Oi Futuro http://www.oifuturo.org.br/custom-feeds/eventos-novo/ Feed RSS PT-BR Copyright Tue, 27 Sep 16 20:16:00 +0000 Oi Futuro Tue, 27 Sep 16 13:39:46 +0000 Tue, 27 Sep 16 13:39:46 +0000 Oi Futuro http://www.oifuturo.org.br/wp-content/themes/oifuturo/images/rss.png http://www.oifuturo.org.br/custom-feeds/eventos-novo/ <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[TEMPO_FESTIVAL 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 Direção Geral e Curadoria: Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias O TEMPO chega às galerias do Oi Futuro, com a instalação interativa “Monólogos de Gênero”, antecipando a programação de artes cênicas que ocupa vários espaços cariocas em outubro. Concepção e Direção: Diana Blok Dramaturgia: Glauber Coradesqui Pesquisa de Mídia Interativa: Pawel Pokutycki Patrocínio: THE ART OF IMPACT, The Performing Arts Fund, The Netherlands   Uma co-produção Brasil-Holanda é a criação mais recente da artista Diana Blok. O conceito em torno dessa instalação interativa desafia nossos limites culturais e históricos acerca da identidade de gênero. Seis atores e atrizes conhecidos do público serão filmados enquanto interpretam monólogos sobre “amor e perda”, escritos originalmente para o sexo oposto: Abke Haring (NL), Cas Enklaar (NL), Dani Barros (BR), Grace Passô (BR), Matheus Nachtergaele (BR) e Mateus Solano(BR).   De 19 de setembro a 13 de novembro, 11h às 20h | Nível 2 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-3.37.57-PM.png <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[VIAJANDO COM O CINEMA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 Sessão para alunos: “As aventuras do Avião Vermelho” - José Maia e Frederico Pinto – Brasil (2014) Animação. A história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe. Dias 22 e 28 de setembro, às 14h e 18h Classificação etária: livre Agendamento com escolas - cineduc@cineduc.org.br       Sessão para professores “A liberdade é azul” - Krzysztof Kieslowski – França/Polônia/Suíca (1993) Após um acidente em que morrem seu marido e sua filha, Julie decide renunciar sua vida. Dia 22 de setembro, quinta-feira, 18h Classificação etária: 14 anos *Sessão aberta ao público        Teatro | Entrada franca Mais informações: 2533-4683, cineduc@cineduc.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_ALiberdadeEAzul.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[Mais Performance]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12515 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12515 Dia 30 de setembro, 19h – abertura das duas exposições e performance Dias 1º e 2 de outubro – Performances, Debates, Exposições www.maisperformance2016.com ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-11.38.51-AM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[TEMPO_FESTIVAL 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 Direção Geral e Curadoria: Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias O TEMPO chega às galerias do Oi Futuro, com a instalação interativa “Monólogos de Gênero”, antecipando a programação de artes cênicas que ocupa vários espaços cariocas em outubro. Concepção e Direção: Diana Blok Dramaturgia: Glauber Coradesqui Pesquisa de Mídia Interativa: Pawel Pokutycki Patrocínio: THE ART OF IMPACT, The Performing Arts Fund, The Netherlands   Uma co-produção Brasil-Holanda é a criação mais recente da artista Diana Blok. O conceito em torno dessa instalação interativa desafia nossos limites culturais e históricos acerca da identidade de gênero. Seis atores e atrizes conhecidos do público serão filmados enquanto interpretam monólogos sobre “amor e perda”, escritos originalmente para o sexo oposto: Abke Haring (NL), Cas Enklaar (NL), Dani Barros (BR), Grace Passô (BR), Matheus Nachtergaele (BR) e Mateus Solano(BR).   De 19 de setembro a 13 de novembro, 11h às 20h | Nível 2 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-3.37.57-PM.png <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[CINECLUBE CURTA CINEMA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12527 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12527 Realização: Festival Curta Cinema/Associação Franco Cultural Curadoria: Lara Pozzobon Em 2016, o Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência, referência nacional e internacional sobre o tema, comemora 15 anos, e apresenta três curtas de importantes realizadores cariocas.   Filmes:  “O resto é silêncio” - Paulo Halm - 22 min – RJ (2003) Interpretado por adolescentes surdos, conta o encontro de Lucas e Clara.   “Dreznica” - Anna Azevedo - 14 min - RJ  (2008) Construído com arquivos de Super 8. Uma lírica jornada através das imagens.   “Estrangeiros” - Sonia Machado Lima - 20 min -  RJ (2011) A fala tem poder e se impõe como forma superior de comunicação.   Dia 29 de setembro, quinta-feira, 19h30 | Teatro Entrada franca | Classificação etária: 10 anos *Distribuição de senhas 30 minutos antes]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_CineclubecurtaCinema-Dreznica.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[VIAJANDO COM O CINEMA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 Sessão para alunos: “As aventuras do Avião Vermelho” - José Maia e Frederico Pinto – Brasil (2014) Animação. A história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe. Dias 22 e 28 de setembro, às 14h e 18h Classificação etária: livre Agendamento com escolas - cineduc@cineduc.org.br       Sessão para professores “A liberdade é azul” - Krzysztof Kieslowski – França/Polônia/Suíca (1993) Após um acidente em que morrem seu marido e sua filha, Julie decide renunciar sua vida. Dia 22 de setembro, quinta-feira, 18h Classificação etária: 14 anos *Sessão aberta ao público        Teatro | Entrada franca Mais informações: 2533-4683, cineduc@cineduc.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_ALiberdadeEAzul.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DA LÍNGUA PORTUGUESA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 Idealização e concepção: Tânia Pires O Festival promove o intercâmbio de teatro entre países que falam a língua portuguesa.   Dias  22 e 23 de setembro, quinta e sexta, 20h “A MULHER SEM PECADO” – Elinga Teatro (Angola) Direção, Adaptação e Cenografia: José Mena Abrantes   Dias  24 e 25 de setembro, sábado e domingo, 20h “A VIDA COMO ELA É” – Teatro da Garagem (Portugal) Direção: Carlos J. Pessoa Autor: Maria João (a partir de textos de Nelson Rodrigues)   Dia 27 de setembro, terça, 14h às 18h ENCONTROS CULTURAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA (a falar que a gente se entende)   Dia 28 de setembro, quarta, 20h “A SERPENTE” – Grupo Raiz de Polon (Cabo Verde) Direção, Coreografia e Encenação: Mano Preto   De 22 a 28 de setembro | Nível 7 | Entrada franca  *Senhas 30 minutos antes     Exposição: “TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA” Artista: Ismael Lito De 21 de setembro a 2 de outubro | Nível 8 | Entrada franca | Classificação: livre   * Mais informações e classificação etária em: http://www.talu.com.br/festlip/  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_Festlip2-2016.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[TEMPO_FESTIVAL 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 Direção Geral e Curadoria: Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias O TEMPO chega às galerias do Oi Futuro, com a instalação interativa “Monólogos de Gênero”, antecipando a programação de artes cênicas que ocupa vários espaços cariocas em outubro. Concepção e Direção: Diana Blok Dramaturgia: Glauber Coradesqui Pesquisa de Mídia Interativa: Pawel Pokutycki Patrocínio: THE ART OF IMPACT, The Performing Arts Fund, The Netherlands   Uma co-produção Brasil-Holanda é a criação mais recente da artista Diana Blok. O conceito em torno dessa instalação interativa desafia nossos limites culturais e históricos acerca da identidade de gênero. Seis atores e atrizes conhecidos do público serão filmados enquanto interpretam monólogos sobre “amor e perda”, escritos originalmente para o sexo oposto: Abke Haring (NL), Cas Enklaar (NL), Dani Barros (BR), Grace Passô (BR), Matheus Nachtergaele (BR) e Mateus Solano(BR).   De 19 de setembro a 13 de novembro, 11h às 20h | Nível 2 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-3.37.57-PM.png <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[VIAJANDO COM O CINEMA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 Sessão para alunos: “As aventuras do Avião Vermelho” - José Maia e Frederico Pinto – Brasil (2014) Animação. A história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe. Dias 22 e 28 de setembro, às 14h e 18h Classificação etária: livre Agendamento com escolas - cineduc@cineduc.org.br       Sessão para professores “A liberdade é azul” - Krzysztof Kieslowski – França/Polônia/Suíca (1993) Após um acidente em que morrem seu marido e sua filha, Julie decide renunciar sua vida. Dia 22 de setembro, quinta-feira, 18h Classificação etária: 14 anos *Sessão aberta ao público        Teatro | Entrada franca Mais informações: 2533-4683, cineduc@cineduc.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_ALiberdadeEAzul.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DA LÍNGUA PORTUGUESA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 Idealização e concepção: Tânia Pires O Festival promove o intercâmbio de teatro entre países que falam a língua portuguesa.   Dias  22 e 23 de setembro, quinta e sexta, 20h “A MULHER SEM PECADO” – Elinga Teatro (Angola) Direção, Adaptação e Cenografia: José Mena Abrantes   Dias  24 e 25 de setembro, sábado e domingo, 20h “A VIDA COMO ELA É” – Teatro da Garagem (Portugal) Direção: Carlos J. Pessoa Autor: Maria João (a partir de textos de Nelson Rodrigues)   Dia 27 de setembro, terça, 14h às 18h ENCONTROS CULTURAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA (a falar que a gente se entende)   Dia 28 de setembro, quarta, 20h “A SERPENTE” – Grupo Raiz de Polon (Cabo Verde) Direção, Coreografia e Encenação: Mano Preto   De 22 a 28 de setembro | Nível 7 | Entrada franca  *Senhas 30 minutos antes     Exposição: “TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA” Artista: Ismael Lito De 21 de setembro a 2 de outubro | Nível 8 | Entrada franca | Classificação: livre   * Mais informações e classificação etária em: http://www.talu.com.br/festlip/  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_Festlip2-2016.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[A.NOTA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12292 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12292 Curadoria: Thiago Vedova Novas bandas, lançamentos, novas misturas. A nova cena, a nova nota. O bem sucedido projeto de música retorna em 2016 com  shows imperdíveis. Dia 12 de julho: THIAGO PETHIT Ingressos Esgotados!   Em seu terceiro disco, “Rock`n`Roll Sugar Darling”, o cantor segue explorando o terreno das sonoridades pulsantes. Aparecem o imaginário grunge dos anos 90, a malícia implícita de Elvis Presley (“Honey Bi”), a sexualidade explícita de Iggy Pop (“Quero Ser seu Cão”), o voodoo de Screamin' Jay Hawkins (“Voodoo”) e o deboche de Rita Lee e Tutti-Frutti (na faixa-título).   Dia 26 de julho:  PEDRINHU E JULIA  A dupla é formada pelo cantor e violonista Pedrinhu Junqueira e pela cantora Júlia Shimura, ambos compositores, que resolveram iniciar um projeto musical, com suas canções autorais em 2014. Agora, Pedrinhu e Julia lançam o álbum "Haiku", com uma sonoridade pop e que passeia por diferentes ritmos - do dançante groove de "Amor", passando pelo bolero-afoxé "Nada Vai Ser", até chegar ao blues de "Fall".   Dia 9 de agosto: ANDRÉ CARVALHO  Depois do primeiro disco, com composições gravadas por cantoras como Marisa Monte, Mart'nália, Maria Gadu e Alexia Bomtempo, o segundo trabalho do cantor e compositor  André  Carvalho, “Distraído”, traz a presença ilustre de seu pai Dadi, de  três integrantes da Nação Zumbi e dos guitarristas Pedro Baby e Davi Moraes, assim como ele, filhos dos Novos Baianos.   Dia 30 de agosto: BEATRIZ AZEVEDO Poeta, cantora e compositora, atriz e diretora de teatro, a vertente musical da arte de Beatriz foi capturada em um registro, que deu origem ao seu primeiro CD ao vivo, batizado de “AntroPOPhagia”. O show homônimo foi concebido para fazer parte do projeto Celebrate Brazil, realizado por Film Society of Lincoln Center e ImageNation, promovido pelo Itamaraty.   Dia 13 de setembro: MIHAY "Gravador e amor", segundo disco do compositor, serpenteia entre blues, sambas, boleros. Sonoridade contemporânea e  imagens carregadas de calor analógico.   Dia 27 de setembro: IARA RENNÓ Cantora, compositora, instrumentista, produtora musical, performer e atriz, tem músicas nas vozes de Elza Soares e Ney Matogrosso, e lança os álbuns gêmeos “Arco & Flecha.   Terça-feira, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda dos ingressos começa uma semana antes da data de cada show      ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/ANota-Mihay.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[VIAJANDO COM O CINEMA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 Sessão para alunos: “As aventuras do Avião Vermelho” - José Maia e Frederico Pinto – Brasil (2014) Animação. A história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe. Dias 22 e 28 de setembro, às 14h e 18h Classificação etária: livre Agendamento com escolas - cineduc@cineduc.org.br       Sessão para professores “A liberdade é azul” - Krzysztof Kieslowski – França/Polônia/Suíca (1993) Após um acidente em que morrem seu marido e sua filha, Julie decide renunciar sua vida. Dia 22 de setembro, quinta-feira, 18h Classificação etária: 14 anos *Sessão aberta ao público        Teatro | Entrada franca Mais informações: 2533-4683, cineduc@cineduc.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_ALiberdadeEAzul.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[TEMPO_FESTIVAL 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 Direção Geral e Curadoria: Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias O TEMPO chega às galerias do Oi Futuro, com a instalação interativa “Monólogos de Gênero”, antecipando a programação de artes cênicas que ocupa vários espaços cariocas em outubro. Concepção e Direção: Diana Blok Dramaturgia: Glauber Coradesqui Pesquisa de Mídia Interativa: Pawel Pokutycki Patrocínio: THE ART OF IMPACT, The Performing Arts Fund, The Netherlands   Uma co-produção Brasil-Holanda é a criação mais recente da artista Diana Blok. O conceito em torno dessa instalação interativa desafia nossos limites culturais e históricos acerca da identidade de gênero. Seis atores e atrizes conhecidos do público serão filmados enquanto interpretam monólogos sobre “amor e perda”, escritos originalmente para o sexo oposto: Abke Haring (NL), Cas Enklaar (NL), Dani Barros (BR), Grace Passô (BR), Matheus Nachtergaele (BR) e Mateus Solano(BR).   De 19 de setembro a 13 de novembro, 11h às 20h | Nível 2 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-3.37.57-PM.png <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[VIAJANDO COM O CINEMA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 Sessão para alunos: “As aventuras do Avião Vermelho” - José Maia e Frederico Pinto – Brasil (2014) Animação. A história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe. Dias 22 e 28 de setembro, às 14h e 18h Classificação etária: livre Agendamento com escolas - cineduc@cineduc.org.br       Sessão para professores “A liberdade é azul” - Krzysztof Kieslowski – França/Polônia/Suíca (1993) Após um acidente em que morrem seu marido e sua filha, Julie decide renunciar sua vida. Dia 22 de setembro, quinta-feira, 18h Classificação etária: 14 anos *Sessão aberta ao público        Teatro | Entrada franca Mais informações: 2533-4683, cineduc@cineduc.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_ALiberdadeEAzul.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[FILHOTE DE CRUZ CREDO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 Texto: Fabrício Carpinejar Idealização e Adaptação: Eduardo Katz Direção Artística: Isaac Bernat Elenco: Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero   Espetáculo infanto-juvenil que conta a história do bullying sofrido pelo escritor Fabrício Carpinejar na sua infância. Como ele era fisicamente muito feio, convivia com todo tipo de apelidos e piadas, que o tornaram um menino triste e solitário.  Mas o pequeno Fabrício consegue virar o jogo quando passa a ter senso de humor e a brincar com a sua condição, tornando-se querido por todos. A trilha sonora é uma tremenda seleção de músicas do repertório de Erasmo Carlos.   De 10 de julho a 25 de setembro Sábado e domingo, 16h | Nível 7 *No dia 24/09, a sessão será às 14h. Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/G132487.jpg <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DA LÍNGUA PORTUGUESA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 Idealização e concepção: Tânia Pires O Festival promove o intercâmbio de teatro entre países que falam a língua portuguesa.   Dias  22 e 23 de setembro, quinta e sexta, 20h “A MULHER SEM PECADO” – Elinga Teatro (Angola) Direção, Adaptação e Cenografia: José Mena Abrantes   Dias  24 e 25 de setembro, sábado e domingo, 20h “A VIDA COMO ELA É” – Teatro da Garagem (Portugal) Direção: Carlos J. Pessoa Autor: Maria João (a partir de textos de Nelson Rodrigues)   Dia 27 de setembro, terça, 14h às 18h ENCONTROS CULTURAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA (a falar que a gente se entende)   Dia 28 de setembro, quarta, 20h “A SERPENTE” – Grupo Raiz de Polon (Cabo Verde) Direção, Coreografia e Encenação: Mano Preto   De 22 a 28 de setembro | Nível 7 | Entrada franca  *Senhas 30 minutos antes     Exposição: “TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA” Artista: Ismael Lito De 21 de setembro a 2 de outubro | Nível 8 | Entrada franca | Classificação: livre   * Mais informações e classificação etária em: http://www.talu.com.br/festlip/  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_Festlip2-2016.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[Musica no Parque (BA)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12213 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12213 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/Screen-Shot-2016-06-09-at-7.29.54-PM.png <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[VIAJANDO COM O CINEMA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 Sessão para alunos: “As aventuras do Avião Vermelho” - José Maia e Frederico Pinto – Brasil (2014) Animação. A história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe. Dias 22 e 28 de setembro, às 14h e 18h Classificação etária: livre Agendamento com escolas - cineduc@cineduc.org.br       Sessão para professores “A liberdade é azul” - Krzysztof Kieslowski – França/Polônia/Suíca (1993) Após um acidente em que morrem seu marido e sua filha, Julie decide renunciar sua vida. Dia 22 de setembro, quinta-feira, 18h Classificação etária: 14 anos *Sessão aberta ao público        Teatro | Entrada franca Mais informações: 2533-4683, cineduc@cineduc.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_ALiberdadeEAzul.jpg <![CDATA[FILHOTE DE CRUZ CREDO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 Texto: Fabrício Carpinejar Idealização e Adaptação: Eduardo Katz Direção Artística: Isaac Bernat Elenco: Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero   Espetáculo infanto-juvenil que conta a história do bullying sofrido pelo escritor Fabrício Carpinejar na sua infância. Como ele era fisicamente muito feio, convivia com todo tipo de apelidos e piadas, que o tornaram um menino triste e solitário.  