h às 20h | Térreo Entrada franca]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/09/multilab.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg
<![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.

Devido a problemas técnicos, o elevador está  operando com capacidade reduzida. A prioridade é para terceira idade e pessoas com deficiência.

Desculpe-nos o transtorno.

]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg
<![CDATA[A.NOTA 2017]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14275 12/09 - BONDESOM + BNegão 19/09 - Kassin + Wado 26/09 - Vulgue Tostói + Ventre 03/10 - Hurtmold + Paulo Santos 10/10 - Qinho + Fernanda Abreu 17/10 - Anelis Assumpção + Mihay]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/07/anelis-e-mihay.png <![CDATA[ASSIM ASSIM - KARIN LAMBRECHT]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14570 Curadoria: Alberto Saraiva Com exposições individuais e coletivas no Brasil, Alemanha, Suécia e Venezuela em sua carreira, Karin Lambrecht é a convidada do Grande Campo. Ela expõe uma obra, de 2017, que é a reprodução de uma fotografia feita em Porto Alegre pela mãe da artista, Hilda Haessler Lambrecht (1918-2016), do seu quarto de dormir na década de 1940, quando seu irmão morreu, em 1944, em um grave acidente. Sobre esta imagem, Karin afixou caligrafias recortadas em papéis de seda e em aquarela preta, copiando o depoimento e as lembranças de Hilda, no período em que ela acompanhou a agonia do irmão hospitalizado, deixados em um caderno de anotações. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Grande Campo Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/karin-lambrecht.jpg <![CDATA[OUTRAS IDEIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14564 De: Makoto Azuma e Daniel Arsham Curadoria: Marcello Dantas O projeto de arte pública Outras Ideias traz pela primeira vez ao Rio de Janeiro o americano Daniel Arsham e o japonês Makoto Azuma. Eles criaram para a mostra obras de larga escala no Oi Futuro e no Aterro do Flamengo, com novos conceitos para a arquitetura, a ocupação urbana e a escultura. Considerado um dos 10 artistas mais excitantes de 2017 pelo site Artnet, com trabalhos em parceria com Pharrell Williams e James Franco no currículo, Arsham se equilibra entre a arte, a arquitetura e a performance, e procura confundir e misturar expectativas de espaço e forma. Conhecido pela obra “Exobiotânica”, em que lançou uma árvore bonsai e um buquê de flores na estratosfera, Azuma arrebatou a plateia da Semana de Moda de Paris com os trabalhos de flores congeladas que criou para a coleção de Dries Van Noten. Exposição: De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Térreo e Níveis 2, 4 e 5 Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/OIR.jpg <![CDATA[EBU D`ÁGUA - CHIARA BANFI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=14568 Curadoria: Alberto Saraiva Uma instalação sonora feita de água e pedra. A “harpa d`´agua” é encontrada em jardins japoneses, e o som é produzido pela água que cai  no interior de uma concha acústica.  A artista Chiara Banfi simula esta situação e com pequenas pedras cria diferentes resultados sonoros na vitrine do Oi Futuro, junto a um grande quartzo. Nascida em São Paulo, em 1979, e vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Chiara é formada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e já realizou individuais no Brasil, França e Holanda, além de ter participado de coletivas no Japão e nos Estados Unidos. Elementos da natureza estão sempre na sua obra. De 11 de setembro a 5 de novembro Terça a domingo, das 11h às 20h | Projeto Tech_Nô Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2017/08/chiara.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=13137 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre

VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS

Exploram o acervo de forma participativa, compartilhando o fascínio que a comunicação e a tecnologia exercem sobre cada um de nós. Terça a sexta, entre 10h e 15h, sábado, 11h Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com

 

 ]]>
http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/museu-7.jpg