Mas o pequeno Fabrício consegue virar o jogo quando passa a ter senso de humor e a brincar com a sua condição, tornando-se querido por todos. A trilha sonora é uma tremenda seleção de músicas do repertório de Erasmo Carlos.   De 10 de julho a 25 de setembro Sábado e domingo, 16h | Nível 7 *No dia 24/09, a sessão será às 14h. Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/G132487.jpg <![CDATA[CENAS DE PALHAÇO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12559 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12559 Dia 24 de setembro, sábado, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/palhaça-peitola-e1449060602769.png <![CDATA[FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DA LÍNGUA PORTUGUESA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 Idealização e concepção: Tânia Pires O Festival promove o intercâmbio de teatro entre países que falam a língua portuguesa.   Dias  22 e 23 de setembro, quinta e sexta, 20h “A MULHER SEM PECADO” – Elinga Teatro (Angola) Direção, Adaptação e Cenografia: José Mena Abrantes   Dias  24 e 25 de setembro, sábado e domingo, 20h “A VIDA COMO ELA É” – Teatro da Garagem (Portugal) Direção: Carlos J. Pessoa Autor: Maria João (a partir de textos de Nelson Rodrigues)   Dia 27 de setembro, terça, 14h às 18h ENCONTROS CULTURAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA (a falar que a gente se entende)   Dia 28 de setembro, quarta, 20h “A SERPENTE” – Grupo Raiz de Polon (Cabo Verde) Direção, Coreografia e Encenação: Mano Preto   De 22 a 28 de setembro | Nível 7 | Entrada franca  *Senhas 30 minutos antes     Exposição: “TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA” Artista: Ismael Lito De 21 de setembro a 2 de outubro | Nível 8 | Entrada franca | Classificação: livre   * Mais informações e classificação etária em: http://www.talu.com.br/festlip/  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_Festlip2-2016.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[TEMPO_FESTIVAL 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 Direção Geral e Curadoria: Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias O TEMPO chega às galerias do Oi Futuro, com a instalação interativa “Monólogos de Gênero”, antecipando a programação de artes cênicas que ocupa vários espaços cariocas em outubro. Concepção e Direção: Diana Blok Dramaturgia: Glauber Coradesqui Pesquisa de Mídia Interativa: Pawel Pokutycki Patrocínio: THE ART OF IMPACT, The Performing Arts Fund, The Netherlands   Uma co-produção Brasil-Holanda é a criação mais recente da artista Diana Blok. O conceito em torno dessa instalação interativa desafia nossos limites culturais e históricos acerca da identidade de gênero. Seis atores e atrizes conhecidos do público serão filmados enquanto interpretam monólogos sobre “amor e perda”, escritos originalmente para o sexo oposto: Abke Haring (NL), Cas Enklaar (NL), Dani Barros (BR), Grace Passô (BR), Matheus Nachtergaele (BR) e Mateus Solano(BR).   De 19 de setembro a 13 de novembro, 11h às 20h | Nível 2 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-3.37.57-PM.png <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[VIAJANDO COM O CINEMA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 Sessão para alunos: “As aventuras do Avião Vermelho” - José Maia e Frederico Pinto – Brasil (2014) Animação. A história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe. Dias 22 e 28 de setembro, às 14h e 18h Classificação etária: livre Agendamento com escolas - cineduc@cineduc.org.br       Sessão para professores “A liberdade é azul” - Krzysztof Kieslowski – França/Polônia/Suíca (1993) Após um acidente em que morrem seu marido e sua filha, Julie decide renunciar sua vida. Dia 22 de setembro, quinta-feira, 18h Classificação etária: 14 anos *Sessão aberta ao público        Teatro | Entrada franca Mais informações: 2533-4683, cineduc@cineduc.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_ALiberdadeEAzul.jpg <![CDATA[FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DA LÍNGUA PORTUGUESA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 Idealização e concepção: Tânia Pires O Festival promove o intercâmbio de teatro entre países que falam a língua portuguesa.   Dias  22 e 23 de setembro, quinta e sexta, 20h “A MULHER SEM PECADO” – Elinga Teatro (Angola) Direção, Adaptação e Cenografia: José Mena Abrantes   Dias  24 e 25 de setembro, sábado e domingo, 20h “A VIDA COMO ELA É” – Teatro da Garagem (Portugal) Direção: Carlos J. Pessoa Autor: Maria João (a partir de textos de Nelson Rodrigues)   Dia 27 de setembro, terça, 14h às 18h ENCONTROS CULTURAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA (a falar que a gente se entende)   Dia 28 de setembro, quarta, 20h “A SERPENTE” – Grupo Raiz de Polon (Cabo Verde) Direção, Coreografia e Encenação: Mano Preto   De 22 a 28 de setembro | Nível 7 | Entrada franca  *Senhas 30 minutos antes     Exposição: “TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA” Artista: Ismael Lito De 21 de setembro a 2 de outubro | Nível 8 | Entrada franca | Classificação: livre   * Mais informações e classificação etária em: http://www.talu.com.br/festlip/  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_Festlip2-2016.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[TEMPO_FESTIVAL 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 Direção Geral e Curadoria: Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias O TEMPO chega às galerias do Oi Futuro, com a instalação interativa “Monólogos de Gênero”, antecipando a programação de artes cênicas que ocupa vários espaços cariocas em outubro. Concepção e Direção: Diana Blok Dramaturgia: Glauber Coradesqui Pesquisa de Mídia Interativa: Pawel Pokutycki Patrocínio: THE ART OF IMPACT, The Performing Arts Fund, The Netherlands   Uma co-produção Brasil-Holanda é a criação mais recente da artista Diana Blok. O conceito em torno dessa instalação interativa desafia nossos limites culturais e históricos acerca da identidade de gênero. Seis atores e atrizes conhecidos do público serão filmados enquanto interpretam monólogos sobre “amor e perda”, escritos originalmente para o sexo oposto: Abke Haring (NL), Cas Enklaar (NL), Dani Barros (BR), Grace Passô (BR), Matheus Nachtergaele (BR) e Mateus Solano(BR).   De 19 de setembro a 13 de novembro, 11h às 20h | Nível 2 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-3.37.57-PM.png <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[VIAJANDO COM O CINEMA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 Sessão para alunos: “As aventuras do Avião Vermelho” - José Maia e Frederico Pinto – Brasil (2014) Animação. A história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe. Dias 22 e 28 de setembro, às 14h e 18h Classificação etária: livre Agendamento com escolas - cineduc@cineduc.org.br       Sessão para professores “A liberdade é azul” - Krzysztof Kieslowski – França/Polônia/Suíca (1993) Após um acidente em que morrem seu marido e sua filha, Julie decide renunciar sua vida. Dia 22 de setembro, quinta-feira, 18h Classificação etária: 14 anos *Sessão aberta ao público        Teatro | Entrada franca Mais informações: 2533-4683, cineduc@cineduc.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_ALiberdadeEAzul.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DA LÍNGUA PORTUGUESA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 Idealização e concepção: Tânia Pires O Festival promove o intercâmbio de teatro entre países que falam a língua portuguesa.   Dias  22 e 23 de setembro, quinta e sexta, 20h “A MULHER SEM PECADO” – Elinga Teatro (Angola) Direção, Adaptação e Cenografia: José Mena Abrantes   Dias  24 e 25 de setembro, sábado e domingo, 20h “A VIDA COMO ELA É” – Teatro da Garagem (Portugal) Direção: Carlos J. Pessoa Autor: Maria João (a partir de textos de Nelson Rodrigues)   Dia 27 de setembro, terça, 14h às 18h ENCONTROS CULTURAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA (a falar que a gente se entende)   Dia 28 de setembro, quarta, 20h “A SERPENTE” – Grupo Raiz de Polon (Cabo Verde) Direção, Coreografia e Encenação: Mano Preto   De 22 a 28 de setembro | Nível 7 | Entrada franca  *Senhas 30 minutos antes     Exposição: “TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA” Artista: Ismael Lito De 21 de setembro a 2 de outubro | Nível 8 | Entrada franca | Classificação: livre   * Mais informações e classificação etária em: http://www.talu.com.br/festlip/  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_Festlip2-2016.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[TEMPO_FESTIVAL 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 Direção Geral e Curadoria: Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias O TEMPO chega às galerias do Oi Futuro, com a instalação interativa “Monólogos de Gênero”, antecipando a programação de artes cênicas que ocupa vários espaços cariocas em outubro. Concepção e Direção: Diana Blok Dramaturgia: Glauber Coradesqui Pesquisa de Mídia Interativa: Pawel Pokutycki Patrocínio: THE ART OF IMPACT, The Performing Arts Fund, The Netherlands   Uma co-produção Brasil-Holanda é a criação mais recente da artista Diana Blok. O conceito em torno dessa instalação interativa desafia nossos limites culturais e históricos acerca da identidade de gênero. Seis atores e atrizes conhecidos do público serão filmados enquanto interpretam monólogos sobre “amor e perda”, escritos originalmente para o sexo oposto: Abke Haring (NL), Cas Enklaar (NL), Dani Barros (BR), Grace Passô (BR), Matheus Nachtergaele (BR) e Mateus Solano(BR).   De 19 de setembro a 13 de novembro, 11h às 20h | Nível 2 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-3.37.57-PM.png <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[VIAJANDO COM O CINEMA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12524 Sessão para alunos: “As aventuras do Avião Vermelho” - José Maia e Frederico Pinto – Brasil (2014) Animação. A história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe. Dias 22 e 28 de setembro, às 14h e 18h Classificação etária: livre Agendamento com escolas - cineduc@cineduc.org.br       Sessão para professores “A liberdade é azul” - Krzysztof Kieslowski – França/Polônia/Suíca (1993) Após um acidente em que morrem seu marido e sua filha, Julie decide renunciar sua vida. Dia 22 de setembro, quinta-feira, 18h Classificação etária: 14 anos *Sessão aberta ao público        Teatro | Entrada franca Mais informações: 2533-4683, cineduc@cineduc.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_ALiberdadeEAzul.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[10ª PRIMAVERA DOS MUSEUS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12551 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12551 Dia 21 de setembro, quarta-feira, 16h | Nível 6 e prédio anexo Entrada franca | Classificação etária: livre Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com *Sujeito à lotação (20 vagas)]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_10aPrimaveraDosMuseus.jpg <![CDATA[FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DA LÍNGUA PORTUGUESA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12541 Idealização e concepção: Tânia Pires O Festival promove o intercâmbio de teatro entre países que falam a língua portuguesa.   Dias  22 e 23 de setembro, quinta e sexta, 20h “A MULHER SEM PECADO” – Elinga Teatro (Angola) Direção, Adaptação e Cenografia: José Mena Abrantes   Dias  24 e 25 de setembro, sábado e domingo, 20h “A VIDA COMO ELA É” – Teatro da Garagem (Portugal) Direção: Carlos J. Pessoa Autor: Maria João (a partir de textos de Nelson Rodrigues)   Dia 27 de setembro, terça, 14h às 18h ENCONTROS CULTURAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA (a falar que a gente se entende)   Dia 28 de setembro, quarta, 20h “A SERPENTE” – Grupo Raiz de Polon (Cabo Verde) Direção, Coreografia e Encenação: Mano Preto   De 22 a 28 de setembro | Nível 7 | Entrada franca  *Senhas 30 minutos antes     Exposição: “TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA” Artista: Ismael Lito De 21 de setembro a 2 de outubro | Nível 8 | Entrada franca | Classificação: livre   * Mais informações e classificação etária em: http://www.talu.com.br/festlip/  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-08_Festlip2-2016.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[TEMPO_FESTIVAL 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 Direção Geral e Curadoria: Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias O TEMPO chega às galerias do Oi Futuro, com a instalação interativa “Monólogos de Gênero”, antecipando a programação de artes cênicas que ocupa vários espaços cariocas em outubro. Concepção e Direção: Diana Blok Dramaturgia: Glauber Coradesqui Pesquisa de Mídia Interativa: Pawel Pokutycki Patrocínio: THE ART OF IMPACT, The Performing Arts Fund, The Netherlands   Uma co-produção Brasil-Holanda é a criação mais recente da artista Diana Blok. O conceito em torno dessa instalação interativa desafia nossos limites culturais e históricos acerca da identidade de gênero. Seis atores e atrizes conhecidos do público serão filmados enquanto interpretam monólogos sobre “amor e perda”, escritos originalmente para o sexo oposto: Abke Haring (NL), Cas Enklaar (NL), Dani Barros (BR), Grace Passô (BR), Matheus Nachtergaele (BR) e Mateus Solano(BR).   De 19 de setembro a 13 de novembro, 11h às 20h | Nível 2 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-3.37.57-PM.png <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[Filmambiente 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12522 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12522 Direção Geral e Curadoria: Suzana Amado   O festival apresenta filmes com visões diferenciadas e experiências de diversas partes do mundo sobre questões ambientais e de sustentabilidade. Dia 15 de setembro, quinta-feira: 15h: “A Grande Nuvem Cinza” – Marcelo Munhoz (Brasil) - 2015 16h 30: “Ilha” – Daniel de La Calle (Espanha) - 2016 18h 30: “Apart Horta” – Cecília Engels (Brasil) - 2015 20h 30: “Homme Less” – Thomas Wirthensohn (Áustria) - 2015   Dia 20 de setembro, terça-feira: 15h: “5xChico” - Gustavo Spolidoro, Ana Rieper, Camilo Cavalcante, Eduardo Goldenstein e Eduardo Nunes (Brasil) – 2015 – Com a presença dos diretores 16h 30: “Paraíso” – Nash Ang (Filipinas) - 2015 18h 30: “Jaci - Sete Pecados de uma Obra Amazônica” - Caio Cavenchini (Brasil) 2015 20h 30: “Negociando o Paraíso” - Daniel Schweizer (Suiça) - 2016   Dia 21 de setembro, quarta-feira: 15h: Programa Curtas de Animação 16h 30: Programa Curta Brasil – com a presença do diretor 18h 30: “Mães do Pina” - Léo Falcão (Brasil) - 2015 20h 30: “Negociando o Paraíso” - Daniel Schweizer (Suíça) -  2016   Teatro | Entrada franca | Classificação etária: livre *Senhas 30 minutos antes do início da sessão]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_Filmambiente2016.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[ÉDER OLIVEIRA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12613 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-20-at-2.29.32-PM.png <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[FOTOGRAFIA EXPANDIDA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12608 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/Screen-Shot-2016-09-19-at-6.43.22-PM.png <![CDATA[A.NOTA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12292 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12292 Curadoria: Thiago Vedova Novas bandas, lançamentos, novas misturas. A nova cena, a nova nota. O bem sucedido projeto de música retorna em 2016 com  shows imperdíveis. Dia 12 de julho: THIAGO PETHIT Ingressos Esgotados!   Em seu terceiro disco, “Rock`n`Roll Sugar Darling”, o cantor segue explorando o terreno das sonoridades pulsantes. Aparecem o imaginário grunge dos anos 90, a malícia implícita de Elvis Presley (“Honey Bi”), a sexualidade explícita de Iggy Pop (“Quero Ser seu Cão”), o voodoo de Screamin' Jay Hawkins (“Voodoo”) e o deboche de Rita Lee e Tutti-Frutti (na faixa-título).   Dia 26 de julho:  PEDRINHU E JULIA  A dupla é formada pelo cantor e violonista Pedrinhu Junqueira e pela cantora Júlia Shimura, ambos compositores, que resolveram iniciar um projeto musical, com suas canções autorais em 2014. Agora, Pedrinhu e Julia lançam o álbum "Haiku", com uma sonoridade pop e que passeia por diferentes ritmos - do dançante groove de "Amor", passando pelo bolero-afoxé "Nada Vai Ser", até chegar ao blues de "Fall".   Dia 9 de agosto: ANDRÉ CARVALHO  Depois do primeiro disco, com composições gravadas por cantoras como Marisa Monte, Mart'nália, Maria Gadu e Alexia Bomtempo, o segundo trabalho do cantor e compositor  André  Carvalho, “Distraído”, traz a presença ilustre de seu pai Dadi, de  três integrantes da Nação Zumbi e dos guitarristas Pedro Baby e Davi Moraes, assim como ele, filhos dos Novos Baianos.   Dia 30 de agosto: BEATRIZ AZEVEDO Poeta, cantora e compositora, atriz e diretora de teatro, a vertente musical da arte de Beatriz foi capturada em um registro, que deu origem ao seu primeiro CD ao vivo, batizado de “AntroPOPhagia”. O show homônimo foi concebido para fazer parte do projeto Celebrate Brazil, realizado por Film Society of Lincoln Center e ImageNation, promovido pelo Itamaraty.   Dia 13 de setembro: MIHAY "Gravador e amor", segundo disco do compositor, serpenteia entre blues, sambas, boleros. Sonoridade contemporânea e  imagens carregadas de calor analógico.   Dia 27 de setembro: IARA RENNÓ Cantora, compositora, instrumentista, produtora musical, performer e atriz, tem músicas nas vozes de Elza Soares e Ney Matogrosso, e lança os álbuns gêmeos “Arco & Flecha.   Terça-feira, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda dos ingressos começa uma semana antes da data de cada show      ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/ANota-Mihay.jpg <![CDATA[Filmambiente 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12522 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12522 Direção Geral e Curadoria: Suzana Amado   O festival apresenta filmes com visões diferenciadas e experiências de diversas partes do mundo sobre questões ambientais e de sustentabilidade. Dia 15 de setembro, quinta-feira: 15h: “A Grande Nuvem Cinza” – Marcelo Munhoz (Brasil) - 2015 16h 30: “Ilha” – Daniel de La Calle (Espanha) - 2016 18h 30: “Apart Horta” – Cecília Engels (Brasil) - 2015 20h 30: “Homme Less” – Thomas Wirthensohn (Áustria) - 2015   Dia 20 de setembro, terça-feira: 15h: “5xChico” - Gustavo Spolidoro, Ana Rieper, Camilo Cavalcante, Eduardo Goldenstein e Eduardo Nunes (Brasil) – 2015 – Com a presença dos diretores 16h 30: “Paraíso” – Nash Ang (Filipinas) - 2015 18h 30: “Jaci - Sete Pecados de uma Obra Amazônica” - Caio Cavenchini (Brasil) 2015 20h 30: “Negociando o Paraíso” - Daniel Schweizer (Suiça) - 2016   Dia 21 de setembro, quarta-feira: 15h: Programa Curtas de Animação 16h 30: Programa Curta Brasil – com a presença do diretor 18h 30: “Mães do Pina” - Léo Falcão (Brasil) - 2015 20h 30: “Negociando o Paraíso” - Daniel Schweizer (Suíça) -  2016   Teatro | Entrada franca | Classificação etária: livre *Senhas 30 minutos antes do início da sessão]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_Filmambiente2016.jpg <![CDATA[CICLO O ATO CRIADOR]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12545 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12545 Curadoria e Coordenação: Ana Lúcia Pardo Com: Maria Galindo Para consolidar os 10 anos do ciclo, a edição 2016, que se estende de setembro a dezembro, com o tema “Outros Possíveis”, recebe neste primeiro encontro a feminista e performer boliviana Maria Galindo. A convidada estará na mesa “Feminismo e outras possibilidades do feminino” e é uma das fundadoras do Mujeres Creando, coletivo concebido em 1992 por um grupo de ativistas que questionavam a postura clássica da esquerda, considerando-a “arrogante, homofóbica e totalitária”. O grupo viveu uma polêmica na 31ª Bienal de Arte de SP, quando a instalação Espaço para Abortar recebeu advertência de obra imprópria para menores de 18 anos. Participa ainda do encontro a "Rainha das Festas TchaKa" (personagem do ator Valder Bastos), advogada, defensora dos direitos LGBT. Dia 20 de setembro, terça-feira, 19h | Nível 7 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos *Senhas 30 minutos antes do evento. Mais informações: http://www.ateatralidadedohumano.com.br/]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-4.13.47-PM.png <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[TEMPO_FESTIVAL 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12534 Direção Geral e Curadoria: Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias O TEMPO chega às galerias do Oi Futuro, com a instalação interativa “Monólogos de Gênero”, antecipando a programação de artes cênicas que ocupa vários espaços cariocas em outubro. Concepção e Direção: Diana Blok Dramaturgia: Glauber Coradesqui Pesquisa de Mídia Interativa: Pawel Pokutycki Patrocínio: THE ART OF IMPACT, The Performing Arts Fund, The Netherlands   Uma co-produção Brasil-Holanda é a criação mais recente da artista Diana Blok. O conceito em torno dessa instalação interativa desafia nossos limites culturais e históricos acerca da identidade de gênero. Seis atores e atrizes conhecidos do público serão filmados enquanto interpretam monólogos sobre “amor e perda”, escritos originalmente para o sexo oposto: Abke Haring (NL), Cas Enklaar (NL), Dani Barros (BR), Grace Passô (BR), Matheus Nachtergaele (BR) e Mateus Solano(BR).   De 19 de setembro a 13 de novembro, 11h às 20h | Nível 2 Entrada franca | Classificação etária: 14 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-30-at-3.37.57-PM.png <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[FILHOTE DE CRUZ CREDO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 Texto: Fabrício Carpinejar Idealização e Adaptação: Eduardo Katz Direção Artística: Isaac Bernat Elenco: Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero   Espetáculo infanto-juvenil que conta a história do bullying sofrido pelo escritor Fabrício Carpinejar na sua infância. Como ele era fisicamente muito feio, convivia com todo tipo de apelidos e piadas, que o tornaram um menino triste e solitário.  Mas o pequeno Fabrício consegue virar o jogo quando passa a ter senso de humor e a brincar com a sua condição, tornando-se querido por todos. A trilha sonora é uma tremenda seleção de músicas do repertório de Erasmo Carlos.   De 10 de julho a 25 de setembro Sábado e domingo, 16h | Nível 7 *No dia 24/09, a sessão será às 14h. Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/G132487.jpg <![CDATA[FÓRUM TV – DIA NACIONAL DA TELEVISÃO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12553 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12553   Dias 4 e 18 de setembro, domingo, 15h | Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_79015139_LARGE.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[Musica no Parque (BA)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12213 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12213 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/Screen-Shot-2016-06-09-at-7.29.54-PM.png <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[FILHOTE DE CRUZ CREDO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 Texto: Fabrício Carpinejar Idealização e Adaptação: Eduardo Katz Direção Artística: Isaac Bernat Elenco: Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero   Espetáculo infanto-juvenil que conta a história do bullying sofrido pelo escritor Fabrício Carpinejar na sua infância. Como ele era fisicamente muito feio, convivia com todo tipo de apelidos e piadas, que o tornaram um menino triste e solitário.  Mas o pequeno Fabrício consegue virar o jogo quando passa a ter senso de humor e a brincar com a sua condição, tornando-se querido por todos. A trilha sonora é uma tremenda seleção de músicas do repertório de Erasmo Carlos.   De 10 de julho a 25 de setembro Sábado e domingo, 16h | Nível 7 *No dia 24/09, a sessão será às 14h. Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/G132487.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[Filmambiente 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12522 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12522 Direção Geral e Curadoria: Suzana Amado   O festival apresenta filmes com visões diferenciadas e experiências de diversas partes do mundo sobre questões ambientais e de sustentabilidade. Dia 15 de setembro, quinta-feira: 15h: “A Grande Nuvem Cinza” – Marcelo Munhoz (Brasil) - 2015 16h 30: “Ilha” – Daniel de La Calle (Espanha) - 2016 18h 30: “Apart Horta” – Cecília Engels (Brasil) - 2015 20h 30: “Homme Less” – Thomas Wirthensohn (Áustria) - 2015   Dia 20 de setembro, terça-feira: 15h: “5xChico” - Gustavo Spolidoro, Ana Rieper, Camilo Cavalcante, Eduardo Goldenstein e Eduardo Nunes (Brasil) – 2015 – Com a presença dos diretores 16h 30: “Paraíso” – Nash Ang (Filipinas) - 2015 18h 30: “Jaci - Sete Pecados de uma Obra Amazônica” - Caio Cavenchini (Brasil) 2015 20h 30: “Negociando o Paraíso” - Daniel Schweizer (Suiça) - 2016   Dia 21 de setembro, quarta-feira: 15h: Programa Curtas de Animação 16h 30: Programa Curta Brasil – com a presença do diretor 18h 30: “Mães do Pina” - Léo Falcão (Brasil) - 2015 20h 30: “Negociando o Paraíso” - Daniel Schweizer (Suíça) -  2016   Teatro | Entrada franca | Classificação etária: livre *Senhas 30 minutos antes do início da sessão]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_Filmambiente2016.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[Do Sulco Ao Bit]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12423 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12423 Curadoria: João Carino, presidente do Instituto Memória Musical Brasileira “Do Sulco ao Bit”, como o nome sugere, parte das gravações em sulcos dos discos de acetato em 78 rpm até os bits digitais. O tema deste segundo encontro é “Do Samba à Bossa Nova”.   Dia 14 de setembro | Do Samba à Bossa Nova Com: Nei Lopes e Ruy Castro + Soraya Ravenle, Zé Paulo Becker e Oscar Bolão  Nei Lopes e Ruy Castro vão esmiuçar a história do samba. A dupla abordará seus principais personagens e gêneros irmãos, como samba-choro, samba de breque e o samba-canção, o mais próximo da bossa nova. Sucessos de João Gilberto, Garoto, Valzinho, Custódio Mesquita e Tom Jobim estarão no set list da cantora Soraya Ravenle. Quarta-feira, 19h30 | Teatro   Entrada franca | Classificação etária: 12 anos *Distribuição de senhas 30 minutos antes   Já rolou:  Dia 17 de agosto | Com: Fred Coelho, Hugo Sukman, Alfredo Del Penho O primeiro dos cinco encontros mensais da série DO SULCO AO BIT reuniu o conhecimento de dois pensadores da música brasileira: Fred Coelho e Hugo Sukman. A dupla revisitarou a história de todas as mídias, desde a chegada do disco ao país. Curiosidades sobre as primeiras gravações, como o disco de 76 evoluiu para 78 rpm, a explosão da venda dos gramofones e, depois, das vitrolas, e a música digital que nasceu junto com os anos 90. O cantor e compositor Alfredo Del Penho fez uma participação especial, ilustrando trechos de músicas que marcaram todo esse período, até hoje, com a força da Internet e a circulação sonora através do download.  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/16-09_DoSulcoAoBit-RuyCastro.jpg <![CDATA[TEATRO EM MOVIMENTO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 Coordenação: Rubim Produções Criado há 15 anos, o projeto Teatro em Movimento consolidou-se no meio artístico e cultural como uma das mais importantes iniciativas de fomento às artes cênicas em Minas Gerais. Veja os espetáculos que chegam ao Oi Futuro Flamengo.   Dias  2, 3 e 4 de setembro, sexta, sábado e domingo, 20h “IGNORÂNCIA” – Grupo QuatrolosCinco Direção e Dramaturgia: Marcos Coletta e Assis Benevenuto Classificação etária: 14 anos   Dias 8 e 9 de setembro, quinta, 20h e sexta, 19h  “ANTES DO SILÊNCIO” Direção: Eid Ribeiro Classificação etária: 14 anos   Dias 13 e 14 de setembro, terça e quarta, 20h  “DOIDA” Direção: Inês Peixoto Dramaturgia: João Santos Classificação etária: 12 anos    Nível 7 | Entrada: R$ 30,00]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_TeatroEmMovimento-AntesDoSilencio.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[A.NOTA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12292 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12292 Curadoria: Thiago Vedova Novas bandas, lançamentos, novas misturas. A nova cena, a nova nota. O bem sucedido projeto de música retorna em 2016 com  shows imperdíveis. Dia 12 de julho: THIAGO PETHIT Ingressos Esgotados!   Em seu terceiro disco, “Rock`n`Roll Sugar Darling”, o cantor segue explorando o terreno das sonoridades pulsantes. Aparecem o imaginário grunge dos anos 90, a malícia implícita de Elvis Presley (“Honey Bi”), a sexualidade explícita de Iggy Pop (“Quero Ser seu Cão”), o voodoo de Screamin' Jay Hawkins (“Voodoo”) e o deboche de Rita Lee e Tutti-Frutti (na faixa-título).   Dia 26 de julho:  PEDRINHU E JULIA  A dupla é formada pelo cantor e violonista Pedrinhu Junqueira e pela cantora Júlia Shimura, ambos compositores, que resolveram iniciar um projeto musical, com suas canções autorais em 2014. Agora, Pedrinhu e Julia lançam o álbum "Haiku", com uma sonoridade pop e que passeia por diferentes ritmos - do dançante groove de "Amor", passando pelo bolero-afoxé "Nada Vai Ser", até chegar ao blues de "Fall".   Dia 9 de agosto: ANDRÉ CARVALHO  Depois do primeiro disco, com composições gravadas por cantoras como Marisa Monte, Mart'nália, Maria Gadu e Alexia Bomtempo, o segundo trabalho do cantor e compositor  André  Carvalho, “Distraído”, traz a presença ilustre de seu pai Dadi, de  três integrantes da Nação Zumbi e dos guitarristas Pedro Baby e Davi Moraes, assim como ele, filhos dos Novos Baianos.   Dia 30 de agosto: BEATRIZ AZEVEDO Poeta, cantora e compositora, atriz e diretora de teatro, a vertente musical da arte de Beatriz foi capturada em um registro, que deu origem ao seu primeiro CD ao vivo, batizado de “AntroPOPhagia”. O show homônimo foi concebido para fazer parte do projeto Celebrate Brazil, realizado por Film Society of Lincoln Center e ImageNation, promovido pelo Itamaraty.   Dia 13 de setembro: MIHAY "Gravador e amor", segundo disco do compositor, serpenteia entre blues, sambas, boleros. Sonoridade contemporânea e  imagens carregadas de calor analógico.   Dia 27 de setembro: IARA RENNÓ Cantora, compositora, instrumentista, produtora musical, performer e atriz, tem músicas nas vozes de Elza Soares e Ney Matogrosso, e lança os álbuns gêmeos “Arco & Flecha.   Terça-feira, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda dos ingressos começa uma semana antes da data de cada show      ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/ANota-Mihay.jpg <![CDATA[TEATRO EM MOVIMENTO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 Coordenação: Rubim Produções Criado há 15 anos, o projeto Teatro em Movimento consolidou-se no meio artístico e cultural como uma das mais importantes iniciativas de fomento às artes cênicas em Minas Gerais. Veja os espetáculos que chegam ao Oi Futuro Flamengo.   Dias  2, 3 e 4 de setembro, sexta, sábado e domingo, 20h “IGNORÂNCIA” – Grupo QuatrolosCinco Direção e Dramaturgia: Marcos Coletta e Assis Benevenuto Classificação etária: 14 anos   Dias 8 e 9 de setembro, quinta, 20h e sexta, 19h  “ANTES DO SILÊNCIO” Direção: Eid Ribeiro Classificação etária: 14 anos   Dias 13 e 14 de setembro, terça e quarta, 20h  “DOIDA” Direção: Inês Peixoto Dramaturgia: João Santos Classificação etária: 12 anos    Nível 7 | Entrada: R$ 30,00]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_TeatroEmMovimento-AntesDoSilencio.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[JULIA DEBASSE | TECH_NÔ]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12606 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/09/16-09-19-GIF-JuliaDebasse.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[Visões Periféricas 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 Realização: Imaginário Digital O festival completa 10 anos e acende os holofotes para a produção independente nas periferias brasileiras. Temáticas LGBT, feminina, negra, indígena e homenagens a Silvio Tendler, Adélia Sampaio, Filó Filho e Sérgio Peo.   Dias 6, 7 e 8 de setembro, terça, quarta e quinta: MOSTRA PANORÂMICA MOSTRA SÍLVIO TENDLER   Dia 9 de setembro, sexta: MOSTRAS PRIMEIROS OLHARES, VISORAMA, FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 16h - Mesa 1 18h - Visorama 1  - 79min 20h - Fronteiras Imaginárias 1 - 74min Dia 10 de setembro, sábado: MOSTRAS CINEMA DA GEMA, VISORAMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 2 16h- Cinema da Gema 1 - 72min 18h - Fronteiras Imaginárias 2 - 71min 20h - Visorama 2 - 64min   Dia 11 de setembro, domingo: MOSTRAS CINEMA DA GEMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 3 16h - Cinema da Gema 2 - 85min 18h – Fronteiras Imaginárias 3 - 57min 20h - Fronteiras Imaginárias 4 - 61min   Dia 12 de setembro, segunda: 18h - MOSTRA PRIMEIROS OLHARES 20h - CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO     De 6 a 12 de setembro | Teatro Entrada franca *Distribuição de senhas 30 minutos antes *Consulte a programação completa, horários e classificação etária no site www.visoesperifericas.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_VisoesPerifericas-LaDoAlto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[DESFILE INCLUSIVO – A MODA ESTÁ EM BAIXA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12547 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12547 Idealização e direção: Carina Casuscelli   Manifesto artístico que, através da convergência de linguagens híbridas da Moda x Performance, visa reforçar a importância das diferenças.  A favor de todos os tipos de mulheres e da valorização de seus corpos como expressão máxima. No “casting”, modelos com nanismo, deficiência física e sensorial, gordinhas, magrinhas, negras, brancas e toda a sua diversidade.   Dia 12 de setembro, segunda-feira, 20h | Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_aModaEstaemBaixa.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[FILHOTE DE CRUZ CREDO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 Texto: Fabrício Carpinejar Idealização e Adaptação: Eduardo Katz Direção Artística: Isaac Bernat Elenco: Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero   Espetáculo infanto-juvenil que conta a história do bullying sofrido pelo escritor Fabrício Carpinejar na sua infância. Como ele era fisicamente muito feio, convivia com todo tipo de apelidos e piadas, que o tornaram um menino triste e solitário.  Mas o pequeno Fabrício consegue virar o jogo quando passa a ter senso de humor e a brincar com a sua condição, tornando-se querido por todos. A trilha sonora é uma tremenda seleção de músicas do repertório de Erasmo Carlos.   De 10 de julho a 25 de setembro Sábado e domingo, 16h | Nível 7 *No dia 24/09, a sessão será às 14h. Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/G132487.jpg <![CDATA[Visões Periféricas 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 Realização: Imaginário Digital O festival completa 10 anos e acende os holofotes para a produção independente nas periferias brasileiras. Temáticas LGBT, feminina, negra, indígena e homenagens a Silvio Tendler, Adélia Sampaio, Filó Filho e Sérgio Peo.   Dias 6, 7 e 8 de setembro, terça, quarta e quinta: MOSTRA PANORÂMICA MOSTRA SÍLVIO TENDLER   Dia 9 de setembro, sexta: MOSTRAS PRIMEIROS OLHARES, VISORAMA, FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 16h - Mesa 1 18h - Visorama 1  - 79min 20h - Fronteiras Imaginárias 1 - 74min Dia 10 de setembro, sábado: MOSTRAS CINEMA DA GEMA, VISORAMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 2 16h- Cinema da Gema 1 - 72min 18h - Fronteiras Imaginárias 2 - 71min 20h - Visorama 2 - 64min   Dia 11 de setembro, domingo: MOSTRAS CINEMA DA GEMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 3 16h - Cinema da Gema 2 - 85min 18h – Fronteiras Imaginárias 3 - 57min 20h - Fronteiras Imaginárias 4 - 61min   Dia 12 de setembro, segunda: 18h - MOSTRA PRIMEIROS OLHARES 20h - CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO     De 6 a 12 de setembro | Teatro Entrada franca *Distribuição de senhas 30 minutos antes *Consulte a programação completa, horários e classificação etária no site www.visoesperifericas.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_VisoesPerifericas-LaDoAlto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[Musica no Parque (BA)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12213 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12213 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/Screen-Shot-2016-06-09-at-7.29.54-PM.png <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[HOMENAGEM DIA DO RÁDIO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12555   Dias 11 e 25 de setembro, domingo, 15h | Nível 6 Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_41022564_SMALL.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[FILHOTE DE CRUZ CREDO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 Texto: Fabrício Carpinejar Idealização e Adaptação: Eduardo Katz Direção Artística: Isaac Bernat Elenco: Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero   Espetáculo infanto-juvenil que conta a história do bullying sofrido pelo escritor Fabrício Carpinejar na sua infância. Como ele era fisicamente muito feio, convivia com todo tipo de apelidos e piadas, que o tornaram um menino triste e solitário.  Mas o pequeno Fabrício consegue virar o jogo quando passa a ter senso de humor e a brincar com a sua condição, tornando-se querido por todos. A trilha sonora é uma tremenda seleção de músicas do repertório de Erasmo Carlos.   De 10 de julho a 25 de setembro Sábado e domingo, 16h | Nível 7 *No dia 24/09, a sessão será às 14h. Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/G132487.jpg <![CDATA[Visões Periféricas 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 Realização: Imaginário Digital O festival completa 10 anos e acende os holofotes para a produção independente nas periferias brasileiras. Temáticas LGBT, feminina, negra, indígena e homenagens a Silvio Tendler, Adélia Sampaio, Filó Filho e Sérgio Peo.   Dias 6, 7 e 8 de setembro, terça, quarta e quinta: MOSTRA PANORÂMICA MOSTRA SÍLVIO TENDLER   Dia 9 de setembro, sexta: MOSTRAS PRIMEIROS OLHARES, VISORAMA, FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 16h - Mesa 1 18h - Visorama 1  - 79min 20h - Fronteiras Imaginárias 1 - 74min Dia 10 de setembro, sábado: MOSTRAS CINEMA DA GEMA, VISORAMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 2 16h- Cinema da Gema 1 - 72min 18h - Fronteiras Imaginárias 2 - 71min 20h - Visorama 2 - 64min   Dia 11 de setembro, domingo: MOSTRAS CINEMA DA GEMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 3 16h - Cinema da Gema 2 - 85min 18h – Fronteiras Imaginárias 3 - 57min 20h - Fronteiras Imaginárias 4 - 61min   Dia 12 de setembro, segunda: 18h - MOSTRA PRIMEIROS OLHARES 20h - CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO     De 6 a 12 de setembro | Teatro Entrada franca *Distribuição de senhas 30 minutos antes *Consulte a programação completa, horários e classificação etária no site www.visoesperifericas.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_VisoesPerifericas-LaDoAlto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 Curadoria: Batman Zavareze O Festival Multiplicidade comemora 12 anos de realizações ocupando pela primeira vez na sua história todas as áreas expositivas do Oi Futuro Flamengo, com a mostra MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS. Seguindo os passos da ANTEVISÃO, o Festival continua no ano imaginário de 2025, enxergando os futuros possíveis e estendendo os olhares para a revisão da relação entre público, arte e tecnologia com indisciplinadas doses poéticas. Artistas, nacionais e internacionais, estão programados nas galerias e no teatro. O destaque é o francês Joanie Lemercier, focado principalmente em projeções de luz no espaço e seu impacto sobre a nossa percepção, e que apresenta o trabalho “Volcano”. A exposição integra o Passaporte Cultural para os Jogos Olímpicos Rio 2016.     No dia 7 de setembro o FESTIVAL MULTIPLICIDADE ocupa um novo espaço, o Aterro do Flamengo [11h às 16h], e o Oi Futuro Flamengo [11h às 22h].     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     PICNIC ATERRO DO FLAMENGO | 11h às 16h   11h às 13h – Satta_Performance sonora http://goo.gl/lHL9ZS   11h às 14h – Regina Café_Oficina de percussão . Até 50 pessoas . Não é necessário inscrição para participar. Só chegar! . Os instrumentos construídos na oficina poderão ser levados pelos participantes.   11h30 – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   13h às 14h – Negalê e o violinista William Doyle_Performance sonora   14h Camila Rocha_Oficina e performance de bambolês com . De 20 a 30 pessoas . Não é necessário inscrição para participar . Os bambolês usados na oficina, não poderão ser levados pelos participantes.   14h às 15h – Marcelinho da Lua_Performance sonora   15h às 15h30 – Os Ritmistas_show   15h30 às 16h30 – SIRI_Performance sonora   16h – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   16h – Fanfarra Black Club_Batucada     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - ÁREA EXTERNA | 11h00 as 22h00   11h às 14h – Mixtape   14h às 16h – Calbuque_Performance sonora http://goo.gl/k2bK4E   16h às 17h30 - Heikki Eiden (ALE)_Performance sonora   17h30 às 19h > Chief Boima (Kondi Band) / (EUA)_Performance sonora http://goo.gl/V36WXp   20h às 22h > Estreia da Serie Multiplicidade no Canal Brasil + Debate   O MULTIPLICIDADE revisita seu acervo, conversa com figuras emblemáticas da vida digital e estreia no dia 7 de setembro uma série de 10 episódios no Canal Brasil. A série, com 15 minutos de duração em cada episódio, realiza uma versão televisiva do festival. Direção: Bebeto Abrantes e Batman Zavareze Apresentação: Batman Zavareze Participação Especial: Arnaldo Antunes Produção e Realização: 27+1 > EPISÓDIOS QUE SERÃO EXIBIDOS: . TUDO É TELA . O FUTURO DA TECNOLOGIA . DETOX DIGITAL Em seguida debate com Ronaldo Lemos e Marcello Dantas com mediação de Bebeto Abrantes. Teaser do programa: https://vimeo.com/178796356     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO – EXPOSIÇÃO ERRAR/ TERREO/GALERIAS 1, 2 e 3 | 11h às 22h   BIBLIOTEC | Glitchados – Criação coletiva dos alunos da Oi Kabum! Rio: Eloi Leones, João Vitor da Silva, Kareym Assis e Robson Alves GALERIA 1 | Chão de Telhas – Letícia, André, Júlio Parente GALERIA 2 | EYJAFJALLAJÖKULL – Joanie Lemercier (FRA) GALERIA 2 | Acerto – Hermeto Pascoal + Pablo Ribeiro GALERIA 3 | Jardim do Joaquim – Tomás Ribas     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - TEATRO   19h às 20h | Marcelo Yuka + Daniela Dacorso_Peformance AV   20h30 às 21h30 | Chassol (FRA)_Peformance AV     Endereço: Oi Futuro no Flamengo Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo Valor: Gratuito Classificação etária: Livre Tel. (21) 3131-3060   Programação do teatro Valor: Gratuito Retirada da senha: 30 min antes na bilheteria do Oi Futuro Flamengo Lotação: 63 pessoas Classificação etária: Livre   Picnic - Aterro do Flamengo Quiosque Zero Nove Prox. Av. Infante Dom Henrique, 10 - Flamengo Banheiros no local Valor: Gratuito Classificação etária: Livre     *** Em caso de chuva as atividades do Picnic - Aterro do Flamengo serão transferidas para o dia 11 de setembro de 2016.         Veja como foi o processo de construção da obra  Eyjafjallajökull, de Joanie Lemercier, no Oi Futuro Flamengo:           +infos: www.youtube.com/multiplicidade www.facebook.com/multiplicidade www.twitter.com/multiplicidade_ www.flickr.com/photos/multiplicidade_inusitados/ www.instagram.com/festivalmultiplicidade www.multiplicidade.com/blog/ www.multiplicidade.com Manifesto: bit.ly/Multi2025_Ano20       Até 11 de setembro Terça a domingo, das 11h às 20h  Níveis 4 e 5, Vitrais, Térreo e Teatro Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Obra-de-Joanie-Lemercier_EYJAFJALLAJ+ûKULL_IKA1764-1.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[Visões Periféricas 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 Realização: Imaginário Digital O festival completa 10 anos e acende os holofotes para a produção independente nas periferias brasileiras. Temáticas LGBT, feminina, negra, indígena e homenagens a Silvio Tendler, Adélia Sampaio, Filó Filho e Sérgio Peo.   Dias 6, 7 e 8 de setembro, terça, quarta e quinta: MOSTRA PANORÂMICA MOSTRA SÍLVIO TENDLER   Dia 9 de setembro, sexta: MOSTRAS PRIMEIROS OLHARES, VISORAMA, FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 16h - Mesa 1 18h - Visorama 1  - 79min 20h - Fronteiras Imaginárias 1 - 74min Dia 10 de setembro, sábado: MOSTRAS CINEMA DA GEMA, VISORAMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 2 16h- Cinema da Gema 1 - 72min 18h - Fronteiras Imaginárias 2 - 71min 20h - Visorama 2 - 64min   Dia 11 de setembro, domingo: MOSTRAS CINEMA DA GEMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 3 16h - Cinema da Gema 2 - 85min 18h – Fronteiras Imaginárias 3 - 57min 20h - Fronteiras Imaginárias 4 - 61min   Dia 12 de setembro, segunda: 18h - MOSTRA PRIMEIROS OLHARES 20h - CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO     De 6 a 12 de setembro | Teatro Entrada franca *Distribuição de senhas 30 minutos antes *Consulte a programação completa, horários e classificação etária no site www.visoesperifericas.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_VisoesPerifericas-LaDoAlto.jpg <![CDATA[MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 Curadoria: Batman Zavareze O Festival Multiplicidade comemora 12 anos de realizações ocupando pela primeira vez na sua história todas as áreas expositivas do Oi Futuro Flamengo, com a mostra MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS. Seguindo os passos da ANTEVISÃO, o Festival continua no ano imaginário de 2025, enxergando os futuros possíveis e estendendo os olhares para a revisão da relação entre público, arte e tecnologia com indisciplinadas doses poéticas. Artistas, nacionais e internacionais, estão programados nas galerias e no teatro. O destaque é o francês Joanie Lemercier, focado principalmente em projeções de luz no espaço e seu impacto sobre a nossa percepção, e que apresenta o trabalho “Volcano”. A exposição integra o Passaporte Cultural para os Jogos Olímpicos Rio 2016.     No dia 7 de setembro o FESTIVAL MULTIPLICIDADE ocupa um novo espaço, o Aterro do Flamengo [11h às 16h], e o Oi Futuro Flamengo [11h às 22h].     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     PICNIC ATERRO DO FLAMENGO | 11h às 16h   11h às 13h – Satta_Performance sonora http://goo.gl/lHL9ZS   11h às 14h – Regina Café_Oficina de percussão . Até 50 pessoas . Não é necessário inscrição para participar. Só chegar! . Os instrumentos construídos na oficina poderão ser levados pelos participantes.   11h30 – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   13h às 14h – Negalê e o violinista William Doyle_Performance sonora   14h Camila Rocha_Oficina e performance de bambolês com . De 20 a 30 pessoas . Não é necessário inscrição para participar . Os bambolês usados na oficina, não poderão ser levados pelos participantes.   14h às 15h – Marcelinho da Lua_Performance sonora   15h às 15h30 – Os Ritmistas_show   15h30 às 16h30 – SIRI_Performance sonora   16h – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   16h – Fanfarra Black Club_Batucada     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - ÁREA EXTERNA | 11h00 as 22h00   11h às 14h – Mixtape   14h às 16h – Calbuque_Performance sonora http://goo.gl/k2bK4E   16h às 17h30 - Heikki Eiden (ALE)_Performance sonora   17h30 às 19h > Chief Boima (Kondi Band) / (EUA)_Performance sonora http://goo.gl/V36WXp   20h às 22h > Estreia da Serie Multiplicidade no Canal Brasil + Debate   O MULTIPLICIDADE revisita seu acervo, conversa com figuras emblemáticas da vida digital e estreia no dia 7 de setembro uma série de 10 episódios no Canal Brasil. A série, com 15 minutos de duração em cada episódio, realiza uma versão televisiva do festival. Direção: Bebeto Abrantes e Batman Zavareze Apresentação: Batman Zavareze Participação Especial: Arnaldo Antunes Produção e Realização: 27+1 > EPISÓDIOS QUE SERÃO EXIBIDOS: . TUDO É TELA . O FUTURO DA TECNOLOGIA . DETOX DIGITAL Em seguida debate com Ronaldo Lemos e Marcello Dantas com mediação de Bebeto Abrantes. Teaser do programa: https://vimeo.com/178796356     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO – EXPOSIÇÃO ERRAR/ TERREO/GALERIAS 1, 2 e 3 | 11h às 22h   BIBLIOTEC | Glitchados – Criação coletiva dos alunos da Oi Kabum! Rio: Eloi Leones, João Vitor da Silva, Kareym Assis e Robson Alves GALERIA 1 | Chão de Telhas – Letícia, André, Júlio Parente GALERIA 2 | EYJAFJALLAJÖKULL – Joanie Lemercier (FRA) GALERIA 2 | Acerto – Hermeto Pascoal + Pablo Ribeiro GALERIA 3 | Jardim do Joaquim – Tomás Ribas     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - TEATRO   19h às 20h | Marcelo Yuka + Daniela Dacorso_Peformance AV   20h30 às 21h30 | Chassol (FRA)_Peformance AV     Endereço: Oi Futuro no Flamengo Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo Valor: Gratuito Classificação etária: Livre Tel. (21) 3131-3060   Programação do teatro Valor: Gratuito Retirada da senha: 30 min antes na bilheteria do Oi Futuro Flamengo Lotação: 63 pessoas Classificação etária: Livre   Picnic - Aterro do Flamengo Quiosque Zero Nove Prox. Av. Infante Dom Henrique, 10 - Flamengo Banheiros no local Valor: Gratuito Classificação etária: Livre     *** Em caso de chuva as atividades do Picnic - Aterro do Flamengo serão transferidas para o dia 11 de setembro de 2016.         Veja como foi o processo de construção da obra  Eyjafjallajökull, de Joanie Lemercier, no Oi Futuro Flamengo:           +infos: www.youtube.com/multiplicidade www.facebook.com/multiplicidade www.twitter.com/multiplicidade_ www.flickr.com/photos/multiplicidade_inusitados/ www.instagram.com/festivalmultiplicidade www.multiplicidade.com/blog/ www.multiplicidade.com Manifesto: bit.ly/Multi2025_Ano20       Até 11 de setembro Terça a domingo, das 11h às 20h  Níveis 4 e 5, Vitrais, Térreo e Teatro Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Obra-de-Joanie-Lemercier_EYJAFJALLAJ+ûKULL_IKA1764-1.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[TEATRO EM MOVIMENTO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 Coordenação: Rubim Produções Criado há 15 anos, o projeto Teatro em Movimento consolidou-se no meio artístico e cultural como uma das mais importantes iniciativas de fomento às artes cênicas em Minas Gerais. Veja os espetáculos que chegam ao Oi Futuro Flamengo.   Dias  2, 3 e 4 de setembro, sexta, sábado e domingo, 20h “IGNORÂNCIA” – Grupo QuatrolosCinco Direção e Dramaturgia: Marcos Coletta e Assis Benevenuto Classificação etária: 14 anos   Dias 8 e 9 de setembro, quinta, 20h e sexta, 19h  “ANTES DO SILÊNCIO” Direção: Eid Ribeiro Classificação etária: 14 anos   Dias 13 e 14 de setembro, terça e quarta, 20h  “DOIDA” Direção: Inês Peixoto Dramaturgia: João Santos Classificação etária: 12 anos    Nível 7 | Entrada: R$ 30,00]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_TeatroEmMovimento-AntesDoSilencio.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[Visões Periféricas 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 Realização: Imaginário Digital O festival completa 10 anos e acende os holofotes para a produção independente nas periferias brasileiras. Temáticas LGBT, feminina, negra, indígena e homenagens a Silvio Tendler, Adélia Sampaio, Filó Filho e Sérgio Peo.   Dias 6, 7 e 8 de setembro, terça, quarta e quinta: MOSTRA PANORÂMICA MOSTRA SÍLVIO TENDLER   Dia 9 de setembro, sexta: MOSTRAS PRIMEIROS OLHARES, VISORAMA, FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 16h - Mesa 1 18h - Visorama 1  - 79min 20h - Fronteiras Imaginárias 1 - 74min Dia 10 de setembro, sábado: MOSTRAS CINEMA DA GEMA, VISORAMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 2 16h- Cinema da Gema 1 - 72min 18h - Fronteiras Imaginárias 2 - 71min 20h - Visorama 2 - 64min   Dia 11 de setembro, domingo: MOSTRAS CINEMA DA GEMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 3 16h - Cinema da Gema 2 - 85min 18h – Fronteiras Imaginárias 3 - 57min 20h - Fronteiras Imaginárias 4 - 61min   Dia 12 de setembro, segunda: 18h - MOSTRA PRIMEIROS OLHARES 20h - CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO     De 6 a 12 de setembro | Teatro Entrada franca *Distribuição de senhas 30 minutos antes *Consulte a programação completa, horários e classificação etária no site www.visoesperifericas.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_VisoesPerifericas-LaDoAlto.jpg <![CDATA[MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 Curadoria: Batman Zavareze O Festival Multiplicidade comemora 12 anos de realizações ocupando pela primeira vez na sua história todas as áreas expositivas do Oi Futuro Flamengo, com a mostra MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS. Seguindo os passos da ANTEVISÃO, o Festival continua no ano imaginário de 2025, enxergando os futuros possíveis e estendendo os olhares para a revisão da relação entre público, arte e tecnologia com indisciplinadas doses poéticas. Artistas, nacionais e internacionais, estão programados nas galerias e no teatro. O destaque é o francês Joanie Lemercier, focado principalmente em projeções de luz no espaço e seu impacto sobre a nossa percepção, e que apresenta o trabalho “Volcano”. A exposição integra o Passaporte Cultural para os Jogos Olímpicos Rio 2016.     No dia 7 de setembro o FESTIVAL MULTIPLICIDADE ocupa um novo espaço, o Aterro do Flamengo [11h às 16h], e o Oi Futuro Flamengo [11h às 22h].     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     PICNIC ATERRO DO FLAMENGO | 11h às 16h   11h às 13h – Satta_Performance sonora http://goo.gl/lHL9ZS   11h às 14h – Regina Café_Oficina de percussão . Até 50 pessoas . Não é necessário inscrição para participar. Só chegar! . Os instrumentos construídos na oficina poderão ser levados pelos participantes.   11h30 – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   13h às 14h – Negalê e o violinista William Doyle_Performance sonora   14h Camila Rocha_Oficina e performance de bambolês com . De 20 a 30 pessoas . Não é necessário inscrição para participar . Os bambolês usados na oficina, não poderão ser levados pelos participantes.   14h às 15h – Marcelinho da Lua_Performance sonora   15h às 15h30 – Os Ritmistas_show   15h30 às 16h30 – SIRI_Performance sonora   16h – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   16h – Fanfarra Black Club_Batucada     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - ÁREA EXTERNA | 11h00 as 22h00   11h às 14h – Mixtape   14h às 16h – Calbuque_Performance sonora http://goo.gl/k2bK4E   16h às 17h30 - Heikki Eiden (ALE)_Performance sonora   17h30 às 19h > Chief Boima (Kondi Band) / (EUA)_Performance sonora http://goo.gl/V36WXp   20h às 22h > Estreia da Serie Multiplicidade no Canal Brasil + Debate   O MULTIPLICIDADE revisita seu acervo, conversa com figuras emblemáticas da vida digital e estreia no dia 7 de setembro uma série de 10 episódios no Canal Brasil. A série, com 15 minutos de duração em cada episódio, realiza uma versão televisiva do festival. Direção: Bebeto Abrantes e Batman Zavareze Apresentação: Batman Zavareze Participação Especial: Arnaldo Antunes Produção e Realização: 27+1 > EPISÓDIOS QUE SERÃO EXIBIDOS: . TUDO É TELA . O FUTURO DA TECNOLOGIA . DETOX DIGITAL Em seguida debate com Ronaldo Lemos e Marcello Dantas com mediação de Bebeto Abrantes. Teaser do programa: https://vimeo.com/178796356     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO – EXPOSIÇÃO ERRAR/ TERREO/GALERIAS 1, 2 e 3 | 11h às 22h   BIBLIOTEC | Glitchados – Criação coletiva dos alunos da Oi Kabum! Rio: Eloi Leones, João Vitor da Silva, Kareym Assis e Robson Alves GALERIA 1 | Chão de Telhas – Letícia, André, Júlio Parente GALERIA 2 | EYJAFJALLAJÖKULL – Joanie Lemercier (FRA) GALERIA 2 | Acerto – Hermeto Pascoal + Pablo Ribeiro GALERIA 3 | Jardim do Joaquim – Tomás Ribas     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - TEATRO   19h às 20h | Marcelo Yuka + Daniela Dacorso_Peformance AV   20h30 às 21h30 | Chassol (FRA)_Peformance AV     Endereço: Oi Futuro no Flamengo Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo Valor: Gratuito Classificação etária: Livre Tel. (21) 3131-3060   Programação do teatro Valor: Gratuito Retirada da senha: 30 min antes na bilheteria do Oi Futuro Flamengo Lotação: 63 pessoas Classificação etária: Livre   Picnic - Aterro do Flamengo Quiosque Zero Nove Prox. Av. Infante Dom Henrique, 10 - Flamengo Banheiros no local Valor: Gratuito Classificação etária: Livre     *** Em caso de chuva as atividades do Picnic - Aterro do Flamengo serão transferidas para o dia 11 de setembro de 2016.         Veja como foi o processo de construção da obra  Eyjafjallajökull, de Joanie Lemercier, no Oi Futuro Flamengo:           +infos: www.youtube.com/multiplicidade www.facebook.com/multiplicidade www.twitter.com/multiplicidade_ www.flickr.com/photos/multiplicidade_inusitados/ www.instagram.com/festivalmultiplicidade www.multiplicidade.com/blog/ www.multiplicidade.com Manifesto: bit.ly/Multi2025_Ano20       Até 11 de setembro Terça a domingo, das 11h às 20h  Níveis 4 e 5, Vitrais, Térreo e Teatro Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Obra-de-Joanie-Lemercier_EYJAFJALLAJ+ûKULL_IKA1764-1.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[TEATRO EM MOVIMENTO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 Coordenação: Rubim Produções Criado há 15 anos, o projeto Teatro em Movimento consolidou-se no meio artístico e cultural como uma das mais importantes iniciativas de fomento às artes cênicas em Minas Gerais. Veja os espetáculos que chegam ao Oi Futuro Flamengo.   Dias  2, 3 e 4 de setembro, sexta, sábado e domingo, 20h “IGNORÂNCIA” – Grupo QuatrolosCinco Direção e Dramaturgia: Marcos Coletta e Assis Benevenuto Classificação etária: 14 anos   Dias 8 e 9 de setembro, quinta, 20h e sexta, 19h  “ANTES DO SILÊNCIO” Direção: Eid Ribeiro Classificação etária: 14 anos   Dias 13 e 14 de setembro, terça e quarta, 20h  “DOIDA” Direção: Inês Peixoto Dramaturgia: João Santos Classificação etária: 12 anos    Nível 7 | Entrada: R$ 30,00]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_TeatroEmMovimento-AntesDoSilencio.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[OCUPAÇÃO SENDO CRIANÇA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 Ocupação Sendo Criança, no centro cultural no Flamengo, patrocinado pela Oi, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, com apoio cultural do Oi Futuro. Com concepção, curadoria e direção geral de Valéria Martins, o projeto oferece programação infantil de qualidade durante as férias escolares. Originalmente dedicado para crianças de 04 a 10 anos, a Ocupação Sendo Criança amplia seu público nessa edição e realiza atividades para a primeira infância (0-3 anos).   O projeto teve um grande retorno em sua primeira edição, atingindo 10.640 pessoas, recorde de público no Oi Futuro no Flamengo, estimulando uma segunda edição.   A Ocupação Sendo Criança 2016 vai transformar o Oi Futuro Flamengo em uma galáxia cheia de estações, planetas e cápsulas do tempo para serem explorados pelos pequenos. Esse ano o tema principal abordará questões como: o que esperam do futuro, vida em outros planetas, meio ambiente e novos modos de sociedade. As atividades da Ocupação contemplam visitas-descoberta, espetáculos teatrais e circenses, oficinas de dança, sonoridades e circo. O projeto este ano ampliará sua faixa etária oferecendo atividades para a primeira infância incluindo um espaço para bebês e uma oficina totalmente voltada para essa faixa. Todos os dias o espaço aéreo do Oi Futuro também será ocupado com apresentação de dois números de acrobacia.   “Chegar a uma segunda edição é um grande prazer e desafio, especialmente inseridos no momento atual onde as crianças estão cada vez mais sendo afetadas pelos fatos que a rodeiam. Por isso a escolha desse tema, trazendo em forma de brincadeiras uma discussão positiva sobre o futuro que queremos. Que chegue logo a ‘hora do recreio’!”, afirma Valéria Martins.   Como a Ocupação acontece durante as Olimpíadas, os pequenos serão acolhidos e poderão experimentar e aprender através das visitas e atividades educativas realizadas por educadores bilíngues. Além das visitas e atividades, um astronauta e um marciano circularão pelo centro cultural interagindo com as crianças. No térreo, as crianças e seus responsáveis serão convidados para atividades lúdicas, oficinas e experiências de interação dentro de um Foguete. A partir dele iniciarão o circuito espacial, indo a diferentes estações: Estação Mundo NovoEstação Universo Paralelo, Túnel do Tempo Planeta Bebê.   Na Estação Mundo Novo as crianças através de adereços, objetos e vestimentas se transportarão para outros mundos. Na Estação Universo Paralelo os pequenos encontram um ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas que provocam a ideia de outro planeta. Já no Túnel do Tempo, imagens de futuros imaginados, passados remotos e outros nem tanto assim... E o Planeta Bebê é um espaço dedicado especialmente para os exploradores mirins, desde bebês até a primeira infância.   Na grade de oficinas, Fábio Freitas e Shirley Britto apresentam a Oficina de comicidade, Flávia Costa traz a oficina Pequenos Inventores de Novas Danças, que mistura sonoridades com coreografias; a atriz e artista visual Kika Motta realiza a oficina Espaço Sensorial, destinada para crianças entre 1 e 3 anos; Lívia Diniz ministra a oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades, onde os pequenos criarão uma rádio e uma novela com suas próprias histórias; Maria Angélica Gomes, do Teatro de Anônimo, participa com a oficina Circo em Família, onde as crianças e seus responsáveis mergulharão juntos no mundo circense.   O teatro também marca presença na Ocupação! O Circo Dux traz o espetáculo Mix Dux. A apresentação é composta por uma seleção dos melhores números do repertório do duo, criados e experimentados ao longo dos 10 anos de carreira. Em Esquecimento Global, o palhaço Dudu, um dos fundadores da Intrépida Trupe e dos Irmãos Brothers, aborda de forma divertida temas adultos como sustentabilidade e meio ambiente.   Já o programa de visitas e atividades educativas, conta com a assessoria pedagógica da educadora e pesquisadora Gleyce Kelly Heitor.   A ambientação cenográfica assinada por Mina Quental em parceria com Valéria Martins segue a proposta lúdica e de interatividade do projeto, dialogando com a arquitetura e programação do Instituto. O objetivo é levar as crianças a se relacionarem com o espaço físico, se apropriando de todo o Centro Cultural.     “É com grande entusiasmo que o Oi Futuro recebe pela segunda vez a Ocupação Sendo Criança, pois o projeto amplia a participação do público infantil no Centro Cultural para além dos espetáculos. Dessa forma, o Oi Futuro reforça seu posicionamento de democratização da cultura, facilitando o contato das crianças com o meio cultural e formando desde cedo novas plateias, uma das diretrizes do instituto de responsabilidade social da Oi”, afirma Roberto Guimarães, gestor cultural do Oi Futuro.   Sobre a idealizadora da Ocupação Sendo Criança Valéria Martins Valéria Martins atua há 32 anos na área da cultura com consolidada carreira em linguagem de movimento e projetos multidisciplinares. Fez parte da direção da Intrépida Trupe e há 7 anos desenvolve uma pesquisa cênica unindo acrobatas, bailarinos e atores a obras de arte. Os resultados circularam por locais significativos da cidade do Rio de Janeiro, assim como do Brasil; Projeto Coleções, Coleções em campo e Zona de Lançamento em suas temporadas foram vistos por mais de 20 mil pessoas de diferentes condições sociais, faixas etárias e interesses de vida.   Circuito Espacial – Espaços   Estação Mundo Novo - as crianças poderão colocar adereços, objetos, vestimentas e se transportarão a outros mundos. O que acontece nesses mundos? Como é a vida neles? Humanos habitam neles? Como se relacionam? Essas e outras perguntas serão estimuladas pelos educadores que trocarão valores atuais e projeções de futuro, vistas pelo olhar de uma criança.   Estação Universo Paralelo - Ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas provocando a ideia de outro planeta. Onde estamos? Como é esse planeta? Como cuidam dele?   Túnel do Tempo - Túnel com imagens de passados remotos, outros nem tanto assim e futuros imaginados.   Planeta Bebê - Espaço dedicado a bebês e primeira infância.   SERVIÇO Ocupação Sendo Criança De 04 a 21 de agosto Local: Oi Futuro Flamengo Preço ingresso espetáculos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)* Oficinas e visitação: GRÁTIS *Os espetáculos Mix Dux e Esquecimento Global serão as únicas atividades pagas, mas podem ter seu ingresso trocado por livros infantis, que serão doados para a Instituição NAPEC, do Instituto Fernandes Figueira.   Endereço: R. Dois de Dezembro, 63 - Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 22220-040 Telefone: (21) 3131-3060   Como participar das oficinas - Os interessados devem enviar um e-mail para: ocupacaosendocrianca@gmail.com informando qual oficina e a idade da criança que irá participar. As inscrições serão confirmadas por e-mail. Vagas limitadas   Visita Descoberta – Percursos pelas estações Mundo Novo, Universo Paralelo e Túnel do Tempo com o objetivo de transformar crianças e adultos em descobridores, que irão percorrer mundos imaginados para construir experiências de ver, sentir, brincar e inventar. As visitas serão oferecidas entre quarta-feira e domingo, das 11h30 às 17h, a cada 30 minutos. Tirão duração de até 40 minutos e cada educador viajará com até 10 crianças, acompanhada por pelo menos 1 responsável.   Viagem na nave – Atividades propostas pelos educadores, que serão desenvolvidas no Foguete, entre as demais atividades (oficinas, visitas, espetáculos), visando criar um ambiente de trocas, experiências e aprendizados unindo crianças e adultos.  Nestes espaços serão realizadas ações de desenho, jogos, dobraduras e origamis e criação de histórias que os façam conhecer seres e mundos reais e imaginados. As ações de ativação acontecerão de quarta-feira a domingo, das 11h às 17h30, a partir de um tema diário.   - Números circenses – às 12h30 e às 17h30   Oficinas Gratuitas   Oficina de comicidade (de 4 a 10 anos) – Dia 04 de agosto, das 14h às 16h; dia 10 de agosto, das 11h às 13h; dia 17 de agosto, das 11h às 13h; e dia 19 de agosto, das 11h às 13h.   - Oficina Pequenos Inventores de Novas Danças (4 a 6 anos) – Dias 05, 14 e 20 de agosto, das 14h às 16h.   Oficina do Espaço Sensorial (1 a 3 anos) – Dia 06 de agosto, das 14h às 15h30; dia 07 de agosto, das 14h às 15h30; dia 13 de agosto, das 14h às 15h30; e dia 20 de agosto, das 14h às 15h30.   Oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades (7 a 11 anos) - Dias 10,11, 12, 17, 18 e 19 de agosto, das 14h às 16h;   Oficina Circo em Família (4 a 10 anos) - Dias 20 e 21 de agosto, das 11h às 13h;         Espetáculos   Esquecimento Global Dias 06 e 07 de agosto às 11h30   Mix Dux Dias 13 e 14 de agosto às 11h30   Clique aqui para conferir o resumo de toda a programação da Ocupação Sendo Criança. :)  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Ocupaþªo-Sendo-Crianþa-33-Carol-Cony-1.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[Visões Periféricas 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 Realização: Imaginário Digital O festival completa 10 anos e acende os holofotes para a produção independente nas periferias brasileiras. Temáticas LGBT, feminina, negra, indígena e homenagens a Silvio Tendler, Adélia Sampaio, Filó Filho e Sérgio Peo.   Dias 6, 7 e 8 de setembro, terça, quarta e quinta: MOSTRA PANORÂMICA MOSTRA SÍLVIO TENDLER   Dia 9 de setembro, sexta: MOSTRAS PRIMEIROS OLHARES, VISORAMA, FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 16h - Mesa 1 18h - Visorama 1  - 79min 20h - Fronteiras Imaginárias 1 - 74min Dia 10 de setembro, sábado: MOSTRAS CINEMA DA GEMA, VISORAMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 2 16h- Cinema da Gema 1 - 72min 18h - Fronteiras Imaginárias 2 - 71min 20h - Visorama 2 - 64min   Dia 11 de setembro, domingo: MOSTRAS CINEMA DA GEMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 3 16h - Cinema da Gema 2 - 85min 18h – Fronteiras Imaginárias 3 - 57min 20h - Fronteiras Imaginárias 4 - 61min   Dia 12 de setembro, segunda: 18h - MOSTRA PRIMEIROS OLHARES 20h - CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO     De 6 a 12 de setembro | Teatro Entrada franca *Distribuição de senhas 30 minutos antes *Consulte a programação completa, horários e classificação etária no site www.visoesperifericas.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_VisoesPerifericas-LaDoAlto.jpg <![CDATA[MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 Curadoria: Batman Zavareze O Festival Multiplicidade comemora 12 anos de realizações ocupando pela primeira vez na sua história todas as áreas expositivas do Oi Futuro Flamengo, com a mostra MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS. Seguindo os passos da ANTEVISÃO, o Festival continua no ano imaginário de 2025, enxergando os futuros possíveis e estendendo os olhares para a revisão da relação entre público, arte e tecnologia com indisciplinadas doses poéticas. Artistas, nacionais e internacionais, estão programados nas galerias e no teatro. O destaque é o francês Joanie Lemercier, focado principalmente em projeções de luz no espaço e seu impacto sobre a nossa percepção, e que apresenta o trabalho “Volcano”. A exposição integra o Passaporte Cultural para os Jogos Olímpicos Rio 2016.     No dia 7 de setembro o FESTIVAL MULTIPLICIDADE ocupa um novo espaço, o Aterro do Flamengo [11h às 16h], e o Oi Futuro Flamengo [11h às 22h].     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     PICNIC ATERRO DO FLAMENGO | 11h às 16h   11h às 13h – Satta_Performance sonora http://goo.gl/lHL9ZS   11h às 14h – Regina Café_Oficina de percussão . Até 50 pessoas . Não é necessário inscrição para participar. Só chegar! . Os instrumentos construídos na oficina poderão ser levados pelos participantes.   11h30 – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   13h às 14h – Negalê e o violinista William Doyle_Performance sonora   14h Camila Rocha_Oficina e performance de bambolês com . De 20 a 30 pessoas . Não é necessário inscrição para participar . Os bambolês usados na oficina, não poderão ser levados pelos participantes.   14h às 15h – Marcelinho da Lua_Performance sonora   15h às 15h30 – Os Ritmistas_show   15h30 às 16h30 – SIRI_Performance sonora   16h – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   16h – Fanfarra Black Club_Batucada     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - ÁREA EXTERNA | 11h00 as 22h00   11h às 14h – Mixtape   14h às 16h – Calbuque_Performance sonora http://goo.gl/k2bK4E   16h às 17h30 - Heikki Eiden (ALE)_Performance sonora   17h30 às 19h > Chief Boima (Kondi Band) / (EUA)_Performance sonora http://goo.gl/V36WXp   20h às 22h > Estreia da Serie Multiplicidade no Canal Brasil + Debate   O MULTIPLICIDADE revisita seu acervo, conversa com figuras emblemáticas da vida digital e estreia no dia 7 de setembro uma série de 10 episódios no Canal Brasil. A série, com 15 minutos de duração em cada episódio, realiza uma versão televisiva do festival. Direção: Bebeto Abrantes e Batman Zavareze Apresentação: Batman Zavareze Participação Especial: Arnaldo Antunes Produção e Realização: 27+1 > EPISÓDIOS QUE SERÃO EXIBIDOS: . TUDO É TELA . O FUTURO DA TECNOLOGIA . DETOX DIGITAL Em seguida debate com Ronaldo Lemos e Marcello Dantas com mediação de Bebeto Abrantes. Teaser do programa: https://vimeo.com/178796356     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO – EXPOSIÇÃO ERRAR/ TERREO/GALERIAS 1, 2 e 3 | 11h às 22h   BIBLIOTEC | Glitchados – Criação coletiva dos alunos da Oi Kabum! Rio: Eloi Leones, João Vitor da Silva, Kareym Assis e Robson Alves GALERIA 1 | Chão de Telhas – Letícia, André, Júlio Parente GALERIA 2 | EYJAFJALLAJÖKULL – Joanie Lemercier (FRA) GALERIA 2 | Acerto – Hermeto Pascoal + Pablo Ribeiro GALERIA 3 | Jardim do Joaquim – Tomás Ribas     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - TEATRO   19h às 20h | Marcelo Yuka + Daniela Dacorso_Peformance AV   20h30 às 21h30 | Chassol (FRA)_Peformance AV     Endereço: Oi Futuro no Flamengo Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo Valor: Gratuito Classificação etária: Livre Tel. (21) 3131-3060   Programação do teatro Valor: Gratuito Retirada da senha: 30 min antes na bilheteria do Oi Futuro Flamengo Lotação: 63 pessoas Classificação etária: Livre   Picnic - Aterro do Flamengo Quiosque Zero Nove Prox. Av. Infante Dom Henrique, 10 - Flamengo Banheiros no local Valor: Gratuito Classificação etária: Livre     *** Em caso de chuva as atividades do Picnic - Aterro do Flamengo serão transferidas para o dia 11 de setembro de 2016.         Veja como foi o processo de construção da obra  Eyjafjallajökull, de Joanie Lemercier, no Oi Futuro Flamengo:           +infos: www.youtube.com/multiplicidade www.facebook.com/multiplicidade www.twitter.com/multiplicidade_ www.flickr.com/photos/multiplicidade_inusitados/ www.instagram.com/festivalmultiplicidade www.multiplicidade.com/blog/ www.multiplicidade.com Manifesto: bit.ly/Multi2025_Ano20       Até 11 de setembro Terça a domingo, das 11h às 20h  Níveis 4 e 5, Vitrais, Térreo e Teatro Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Obra-de-Joanie-Lemercier_EYJAFJALLAJ+ûKULL_IKA1764-1.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[OCUPAÇÃO SENDO CRIANÇA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 Ocupação Sendo Criança, no centro cultural no Flamengo, patrocinado pela Oi, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, com apoio cultural do Oi Futuro. Com concepção, curadoria e direção geral de Valéria Martins, o projeto oferece programação infantil de qualidade durante as férias escolares. Originalmente dedicado para crianças de 04 a 10 anos, a Ocupação Sendo Criança amplia seu público nessa edição e realiza atividades para a primeira infância (0-3 anos).   O projeto teve um grande retorno em sua primeira edição, atingindo 10.640 pessoas, recorde de público no Oi Futuro no Flamengo, estimulando uma segunda edição.   A Ocupação Sendo Criança 2016 vai transformar o Oi Futuro Flamengo em uma galáxia cheia de estações, planetas e cápsulas do tempo para serem explorados pelos pequenos. Esse ano o tema principal abordará questões como: o que esperam do futuro, vida em outros planetas, meio ambiente e novos modos de sociedade. As atividades da Ocupação contemplam visitas-descoberta, espetáculos teatrais e circenses, oficinas de dança, sonoridades e circo. O projeto este ano ampliará sua faixa etária oferecendo atividades para a primeira infância incluindo um espaço para bebês e uma oficina totalmente voltada para essa faixa. Todos os dias o espaço aéreo do Oi Futuro também será ocupado com apresentação de dois números de acrobacia.   “Chegar a uma segunda edição é um grande prazer e desafio, especialmente inseridos no momento atual onde as crianças estão cada vez mais sendo afetadas pelos fatos que a rodeiam. Por isso a escolha desse tema, trazendo em forma de brincadeiras uma discussão positiva sobre o futuro que queremos. Que chegue logo a ‘hora do recreio’!”, afirma Valéria Martins.   Como a Ocupação acontece durante as Olimpíadas, os pequenos serão acolhidos e poderão experimentar e aprender através das visitas e atividades educativas realizadas por educadores bilíngues. Além das visitas e atividades, um astronauta e um marciano circularão pelo centro cultural interagindo com as crianças. No térreo, as crianças e seus responsáveis serão convidados para atividades lúdicas, oficinas e experiências de interação dentro de um Foguete. A partir dele iniciarão o circuito espacial, indo a diferentes estações: Estação Mundo NovoEstação Universo Paralelo, Túnel do Tempo Planeta Bebê.   Na Estação Mundo Novo as crianças através de adereços, objetos e vestimentas se transportarão para outros mundos. Na Estação Universo Paralelo os pequenos encontram um ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas que provocam a ideia de outro planeta. Já no Túnel do Tempo, imagens de futuros imaginados, passados remotos e outros nem tanto assim... E o Planeta Bebê é um espaço dedicado especialmente para os exploradores mirins, desde bebês até a primeira infância.   Na grade de oficinas, Fábio Freitas e Shirley Britto apresentam a Oficina de comicidade, Flávia Costa traz a oficina Pequenos Inventores de Novas Danças, que mistura sonoridades com coreografias; a atriz e artista visual Kika Motta realiza a oficina Espaço Sensorial, destinada para crianças entre 1 e 3 anos; Lívia Diniz ministra a oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades, onde os pequenos criarão uma rádio e uma novela com suas próprias histórias; Maria Angélica Gomes, do Teatro de Anônimo, participa com a oficina Circo em Família, onde as crianças e seus responsáveis mergulharão juntos no mundo circense.   O teatro também marca presença na Ocupação! O Circo Dux traz o espetáculo Mix Dux. A apresentação é composta por uma seleção dos melhores números do repertório do duo, criados e experimentados ao longo dos 10 anos de carreira. Em Esquecimento Global, o palhaço Dudu, um dos fundadores da Intrépida Trupe e dos Irmãos Brothers, aborda de forma divertida temas adultos como sustentabilidade e meio ambiente.   Já o programa de visitas e atividades educativas, conta com a assessoria pedagógica da educadora e pesquisadora Gleyce Kelly Heitor.   A ambientação cenográfica assinada por Mina Quental em parceria com Valéria Martins segue a proposta lúdica e de interatividade do projeto, dialogando com a arquitetura e programação do Instituto. O objetivo é levar as crianças a se relacionarem com o espaço físico, se apropriando de todo o Centro Cultural.     “É com grande entusiasmo que o Oi Futuro recebe pela segunda vez a Ocupação Sendo Criança, pois o projeto amplia a participação do público infantil no Centro Cultural para além dos espetáculos. Dessa forma, o Oi Futuro reforça seu posicionamento de democratização da cultura, facilitando o contato das crianças com o meio cultural e formando desde cedo novas plateias, uma das diretrizes do instituto de responsabilidade social da Oi”, afirma Roberto Guimarães, gestor cultural do Oi Futuro.   Sobre a idealizadora da Ocupação Sendo Criança Valéria Martins Valéria Martins atua há 32 anos na área da cultura com consolidada carreira em linguagem de movimento e projetos multidisciplinares. Fez parte da direção da Intrépida Trupe e há 7 anos desenvolve uma pesquisa cênica unindo acrobatas, bailarinos e atores a obras de arte. Os resultados circularam por locais significativos da cidade do Rio de Janeiro, assim como do Brasil; Projeto Coleções, Coleções em campo e Zona de Lançamento em suas temporadas foram vistos por mais de 20 mil pessoas de diferentes condições sociais, faixas etárias e interesses de vida.   Circuito Espacial – Espaços   Estação Mundo Novo - as crianças poderão colocar adereços, objetos, vestimentas e se transportarão a outros mundos. O que acontece nesses mundos? Como é a vida neles? Humanos habitam neles? Como se relacionam? Essas e outras perguntas serão estimuladas pelos educadores que trocarão valores atuais e projeções de futuro, vistas pelo olhar de uma criança.   Estação Universo Paralelo - Ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas provocando a ideia de outro planeta. Onde estamos? Como é esse planeta? Como cuidam dele?   Túnel do Tempo - Túnel com imagens de passados remotos, outros nem tanto assim e futuros imaginados.   Planeta Bebê - Espaço dedicado a bebês e primeira infância.   SERVIÇO Ocupação Sendo Criança De 04 a 21 de agosto Local: Oi Futuro Flamengo Preço ingresso espetáculos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)* Oficinas e visitação: GRÁTIS *Os espetáculos Mix Dux e Esquecimento Global serão as únicas atividades pagas, mas podem ter seu ingresso trocado por livros infantis, que serão doados para a Instituição NAPEC, do Instituto Fernandes Figueira.   Endereço: R. Dois de Dezembro, 63 - Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 22220-040 Telefone: (21) 3131-3060   Como participar das oficinas - Os interessados devem enviar um e-mail para: ocupacaosendocrianca@gmail.com informando qual oficina e a idade da criança que irá participar. As inscrições serão confirmadas por e-mail. Vagas limitadas   Visita Descoberta – Percursos pelas estações Mundo Novo, Universo Paralelo e Túnel do Tempo com o objetivo de transformar crianças e adultos em descobridores, que irão percorrer mundos imaginados para construir experiências de ver, sentir, brincar e inventar. As visitas serão oferecidas entre quarta-feira e domingo, das 11h30 às 17h, a cada 30 minutos. Tirão duração de até 40 minutos e cada educador viajará com até 10 crianças, acompanhada por pelo menos 1 responsável.   Viagem na nave – Atividades propostas pelos educadores, que serão desenvolvidas no Foguete, entre as demais atividades (oficinas, visitas, espetáculos), visando criar um ambiente de trocas, experiências e aprendizados unindo crianças e adultos.  Nestes espaços serão realizadas ações de desenho, jogos, dobraduras e origamis e criação de histórias que os façam conhecer seres e mundos reais e imaginados. As ações de ativação acontecerão de quarta-feira a domingo, das 11h às 17h30, a partir de um tema diário.   - Números circenses – às 12h30 e às 17h30   Oficinas Gratuitas   Oficina de comicidade (de 4 a 10 anos) – Dia 04 de agosto, das 14h às 16h; dia 10 de agosto, das 11h às 13h; dia 17 de agosto, das 11h às 13h; e dia 19 de agosto, das 11h às 13h.   - Oficina Pequenos Inventores de Novas Danças (4 a 6 anos) – Dias 05, 14 e 20 de agosto, das 14h às 16h.   Oficina do Espaço Sensorial (1 a 3 anos) – Dia 06 de agosto, das 14h às 15h30; dia 07 de agosto, das 14h às 15h30; dia 13 de agosto, das 14h às 15h30; e dia 20 de agosto, das 14h às 15h30.   Oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades (7 a 11 anos) - Dias 10,11, 12, 17, 18 e 19 de agosto, das 14h às 16h;   Oficina Circo em Família (4 a 10 anos) - Dias 20 e 21 de agosto, das 11h às 13h;         Espetáculos   Esquecimento Global Dias 06 e 07 de agosto às 11h30   Mix Dux Dias 13 e 14 de agosto às 11h30   Clique aqui para conferir o resumo de toda a programação da Ocupação Sendo Criança. :)  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Ocupaþªo-Sendo-Crianþa-33-Carol-Cony-1.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[Visões Periféricas 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12519 Realização: Imaginário Digital O festival completa 10 anos e acende os holofotes para a produção independente nas periferias brasileiras. Temáticas LGBT, feminina, negra, indígena e homenagens a Silvio Tendler, Adélia Sampaio, Filó Filho e Sérgio Peo.   Dias 6, 7 e 8 de setembro, terça, quarta e quinta: MOSTRA PANORÂMICA MOSTRA SÍLVIO TENDLER   Dia 9 de setembro, sexta: MOSTRAS PRIMEIROS OLHARES, VISORAMA, FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 16h - Mesa 1 18h - Visorama 1  - 79min 20h - Fronteiras Imaginárias 1 - 74min Dia 10 de setembro, sábado: MOSTRAS CINEMA DA GEMA, VISORAMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 2 16h- Cinema da Gema 1 - 72min 18h - Fronteiras Imaginárias 2 - 71min 20h - Visorama 2 - 64min   Dia 11 de setembro, domingo: MOSTRAS CINEMA DA GEMA E FRONTEIRAS IMAGINÁRIAS E MESA DE DEBATES 14h - Mesa 3 16h - Cinema da Gema 2 - 85min 18h – Fronteiras Imaginárias 3 - 57min 20h - Fronteiras Imaginárias 4 - 61min   Dia 12 de setembro, segunda: 18h - MOSTRA PRIMEIROS OLHARES 20h - CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO     De 6 a 12 de setembro | Teatro Entrada franca *Distribuição de senhas 30 minutos antes *Consulte a programação completa, horários e classificação etária no site www.visoesperifericas.org.br]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_VisoesPerifericas-LaDoAlto.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[A.NOTA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12292 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12292 Curadoria: Thiago Vedova Novas bandas, lançamentos, novas misturas. A nova cena, a nova nota. O bem sucedido projeto de música retorna em 2016 com  shows imperdíveis. Dia 12 de julho: THIAGO PETHIT Ingressos Esgotados!   Em seu terceiro disco, “Rock`n`Roll Sugar Darling”, o cantor segue explorando o terreno das sonoridades pulsantes. Aparecem o imaginário grunge dos anos 90, a malícia implícita de Elvis Presley (“Honey Bi”), a sexualidade explícita de Iggy Pop (“Quero Ser seu Cão”), o voodoo de Screamin' Jay Hawkins (“Voodoo”) e o deboche de Rita Lee e Tutti-Frutti (na faixa-título).   Dia 26 de julho:  PEDRINHU E JULIA  A dupla é formada pelo cantor e violonista Pedrinhu Junqueira e pela cantora Júlia Shimura, ambos compositores, que resolveram iniciar um projeto musical, com suas canções autorais em 2014. Agora, Pedrinhu e Julia lançam o álbum "Haiku", com uma sonoridade pop e que passeia por diferentes ritmos - do dançante groove de "Amor", passando pelo bolero-afoxé "Nada Vai Ser", até chegar ao blues de "Fall".   Dia 9 de agosto: ANDRÉ CARVALHO  Depois do primeiro disco, com composições gravadas por cantoras como Marisa Monte, Mart'nália, Maria Gadu e Alexia Bomtempo, o segundo trabalho do cantor e compositor  André  Carvalho, “Distraído”, traz a presença ilustre de seu pai Dadi, de  três integrantes da Nação Zumbi e dos guitarristas Pedro Baby e Davi Moraes, assim como ele, filhos dos Novos Baianos.   Dia 30 de agosto: BEATRIZ AZEVEDO Poeta, cantora e compositora, atriz e diretora de teatro, a vertente musical da arte de Beatriz foi capturada em um registro, que deu origem ao seu primeiro CD ao vivo, batizado de “AntroPOPhagia”. O show homônimo foi concebido para fazer parte do projeto Celebrate Brazil, realizado por Film Society of Lincoln Center e ImageNation, promovido pelo Itamaraty.   Dia 13 de setembro: MIHAY "Gravador e amor", segundo disco do compositor, serpenteia entre blues, sambas, boleros. Sonoridade contemporânea e  imagens carregadas de calor analógico.   Dia 27 de setembro: IARA RENNÓ Cantora, compositora, instrumentista, produtora musical, performer e atriz, tem músicas nas vozes de Elza Soares e Ney Matogrosso, e lança os álbuns gêmeos “Arco & Flecha.   Terça-feira, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda dos ingressos começa uma semana antes da data de cada show      ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/ANota-Mihay.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[OCUPAÇÃO SENDO CRIANÇA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 Ocupação Sendo Criança, no centro cultural no Flamengo, patrocinado pela Oi, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, com apoio cultural do Oi Futuro. Com concepção, curadoria e direção geral de Valéria Martins, o projeto oferece programação infantil de qualidade durante as férias escolares. Originalmente dedicado para crianças de 04 a 10 anos, a Ocupação Sendo Criança amplia seu público nessa edição e realiza atividades para a primeira infância (0-3 anos).   O projeto teve um grande retorno em sua primeira edição, atingindo 10.640 pessoas, recorde de público no Oi Futuro no Flamengo, estimulando uma segunda edição.   A Ocupação Sendo Criança 2016 vai transformar o Oi Futuro Flamengo em uma galáxia cheia de estações, planetas e cápsulas do tempo para serem explorados pelos pequenos. Esse ano o tema principal abordará questões como: o que esperam do futuro, vida em outros planetas, meio ambiente e novos modos de sociedade. As atividades da Ocupação contemplam visitas-descoberta, espetáculos teatrais e circenses, oficinas de dança, sonoridades e circo. O projeto este ano ampliará sua faixa etária oferecendo atividades para a primeira infância incluindo um espaço para bebês e uma oficina totalmente voltada para essa faixa. Todos os dias o espaço aéreo do Oi Futuro também será ocupado com apresentação de dois números de acrobacia.   “Chegar a uma segunda edição é um grande prazer e desafio, especialmente inseridos no momento atual onde as crianças estão cada vez mais sendo afetadas pelos fatos que a rodeiam. Por isso a escolha desse tema, trazendo em forma de brincadeiras uma discussão positiva sobre o futuro que queremos. Que chegue logo a ‘hora do recreio’!”, afirma Valéria Martins.   Como a Ocupação acontece durante as Olimpíadas, os pequenos serão acolhidos e poderão experimentar e aprender através das visitas e atividades educativas realizadas por educadores bilíngues. Além das visitas e atividades, um astronauta e um marciano circularão pelo centro cultural interagindo com as crianças. No térreo, as crianças e seus responsáveis serão convidados para atividades lúdicas, oficinas e experiências de interação dentro de um Foguete. A partir dele iniciarão o circuito espacial, indo a diferentes estações: Estação Mundo NovoEstação Universo Paralelo, Túnel do Tempo Planeta Bebê.   Na Estação Mundo Novo as crianças através de adereços, objetos e vestimentas se transportarão para outros mundos. Na Estação Universo Paralelo os pequenos encontram um ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas que provocam a ideia de outro planeta. Já no Túnel do Tempo, imagens de futuros imaginados, passados remotos e outros nem tanto assim... E o Planeta Bebê é um espaço dedicado especialmente para os exploradores mirins, desde bebês até a primeira infância.   Na grade de oficinas, Fábio Freitas e Shirley Britto apresentam a Oficina de comicidade, Flávia Costa traz a oficina Pequenos Inventores de Novas Danças, que mistura sonoridades com coreografias; a atriz e artista visual Kika Motta realiza a oficina Espaço Sensorial, destinada para crianças entre 1 e 3 anos; Lívia Diniz ministra a oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades, onde os pequenos criarão uma rádio e uma novela com suas próprias histórias; Maria Angélica Gomes, do Teatro de Anônimo, participa com a oficina Circo em Família, onde as crianças e seus responsáveis mergulharão juntos no mundo circense.   O teatro também marca presença na Ocupação! O Circo Dux traz o espetáculo Mix Dux. A apresentação é composta por uma seleção dos melhores números do repertório do duo, criados e experimentados ao longo dos 10 anos de carreira. Em Esquecimento Global, o palhaço Dudu, um dos fundadores da Intrépida Trupe e dos Irmãos Brothers, aborda de forma divertida temas adultos como sustentabilidade e meio ambiente.   Já o programa de visitas e atividades educativas, conta com a assessoria pedagógica da educadora e pesquisadora Gleyce Kelly Heitor.   A ambientação cenográfica assinada por Mina Quental em parceria com Valéria Martins segue a proposta lúdica e de interatividade do projeto, dialogando com a arquitetura e programação do Instituto. O objetivo é levar as crianças a se relacionarem com o espaço físico, se apropriando de todo o Centro Cultural.     “É com grande entusiasmo que o Oi Futuro recebe pela segunda vez a Ocupação Sendo Criança, pois o projeto amplia a participação do público infantil no Centro Cultural para além dos espetáculos. Dessa forma, o Oi Futuro reforça seu posicionamento de democratização da cultura, facilitando o contato das crianças com o meio cultural e formando desde cedo novas plateias, uma das diretrizes do instituto de responsabilidade social da Oi”, afirma Roberto Guimarães, gestor cultural do Oi Futuro.   Sobre a idealizadora da Ocupação Sendo Criança Valéria Martins Valéria Martins atua há 32 anos na área da cultura com consolidada carreira em linguagem de movimento e projetos multidisciplinares. Fez parte da direção da Intrépida Trupe e há 7 anos desenvolve uma pesquisa cênica unindo acrobatas, bailarinos e atores a obras de arte. Os resultados circularam por locais significativos da cidade do Rio de Janeiro, assim como do Brasil; Projeto Coleções, Coleções em campo e Zona de Lançamento em suas temporadas foram vistos por mais de 20 mil pessoas de diferentes condições sociais, faixas etárias e interesses de vida.   Circuito Espacial – Espaços   Estação Mundo Novo - as crianças poderão colocar adereços, objetos, vestimentas e se transportarão a outros mundos. O que acontece nesses mundos? Como é a vida neles? Humanos habitam neles? Como se relacionam? Essas e outras perguntas serão estimuladas pelos educadores que trocarão valores atuais e projeções de futuro, vistas pelo olhar de uma criança.   Estação Universo Paralelo - Ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas provocando a ideia de outro planeta. Onde estamos? Como é esse planeta? Como cuidam dele?   Túnel do Tempo - Túnel com imagens de passados remotos, outros nem tanto assim e futuros imaginados.   Planeta Bebê - Espaço dedicado a bebês e primeira infância.   SERVIÇO Ocupação Sendo Criança De 04 a 21 de agosto Local: Oi Futuro Flamengo Preço ingresso espetáculos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)* Oficinas e visitação: GRÁTIS *Os espetáculos Mix Dux e Esquecimento Global serão as únicas atividades pagas, mas podem ter seu ingresso trocado por livros infantis, que serão doados para a Instituição NAPEC, do Instituto Fernandes Figueira.   Endereço: R. Dois de Dezembro, 63 - Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 22220-040 Telefone: (21) 3131-3060   Como participar das oficinas - Os interessados devem enviar um e-mail para: ocupacaosendocrianca@gmail.com informando qual oficina e a idade da criança que irá participar. As inscrições serão confirmadas por e-mail. Vagas limitadas   Visita Descoberta – Percursos pelas estações Mundo Novo, Universo Paralelo e Túnel do Tempo com o objetivo de transformar crianças e adultos em descobridores, que irão percorrer mundos imaginados para construir experiências de ver, sentir, brincar e inventar. As visitas serão oferecidas entre quarta-feira e domingo, das 11h30 às 17h, a cada 30 minutos. Tirão duração de até 40 minutos e cada educador viajará com até 10 crianças, acompanhada por pelo menos 1 responsável.   Viagem na nave – Atividades propostas pelos educadores, que serão desenvolvidas no Foguete, entre as demais atividades (oficinas, visitas, espetáculos), visando criar um ambiente de trocas, experiências e aprendizados unindo crianças e adultos.  Nestes espaços serão realizadas ações de desenho, jogos, dobraduras e origamis e criação de histórias que os façam conhecer seres e mundos reais e imaginados. As ações de ativação acontecerão de quarta-feira a domingo, das 11h às 17h30, a partir de um tema diário.   - Números circenses – às 12h30 e às 17h30   Oficinas Gratuitas   Oficina de comicidade (de 4 a 10 anos) – Dia 04 de agosto, das 14h às 16h; dia 10 de agosto, das 11h às 13h; dia 17 de agosto, das 11h às 13h; e dia 19 de agosto, das 11h às 13h.   - Oficina Pequenos Inventores de Novas Danças (4 a 6 anos) – Dias 05, 14 e 20 de agosto, das 14h às 16h.   Oficina do Espaço Sensorial (1 a 3 anos) – Dia 06 de agosto, das 14h às 15h30; dia 07 de agosto, das 14h às 15h30; dia 13 de agosto, das 14h às 15h30; e dia 20 de agosto, das 14h às 15h30.   Oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades (7 a 11 anos) - Dias 10,11, 12, 17, 18 e 19 de agosto, das 14h às 16h;   Oficina Circo em Família (4 a 10 anos) - Dias 20 e 21 de agosto, das 11h às 13h;         Espetáculos   Esquecimento Global Dias 06 e 07 de agosto às 11h30   Mix Dux Dias 13 e 14 de agosto às 11h30   Clique aqui para conferir o resumo de toda a programação da Ocupação Sendo Criança. :)  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Ocupaþªo-Sendo-Crianþa-33-Carol-Cony-1.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[ESTAÇÃO DE FÉRIAS | CYBERCULTURA E OLIMPÍADAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12436 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12436 CYBERCULTURA E OLIMPÍADAS Você já gravou um vídeo? Já apareceu na televisão e foi “estrela por um dia”?  É um youtuber? Publica sempre no Snapchat? Com o avanço tecnológico e o barateamento de instrumentos que captam, gravam, transmitem e produzem mídias, tal ato se tornou corriqueiro no nosso cotidiano. Venha gravar seu vídeo com a temática “Cidade Olímpica”.   Dias 26, sexta,  e 31 de agosto,  quarta, 15h Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/cameraescura-230x202.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 Curadoria: Batman Zavareze O Festival Multiplicidade comemora 12 anos de realizações ocupando pela primeira vez na sua história todas as áreas expositivas do Oi Futuro Flamengo, com a mostra MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS. Seguindo os passos da ANTEVISÃO, o Festival continua no ano imaginário de 2025, enxergando os futuros possíveis e estendendo os olhares para a revisão da relação entre público, arte e tecnologia com indisciplinadas doses poéticas. Artistas, nacionais e internacionais, estão programados nas galerias e no teatro. O destaque é o francês Joanie Lemercier, focado principalmente em projeções de luz no espaço e seu impacto sobre a nossa percepção, e que apresenta o trabalho “Volcano”. A exposição integra o Passaporte Cultural para os Jogos Olímpicos Rio 2016.     No dia 7 de setembro o FESTIVAL MULTIPLICIDADE ocupa um novo espaço, o Aterro do Flamengo [11h às 16h], e o Oi Futuro Flamengo [11h às 22h].     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     PICNIC ATERRO DO FLAMENGO | 11h às 16h   11h às 13h – Satta_Performance sonora http://goo.gl/lHL9ZS   11h às 14h – Regina Café_Oficina de percussão . Até 50 pessoas . Não é necessário inscrição para participar. Só chegar! . Os instrumentos construídos na oficina poderão ser levados pelos participantes.   11h30 – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   13h às 14h – Negalê e o violinista William Doyle_Performance sonora   14h Camila Rocha_Oficina e performance de bambolês com . De 20 a 30 pessoas . Não é necessário inscrição para participar . Os bambolês usados na oficina, não poderão ser levados pelos participantes.   14h às 15h – Marcelinho da Lua_Performance sonora   15h às 15h30 – Os Ritmistas_show   15h30 às 16h30 – SIRI_Performance sonora   16h – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   16h – Fanfarra Black Club_Batucada     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - ÁREA EXTERNA | 11h00 as 22h00   11h às 14h – Mixtape   14h às 16h – Calbuque_Performance sonora http://goo.gl/k2bK4E   16h às 17h30 - Heikki Eiden (ALE)_Performance sonora   17h30 às 19h > Chief Boima (Kondi Band) / (EUA)_Performance sonora http://goo.gl/V36WXp   20h às 22h > Estreia da Serie Multiplicidade no Canal Brasil + Debate   O MULTIPLICIDADE revisita seu acervo, conversa com figuras emblemáticas da vida digital e estreia no dia 7 de setembro uma série de 10 episódios no Canal Brasil. A série, com 15 minutos de duração em cada episódio, realiza uma versão televisiva do festival. Direção: Bebeto Abrantes e Batman Zavareze Apresentação: Batman Zavareze Participação Especial: Arnaldo Antunes Produção e Realização: 27+1 > EPISÓDIOS QUE SERÃO EXIBIDOS: . TUDO É TELA . O FUTURO DA TECNOLOGIA . DETOX DIGITAL Em seguida debate com Ronaldo Lemos e Marcello Dantas com mediação de Bebeto Abrantes. Teaser do programa: https://vimeo.com/178796356     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO – EXPOSIÇÃO ERRAR/ TERREO/GALERIAS 1, 2 e 3 | 11h às 22h   BIBLIOTEC | Glitchados – Criação coletiva dos alunos da Oi Kabum! Rio: Eloi Leones, João Vitor da Silva, Kareym Assis e Robson Alves GALERIA 1 | Chão de Telhas – Letícia, André, Júlio Parente GALERIA 2 | EYJAFJALLAJÖKULL – Joanie Lemercier (FRA) GALERIA 2 | Acerto – Hermeto Pascoal + Pablo Ribeiro GALERIA 3 | Jardim do Joaquim – Tomás Ribas     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - TEATRO   19h às 20h | Marcelo Yuka + Daniela Dacorso_Peformance AV   20h30 às 21h30 | Chassol (FRA)_Peformance AV     Endereço: Oi Futuro no Flamengo Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo Valor: Gratuito Classificação etária: Livre Tel. (21) 3131-3060   Programação do teatro Valor: Gratuito Retirada da senha: 30 min antes na bilheteria do Oi Futuro Flamengo Lotação: 63 pessoas Classificação etária: Livre   Picnic - Aterro do Flamengo Quiosque Zero Nove Prox. Av. Infante Dom Henrique, 10 - Flamengo Banheiros no local Valor: Gratuito Classificação etária: Livre     *** Em caso de chuva as atividades do Picnic - Aterro do Flamengo serão transferidas para o dia 11 de setembro de 2016.         Veja como foi o processo de construção da obra  Eyjafjallajökull, de Joanie Lemercier, no Oi Futuro Flamengo:           +infos: www.youtube.com/multiplicidade www.facebook.com/multiplicidade www.twitter.com/multiplicidade_ www.flickr.com/photos/multiplicidade_inusitados/ www.instagram.com/festivalmultiplicidade www.multiplicidade.com/blog/ www.multiplicidade.com Manifesto: bit.ly/Multi2025_Ano20       Até 11 de setembro Terça a domingo, das 11h às 20h  Níveis 4 e 5, Vitrais, Térreo e Teatro Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Obra-de-Joanie-Lemercier_EYJAFJALLAJ+ûKULL_IKA1764-1.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[OCUPAÇÃO SENDO CRIANÇA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 Ocupação Sendo Criança, no centro cultural no Flamengo, patrocinado pela Oi, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, com apoio cultural do Oi Futuro. Com concepção, curadoria e direção geral de Valéria Martins, o projeto oferece programação infantil de qualidade durante as férias escolares. Originalmente dedicado para crianças de 04 a 10 anos, a Ocupação Sendo Criança amplia seu público nessa edição e realiza atividades para a primeira infância (0-3 anos).   O projeto teve um grande retorno em sua primeira edição, atingindo 10.640 pessoas, recorde de público no Oi Futuro no Flamengo, estimulando uma segunda edição.   A Ocupação Sendo Criança 2016 vai transformar o Oi Futuro Flamengo em uma galáxia cheia de estações, planetas e cápsulas do tempo para serem explorados pelos pequenos. Esse ano o tema principal abordará questões como: o que esperam do futuro, vida em outros planetas, meio ambiente e novos modos de sociedade. As atividades da Ocupação contemplam visitas-descoberta, espetáculos teatrais e circenses, oficinas de dança, sonoridades e circo. O projeto este ano ampliará sua faixa etária oferecendo atividades para a primeira infância incluindo um espaço para bebês e uma oficina totalmente voltada para essa faixa. Todos os dias o espaço aéreo do Oi Futuro também será ocupado com apresentação de dois números de acrobacia.   “Chegar a uma segunda edição é um grande prazer e desafio, especialmente inseridos no momento atual onde as crianças estão cada vez mais sendo afetadas pelos fatos que a rodeiam. Por isso a escolha desse tema, trazendo em forma de brincadeiras uma discussão positiva sobre o futuro que queremos. Que chegue logo a ‘hora do recreio’!”, afirma Valéria Martins.   Como a Ocupação acontece durante as Olimpíadas, os pequenos serão acolhidos e poderão experimentar e aprender através das visitas e atividades educativas realizadas por educadores bilíngues. Além das visitas e atividades, um astronauta e um marciano circularão pelo centro cultural interagindo com as crianças. No térreo, as crianças e seus responsáveis serão convidados para atividades lúdicas, oficinas e experiências de interação dentro de um Foguete. A partir dele iniciarão o circuito espacial, indo a diferentes estações: Estação Mundo NovoEstação Universo Paralelo, Túnel do Tempo Planeta Bebê.   Na Estação Mundo Novo as crianças através de adereços, objetos e vestimentas se transportarão para outros mundos. Na Estação Universo Paralelo os pequenos encontram um ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas que provocam a ideia de outro planeta. Já no Túnel do Tempo, imagens de futuros imaginados, passados remotos e outros nem tanto assim... E o Planeta Bebê é um espaço dedicado especialmente para os exploradores mirins, desde bebês até a primeira infância.   Na grade de oficinas, Fábio Freitas e Shirley Britto apresentam a Oficina de comicidade, Flávia Costa traz a oficina Pequenos Inventores de Novas Danças, que mistura sonoridades com coreografias; a atriz e artista visual Kika Motta realiza a oficina Espaço Sensorial, destinada para crianças entre 1 e 3 anos; Lívia Diniz ministra a oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades, onde os pequenos criarão uma rádio e uma novela com suas próprias histórias; Maria Angélica Gomes, do Teatro de Anônimo, participa com a oficina Circo em Família, onde as crianças e seus responsáveis mergulharão juntos no mundo circense.   O teatro também marca presença na Ocupação! O Circo Dux traz o espetáculo Mix Dux. A apresentação é composta por uma seleção dos melhores números do repertório do duo, criados e experimentados ao longo dos 10 anos de carreira. Em Esquecimento Global, o palhaço Dudu, um dos fundadores da Intrépida Trupe e dos Irmãos Brothers, aborda de forma divertida temas adultos como sustentabilidade e meio ambiente.   Já o programa de visitas e atividades educativas, conta com a assessoria pedagógica da educadora e pesquisadora Gleyce Kelly Heitor.   A ambientação cenográfica assinada por Mina Quental em parceria com Valéria Martins segue a proposta lúdica e de interatividade do projeto, dialogando com a arquitetura e programação do Instituto. O objetivo é levar as crianças a se relacionarem com o espaço físico, se apropriando de todo o Centro Cultural.     “É com grande entusiasmo que o Oi Futuro recebe pela segunda vez a Ocupação Sendo Criança, pois o projeto amplia a participação do público infantil no Centro Cultural para além dos espetáculos. Dessa forma, o Oi Futuro reforça seu posicionamento de democratização da cultura, facilitando o contato das crianças com o meio cultural e formando desde cedo novas plateias, uma das diretrizes do instituto de responsabilidade social da Oi”, afirma Roberto Guimarães, gestor cultural do Oi Futuro.   Sobre a idealizadora da Ocupação Sendo Criança Valéria Martins Valéria Martins atua há 32 anos na área da cultura com consolidada carreira em linguagem de movimento e projetos multidisciplinares. Fez parte da direção da Intrépida Trupe e há 7 anos desenvolve uma pesquisa cênica unindo acrobatas, bailarinos e atores a obras de arte. Os resultados circularam por locais significativos da cidade do Rio de Janeiro, assim como do Brasil; Projeto Coleções, Coleções em campo e Zona de Lançamento em suas temporadas foram vistos por mais de 20 mil pessoas de diferentes condições sociais, faixas etárias e interesses de vida.   Circuito Espacial – Espaços   Estação Mundo Novo - as crianças poderão colocar adereços, objetos, vestimentas e se transportarão a outros mundos. O que acontece nesses mundos? Como é a vida neles? Humanos habitam neles? Como se relacionam? Essas e outras perguntas serão estimuladas pelos educadores que trocarão valores atuais e projeções de futuro, vistas pelo olhar de uma criança.   Estação Universo Paralelo - Ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas provocando a ideia de outro planeta. Onde estamos? Como é esse planeta? Como cuidam dele?   Túnel do Tempo - Túnel com imagens de passados remotos, outros nem tanto assim e futuros imaginados.   Planeta Bebê - Espaço dedicado a bebês e primeira infância.   SERVIÇO Ocupação Sendo Criança De 04 a 21 de agosto Local: Oi Futuro Flamengo Preço ingresso espetáculos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)* Oficinas e visitação: GRÁTIS *Os espetáculos Mix Dux e Esquecimento Global serão as únicas atividades pagas, mas podem ter seu ingresso trocado por livros infantis, que serão doados para a Instituição NAPEC, do Instituto Fernandes Figueira.   Endereço: R. Dois de Dezembro, 63 - Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 22220-040 Telefone: (21) 3131-3060   Como participar das oficinas - Os interessados devem enviar um e-mail para: ocupacaosendocrianca@gmail.com informando qual oficina e a idade da criança que irá participar. As inscrições serão confirmadas por e-mail. Vagas limitadas   Visita Descoberta – Percursos pelas estações Mundo Novo, Universo Paralelo e Túnel do Tempo com o objetivo de transformar crianças e adultos em descobridores, que irão percorrer mundos imaginados para construir experiências de ver, sentir, brincar e inventar. As visitas serão oferecidas entre quarta-feira e domingo, das 11h30 às 17h, a cada 30 minutos. Tirão duração de até 40 minutos e cada educador viajará com até 10 crianças, acompanhada por pelo menos 1 responsável.   Viagem na nave – Atividades propostas pelos educadores, que serão desenvolvidas no Foguete, entre as demais atividades (oficinas, visitas, espetáculos), visando criar um ambiente de trocas, experiências e aprendizados unindo crianças e adultos.  Nestes espaços serão realizadas ações de desenho, jogos, dobraduras e origamis e criação de histórias que os façam conhecer seres e mundos reais e imaginados. As ações de ativação acontecerão de quarta-feira a domingo, das 11h às 17h30, a partir de um tema diário.   - Números circenses – às 12h30 e às 17h30   Oficinas Gratuitas   Oficina de comicidade (de 4 a 10 anos) – Dia 04 de agosto, das 14h às 16h; dia 10 de agosto, das 11h às 13h; dia 17 de agosto, das 11h às 13h; e dia 19 de agosto, das 11h às 13h.   - Oficina Pequenos Inventores de Novas Danças (4 a 6 anos) – Dias 05, 14 e 20 de agosto, das 14h às 16h.   Oficina do Espaço Sensorial (1 a 3 anos) – Dia 06 de agosto, das 14h às 15h30; dia 07 de agosto, das 14h às 15h30; dia 13 de agosto, das 14h às 15h30; e dia 20 de agosto, das 14h às 15h30.   Oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades (7 a 11 anos) - Dias 10,11, 12, 17, 18 e 19 de agosto, das 14h às 16h;   Oficina Circo em Família (4 a 10 anos) - Dias 20 e 21 de agosto, das 11h às 13h;         Espetáculos   Esquecimento Global Dias 06 e 07 de agosto às 11h30   Mix Dux Dias 13 e 14 de agosto às 11h30   Clique aqui para conferir o resumo de toda a programação da Ocupação Sendo Criança. :)  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Ocupaþªo-Sendo-Crianþa-33-Carol-Cony-1.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[FILHOTE DE CRUZ CREDO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 Texto: Fabrício Carpinejar Idealização e Adaptação: Eduardo Katz Direção Artística: Isaac Bernat Elenco: Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero   Espetáculo infanto-juvenil que conta a história do bullying sofrido pelo escritor Fabrício Carpinejar na sua infância. Como ele era fisicamente muito feio, convivia com todo tipo de apelidos e piadas, que o tornaram um menino triste e solitário.  Mas o pequeno Fabrício consegue virar o jogo quando passa a ter senso de humor e a brincar com a sua condição, tornando-se querido por todos. A trilha sonora é uma tremenda seleção de músicas do repertório de Erasmo Carlos.   De 10 de julho a 25 de setembro Sábado e domingo, 16h | Nível 7 *No dia 24/09, a sessão será às 14h. Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/G132487.jpg <![CDATA[FÓRUM TV – DIA NACIONAL DA TELEVISÃO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12553 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12553   Dias 4 e 18 de setembro, domingo, 15h | Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/iStock_79015139_LARGE.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[TEATRO EM MOVIMENTO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 Coordenação: Rubim Produções Criado há 15 anos, o projeto Teatro em Movimento consolidou-se no meio artístico e cultural como uma das mais importantes iniciativas de fomento às artes cênicas em Minas Gerais. Veja os espetáculos que chegam ao Oi Futuro Flamengo.   Dias  2, 3 e 4 de setembro, sexta, sábado e domingo, 20h “IGNORÂNCIA” – Grupo QuatrolosCinco Direção e Dramaturgia: Marcos Coletta e Assis Benevenuto Classificação etária: 14 anos   Dias 8 e 9 de setembro, quinta, 20h e sexta, 19h  “ANTES DO SILÊNCIO” Direção: Eid Ribeiro Classificação etária: 14 anos   Dias 13 e 14 de setembro, terça e quarta, 20h  “DOIDA” Direção: Inês Peixoto Dramaturgia: João Santos Classificação etária: 12 anos    Nível 7 | Entrada: R$ 30,00]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_TeatroEmMovimento-AntesDoSilencio.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[Musica no Parque (BA)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12213 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12213 http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/Screen-Shot-2016-06-09-at-7.29.54-PM.png <![CDATA[OCUPAÇÃO SENDO CRIANÇA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 Ocupação Sendo Criança, no centro cultural no Flamengo, patrocinado pela Oi, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, com apoio cultural do Oi Futuro. Com concepção, curadoria e direção geral de Valéria Martins, o projeto oferece programação infantil de qualidade durante as férias escolares. Originalmente dedicado para crianças de 04 a 10 anos, a Ocupação Sendo Criança amplia seu público nessa edição e realiza atividades para a primeira infância (0-3 anos).   O projeto teve um grande retorno em sua primeira edição, atingindo 10.640 pessoas, recorde de público no Oi Futuro no Flamengo, estimulando uma segunda edição.   A Ocupação Sendo Criança 2016 vai transformar o Oi Futuro Flamengo em uma galáxia cheia de estações, planetas e cápsulas do tempo para serem explorados pelos pequenos. Esse ano o tema principal abordará questões como: o que esperam do futuro, vida em outros planetas, meio ambiente e novos modos de sociedade. As atividades da Ocupação contemplam visitas-descoberta, espetáculos teatrais e circenses, oficinas de dança, sonoridades e circo. O projeto este ano ampliará sua faixa etária oferecendo atividades para a primeira infância incluindo um espaço para bebês e uma oficina totalmente voltada para essa faixa. Todos os dias o espaço aéreo do Oi Futuro também será ocupado com apresentação de dois números de acrobacia.   “Chegar a uma segunda edição é um grande prazer e desafio, especialmente inseridos no momento atual onde as crianças estão cada vez mais sendo afetadas pelos fatos que a rodeiam. Por isso a escolha desse tema, trazendo em forma de brincadeiras uma discussão positiva sobre o futuro que queremos. Que chegue logo a ‘hora do recreio’!”, afirma Valéria Martins.   Como a Ocupação acontece durante as Olimpíadas, os pequenos serão acolhidos e poderão experimentar e aprender através das visitas e atividades educativas realizadas por educadores bilíngues. Além das visitas e atividades, um astronauta e um marciano circularão pelo centro cultural interagindo com as crianças. No térreo, as crianças e seus responsáveis serão convidados para atividades lúdicas, oficinas e experiências de interação dentro de um Foguete. A partir dele iniciarão o circuito espacial, indo a diferentes estações: Estação Mundo NovoEstação Universo Paralelo, Túnel do Tempo Planeta Bebê.   Na Estação Mundo Novo as crianças através de adereços, objetos e vestimentas se transportarão para outros mundos. Na Estação Universo Paralelo os pequenos encontram um ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas que provocam a ideia de outro planeta. Já no Túnel do Tempo, imagens de futuros imaginados, passados remotos e outros nem tanto assim... E o Planeta Bebê é um espaço dedicado especialmente para os exploradores mirins, desde bebês até a primeira infância.   Na grade de oficinas, Fábio Freitas e Shirley Britto apresentam a Oficina de comicidade, Flávia Costa traz a oficina Pequenos Inventores de Novas Danças, que mistura sonoridades com coreografias; a atriz e artista visual Kika Motta realiza a oficina Espaço Sensorial, destinada para crianças entre 1 e 3 anos; Lívia Diniz ministra a oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades, onde os pequenos criarão uma rádio e uma novela com suas próprias histórias; Maria Angélica Gomes, do Teatro de Anônimo, participa com a oficina Circo em Família, onde as crianças e seus responsáveis mergulharão juntos no mundo circense.   O teatro também marca presença na Ocupação! O Circo Dux traz o espetáculo Mix Dux. A apresentação é composta por uma seleção dos melhores números do repertório do duo, criados e experimentados ao longo dos 10 anos de carreira. Em Esquecimento Global, o palhaço Dudu, um dos fundadores da Intrépida Trupe e dos Irmãos Brothers, aborda de forma divertida temas adultos como sustentabilidade e meio ambiente.   Já o programa de visitas e atividades educativas, conta com a assessoria pedagógica da educadora e pesquisadora Gleyce Kelly Heitor.   A ambientação cenográfica assinada por Mina Quental em parceria com Valéria Martins segue a proposta lúdica e de interatividade do projeto, dialogando com a arquitetura e programação do Instituto. O objetivo é levar as crianças a se relacionarem com o espaço físico, se apropriando de todo o Centro Cultural.     “É com grande entusiasmo que o Oi Futuro recebe pela segunda vez a Ocupação Sendo Criança, pois o projeto amplia a participação do público infantil no Centro Cultural para além dos espetáculos. Dessa forma, o Oi Futuro reforça seu posicionamento de democratização da cultura, facilitando o contato das crianças com o meio cultural e formando desde cedo novas plateias, uma das diretrizes do instituto de responsabilidade social da Oi”, afirma Roberto Guimarães, gestor cultural do Oi Futuro.   Sobre a idealizadora da Ocupação Sendo Criança Valéria Martins Valéria Martins atua há 32 anos na área da cultura com consolidada carreira em linguagem de movimento e projetos multidisciplinares. Fez parte da direção da Intrépida Trupe e há 7 anos desenvolve uma pesquisa cênica unindo acrobatas, bailarinos e atores a obras de arte. Os resultados circularam por locais significativos da cidade do Rio de Janeiro, assim como do Brasil; Projeto Coleções, Coleções em campo e Zona de Lançamento em suas temporadas foram vistos por mais de 20 mil pessoas de diferentes condições sociais, faixas etárias e interesses de vida.   Circuito Espacial – Espaços   Estação Mundo Novo - as crianças poderão colocar adereços, objetos, vestimentas e se transportarão a outros mundos. O que acontece nesses mundos? Como é a vida neles? Humanos habitam neles? Como se relacionam? Essas e outras perguntas serão estimuladas pelos educadores que trocarão valores atuais e projeções de futuro, vistas pelo olhar de uma criança.   Estação Universo Paralelo - Ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas provocando a ideia de outro planeta. Onde estamos? Como é esse planeta? Como cuidam dele?   Túnel do Tempo - Túnel com imagens de passados remotos, outros nem tanto assim e futuros imaginados.   Planeta Bebê - Espaço dedicado a bebês e primeira infância.   SERVIÇO Ocupação Sendo Criança De 04 a 21 de agosto Local: Oi Futuro Flamengo Preço ingresso espetáculos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)* Oficinas e visitação: GRÁTIS *Os espetáculos Mix Dux e Esquecimento Global serão as únicas atividades pagas, mas podem ter seu ingresso trocado por livros infantis, que serão doados para a Instituição NAPEC, do Instituto Fernandes Figueira.   Endereço: R. Dois de Dezembro, 63 - Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 22220-040 Telefone: (21) 3131-3060   Como participar das oficinas - Os interessados devem enviar um e-mail para: ocupacaosendocrianca@gmail.com informando qual oficina e a idade da criança que irá participar. As inscrições serão confirmadas por e-mail. Vagas limitadas   Visita Descoberta – Percursos pelas estações Mundo Novo, Universo Paralelo e Túnel do Tempo com o objetivo de transformar crianças e adultos em descobridores, que irão percorrer mundos imaginados para construir experiências de ver, sentir, brincar e inventar. As visitas serão oferecidas entre quarta-feira e domingo, das 11h30 às 17h, a cada 30 minutos. Tirão duração de até 40 minutos e cada educador viajará com até 10 crianças, acompanhada por pelo menos 1 responsável.   Viagem na nave – Atividades propostas pelos educadores, que serão desenvolvidas no Foguete, entre as demais atividades (oficinas, visitas, espetáculos), visando criar um ambiente de trocas, experiências e aprendizados unindo crianças e adultos.  Nestes espaços serão realizadas ações de desenho, jogos, dobraduras e origamis e criação de histórias que os façam conhecer seres e mundos reais e imaginados. As ações de ativação acontecerão de quarta-feira a domingo, das 11h às 17h30, a partir de um tema diário.   - Números circenses – às 12h30 e às 17h30   Oficinas Gratuitas   Oficina de comicidade (de 4 a 10 anos) – Dia 04 de agosto, das 14h às 16h; dia 10 de agosto, das 11h às 13h; dia 17 de agosto, das 11h às 13h; e dia 19 de agosto, das 11h às 13h.   - Oficina Pequenos Inventores de Novas Danças (4 a 6 anos) – Dias 05, 14 e 20 de agosto, das 14h às 16h.   Oficina do Espaço Sensorial (1 a 3 anos) – Dia 06 de agosto, das 14h às 15h30; dia 07 de agosto, das 14h às 15h30; dia 13 de agosto, das 14h às 15h30; e dia 20 de agosto, das 14h às 15h30.   Oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades (7 a 11 anos) - Dias 10,11, 12, 17, 18 e 19 de agosto, das 14h às 16h;   Oficina Circo em Família (4 a 10 anos) - Dias 20 e 21 de agosto, das 11h às 13h;         Espetáculos   Esquecimento Global Dias 06 e 07 de agosto às 11h30   Mix Dux Dias 13 e 14 de agosto às 11h30   Clique aqui para conferir o resumo de toda a programação da Ocupação Sendo Criança. :)  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Ocupaþªo-Sendo-Crianþa-33-Carol-Cony-1.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[ESTAÇÃO DE FÉRIAS | CYBERCULTURA E OLIMPÍADAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12436 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12436 CYBERCULTURA E OLIMPÍADAS Você já gravou um vídeo? Já apareceu na televisão e foi “estrela por um dia”?  É um youtuber? Publica sempre no Snapchat? Com o avanço tecnológico e o barateamento de instrumentos que captam, gravam, transmitem e produzem mídias, tal ato se tornou corriqueiro no nosso cotidiano. Venha gravar seu vídeo com a temática “Cidade Olímpica”.   Dias 26, sexta,  e 31 de agosto,  quarta, 15h Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/cameraescura-230x202.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[FILHOTE DE CRUZ CREDO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12277 Texto: Fabrício Carpinejar Idealização e Adaptação: Eduardo Katz Direção Artística: Isaac Bernat Elenco: Eduardo Katz, Priscila Assum e João Lucas Romero   Espetáculo infanto-juvenil que conta a história do bullying sofrido pelo escritor Fabrício Carpinejar na sua infância. Como ele era fisicamente muito feio, convivia com todo tipo de apelidos e piadas, que o tornaram um menino triste e solitário.  Mas o pequeno Fabrício consegue virar o jogo quando passa a ter senso de humor e a brincar com a sua condição, tornando-se querido por todos. A trilha sonora é uma tremenda seleção de músicas do repertório de Erasmo Carlos.   De 10 de julho a 25 de setembro Sábado e domingo, 16h | Nível 7 *No dia 24/09, a sessão será às 14h. Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/06/G132487.jpg <![CDATA[Jam no MAM (BA)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=10017 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=10017 Local: Área externa do MAM – Museu de Arte Moderna (Av. Contorno, s/n), Salvador (BA).]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/07/JAM_no_MAM_foto_palco_Ligia_Rizerio.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 Curadoria: Batman Zavareze O Festival Multiplicidade comemora 12 anos de realizações ocupando pela primeira vez na sua história todas as áreas expositivas do Oi Futuro Flamengo, com a mostra MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS. Seguindo os passos da ANTEVISÃO, o Festival continua no ano imaginário de 2025, enxergando os futuros possíveis e estendendo os olhares para a revisão da relação entre público, arte e tecnologia com indisciplinadas doses poéticas. Artistas, nacionais e internacionais, estão programados nas galerias e no teatro. O destaque é o francês Joanie Lemercier, focado principalmente em projeções de luz no espaço e seu impacto sobre a nossa percepção, e que apresenta o trabalho “Volcano”. A exposição integra o Passaporte Cultural para os Jogos Olímpicos Rio 2016.     No dia 7 de setembro o FESTIVAL MULTIPLICIDADE ocupa um novo espaço, o Aterro do Flamengo [11h às 16h], e o Oi Futuro Flamengo [11h às 22h].     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     PICNIC ATERRO DO FLAMENGO | 11h às 16h   11h às 13h – Satta_Performance sonora http://goo.gl/lHL9ZS   11h às 14h – Regina Café_Oficina de percussão . Até 50 pessoas . Não é necessário inscrição para participar. Só chegar! . Os instrumentos construídos na oficina poderão ser levados pelos participantes.   11h30 – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   13h às 14h – Negalê e o violinista William Doyle_Performance sonora   14h Camila Rocha_Oficina e performance de bambolês com . De 20 a 30 pessoas . Não é necessário inscrição para participar . Os bambolês usados na oficina, não poderão ser levados pelos participantes.   14h às 15h – Marcelinho da Lua_Performance sonora   15h às 15h30 – Os Ritmistas_show   15h30 às 16h30 – SIRI_Performance sonora   16h – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   16h – Fanfarra Black Club_Batucada     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - ÁREA EXTERNA | 11h00 as 22h00   11h às 14h – Mixtape   14h às 16h – Calbuque_Performance sonora http://goo.gl/k2bK4E   16h às 17h30 - Heikki Eiden (ALE)_Performance sonora   17h30 às 19h > Chief Boima (Kondi Band) / (EUA)_Performance sonora http://goo.gl/V36WXp   20h às 22h > Estreia da Serie Multiplicidade no Canal Brasil + Debate   O MULTIPLICIDADE revisita seu acervo, conversa com figuras emblemáticas da vida digital e estreia no dia 7 de setembro uma série de 10 episódios no Canal Brasil. A série, com 15 minutos de duração em cada episódio, realiza uma versão televisiva do festival. Direção: Bebeto Abrantes e Batman Zavareze Apresentação: Batman Zavareze Participação Especial: Arnaldo Antunes Produção e Realização: 27+1 > EPISÓDIOS QUE SERÃO EXIBIDOS: . TUDO É TELA . O FUTURO DA TECNOLOGIA . DETOX DIGITAL Em seguida debate com Ronaldo Lemos e Marcello Dantas com mediação de Bebeto Abrantes. Teaser do programa: https://vimeo.com/178796356     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO – EXPOSIÇÃO ERRAR/ TERREO/GALERIAS 1, 2 e 3 | 11h às 22h   BIBLIOTEC | Glitchados – Criação coletiva dos alunos da Oi Kabum! Rio: Eloi Leones, João Vitor da Silva, Kareym Assis e Robson Alves GALERIA 1 | Chão de Telhas – Letícia, André, Júlio Parente GALERIA 2 | EYJAFJALLAJÖKULL – Joanie Lemercier (FRA) GALERIA 2 | Acerto – Hermeto Pascoal + Pablo Ribeiro GALERIA 3 | Jardim do Joaquim – Tomás Ribas     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - TEATRO   19h às 20h | Marcelo Yuka + Daniela Dacorso_Peformance AV   20h30 às 21h30 | Chassol (FRA)_Peformance AV     Endereço: Oi Futuro no Flamengo Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo Valor: Gratuito Classificação etária: Livre Tel. (21) 3131-3060   Programação do teatro Valor: Gratuito Retirada da senha: 30 min antes na bilheteria do Oi Futuro Flamengo Lotação: 63 pessoas Classificação etária: Livre   Picnic - Aterro do Flamengo Quiosque Zero Nove Prox. Av. Infante Dom Henrique, 10 - Flamengo Banheiros no local Valor: Gratuito Classificação etária: Livre     *** Em caso de chuva as atividades do Picnic - Aterro do Flamengo serão transferidas para o dia 11 de setembro de 2016.         Veja como foi o processo de construção da obra  Eyjafjallajökull, de Joanie Lemercier, no Oi Futuro Flamengo:           +infos: www.youtube.com/multiplicidade www.facebook.com/multiplicidade www.twitter.com/multiplicidade_ www.flickr.com/photos/multiplicidade_inusitados/ www.instagram.com/festivalmultiplicidade www.multiplicidade.com/blog/ www.multiplicidade.com Manifesto: bit.ly/Multi2025_Ano20       Até 11 de setembro Terça a domingo, das 11h às 20h  Níveis 4 e 5, Vitrais, Térreo e Teatro Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Obra-de-Joanie-Lemercier_EYJAFJALLAJ+ûKULL_IKA1764-1.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[TEATRO EM MOVIMENTO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 Coordenação: Rubim Produções Criado há 15 anos, o projeto Teatro em Movimento consolidou-se no meio artístico e cultural como uma das mais importantes iniciativas de fomento às artes cênicas em Minas Gerais. Veja os espetáculos que chegam ao Oi Futuro Flamengo.   Dias  2, 3 e 4 de setembro, sexta, sábado e domingo, 20h “IGNORÂNCIA” – Grupo QuatrolosCinco Direção e Dramaturgia: Marcos Coletta e Assis Benevenuto Classificação etária: 14 anos   Dias 8 e 9 de setembro, quinta, 20h e sexta, 19h  “ANTES DO SILÊNCIO” Direção: Eid Ribeiro Classificação etária: 14 anos   Dias 13 e 14 de setembro, terça e quarta, 20h  “DOIDA” Direção: Inês Peixoto Dramaturgia: João Santos Classificação etária: 12 anos    Nível 7 | Entrada: R$ 30,00]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_TeatroEmMovimento-AntesDoSilencio.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[OCUPAÇÃO SENDO CRIANÇA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 Ocupação Sendo Criança, no centro cultural no Flamengo, patrocinado pela Oi, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, com apoio cultural do Oi Futuro. Com concepção, curadoria e direção geral de Valéria Martins, o projeto oferece programação infantil de qualidade durante as férias escolares. Originalmente dedicado para crianças de 04 a 10 anos, a Ocupação Sendo Criança amplia seu público nessa edição e realiza atividades para a primeira infância (0-3 anos).   O projeto teve um grande retorno em sua primeira edição, atingindo 10.640 pessoas, recorde de público no Oi Futuro no Flamengo, estimulando uma segunda edição.   A Ocupação Sendo Criança 2016 vai transformar o Oi Futuro Flamengo em uma galáxia cheia de estações, planetas e cápsulas do tempo para serem explorados pelos pequenos. Esse ano o tema principal abordará questões como: o que esperam do futuro, vida em outros planetas, meio ambiente e novos modos de sociedade. As atividades da Ocupação contemplam visitas-descoberta, espetáculos teatrais e circenses, oficinas de dança, sonoridades e circo. O projeto este ano ampliará sua faixa etária oferecendo atividades para a primeira infância incluindo um espaço para bebês e uma oficina totalmente voltada para essa faixa. Todos os dias o espaço aéreo do Oi Futuro também será ocupado com apresentação de dois números de acrobacia.   “Chegar a uma segunda edição é um grande prazer e desafio, especialmente inseridos no momento atual onde as crianças estão cada vez mais sendo afetadas pelos fatos que a rodeiam. Por isso a escolha desse tema, trazendo em forma de brincadeiras uma discussão positiva sobre o futuro que queremos. Que chegue logo a ‘hora do recreio’!”, afirma Valéria Martins.   Como a Ocupação acontece durante as Olimpíadas, os pequenos serão acolhidos e poderão experimentar e aprender através das visitas e atividades educativas realizadas por educadores bilíngues. Além das visitas e atividades, um astronauta e um marciano circularão pelo centro cultural interagindo com as crianças. No térreo, as crianças e seus responsáveis serão convidados para atividades lúdicas, oficinas e experiências de interação dentro de um Foguete. A partir dele iniciarão o circuito espacial, indo a diferentes estações: Estação Mundo NovoEstação Universo Paralelo, Túnel do Tempo Planeta Bebê.   Na Estação Mundo Novo as crianças através de adereços, objetos e vestimentas se transportarão para outros mundos. Na Estação Universo Paralelo os pequenos encontram um ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas que provocam a ideia de outro planeta. Já no Túnel do Tempo, imagens de futuros imaginados, passados remotos e outros nem tanto assim... E o Planeta Bebê é um espaço dedicado especialmente para os exploradores mirins, desde bebês até a primeira infância.   Na grade de oficinas, Fábio Freitas e Shirley Britto apresentam a Oficina de comicidade, Flávia Costa traz a oficina Pequenos Inventores de Novas Danças, que mistura sonoridades com coreografias; a atriz e artista visual Kika Motta realiza a oficina Espaço Sensorial, destinada para crianças entre 1 e 3 anos; Lívia Diniz ministra a oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades, onde os pequenos criarão uma rádio e uma novela com suas próprias histórias; Maria Angélica Gomes, do Teatro de Anônimo, participa com a oficina Circo em Família, onde as crianças e seus responsáveis mergulharão juntos no mundo circense.   O teatro também marca presença na Ocupação! O Circo Dux traz o espetáculo Mix Dux. A apresentação é composta por uma seleção dos melhores números do repertório do duo, criados e experimentados ao longo dos 10 anos de carreira. Em Esquecimento Global, o palhaço Dudu, um dos fundadores da Intrépida Trupe e dos Irmãos Brothers, aborda de forma divertida temas adultos como sustentabilidade e meio ambiente.   Já o programa de visitas e atividades educativas, conta com a assessoria pedagógica da educadora e pesquisadora Gleyce Kelly Heitor.   A ambientação cenográfica assinada por Mina Quental em parceria com Valéria Martins segue a proposta lúdica e de interatividade do projeto, dialogando com a arquitetura e programação do Instituto. O objetivo é levar as crianças a se relacionarem com o espaço físico, se apropriando de todo o Centro Cultural.     “É com grande entusiasmo que o Oi Futuro recebe pela segunda vez a Ocupação Sendo Criança, pois o projeto amplia a participação do público infantil no Centro Cultural para além dos espetáculos. Dessa forma, o Oi Futuro reforça seu posicionamento de democratização da cultura, facilitando o contato das crianças com o meio cultural e formando desde cedo novas plateias, uma das diretrizes do instituto de responsabilidade social da Oi”, afirma Roberto Guimarães, gestor cultural do Oi Futuro.   Sobre a idealizadora da Ocupação Sendo Criança Valéria Martins Valéria Martins atua há 32 anos na área da cultura com consolidada carreira em linguagem de movimento e projetos multidisciplinares. Fez parte da direção da Intrépida Trupe e há 7 anos desenvolve uma pesquisa cênica unindo acrobatas, bailarinos e atores a obras de arte. Os resultados circularam por locais significativos da cidade do Rio de Janeiro, assim como do Brasil; Projeto Coleções, Coleções em campo e Zona de Lançamento em suas temporadas foram vistos por mais de 20 mil pessoas de diferentes condições sociais, faixas etárias e interesses de vida.   Circuito Espacial – Espaços   Estação Mundo Novo - as crianças poderão colocar adereços, objetos, vestimentas e se transportarão a outros mundos. O que acontece nesses mundos? Como é a vida neles? Humanos habitam neles? Como se relacionam? Essas e outras perguntas serão estimuladas pelos educadores que trocarão valores atuais e projeções de futuro, vistas pelo olhar de uma criança.   Estação Universo Paralelo - Ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas provocando a ideia de outro planeta. Onde estamos? Como é esse planeta? Como cuidam dele?   Túnel do Tempo - Túnel com imagens de passados remotos, outros nem tanto assim e futuros imaginados.   Planeta Bebê - Espaço dedicado a bebês e primeira infância.   SERVIÇO Ocupação Sendo Criança De 04 a 21 de agosto Local: Oi Futuro Flamengo Preço ingresso espetáculos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)* Oficinas e visitação: GRÁTIS *Os espetáculos Mix Dux e Esquecimento Global serão as únicas atividades pagas, mas podem ter seu ingresso trocado por livros infantis, que serão doados para a Instituição NAPEC, do Instituto Fernandes Figueira.   Endereço: R. Dois de Dezembro, 63 - Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 22220-040 Telefone: (21) 3131-3060   Como participar das oficinas - Os interessados devem enviar um e-mail para: ocupacaosendocrianca@gmail.com informando qual oficina e a idade da criança que irá participar. As inscrições serão confirmadas por e-mail. Vagas limitadas   Visita Descoberta – Percursos pelas estações Mundo Novo, Universo Paralelo e Túnel do Tempo com o objetivo de transformar crianças e adultos em descobridores, que irão percorrer mundos imaginados para construir experiências de ver, sentir, brincar e inventar. As visitas serão oferecidas entre quarta-feira e domingo, das 11h30 às 17h, a cada 30 minutos. Tirão duração de até 40 minutos e cada educador viajará com até 10 crianças, acompanhada por pelo menos 1 responsável.   Viagem na nave – Atividades propostas pelos educadores, que serão desenvolvidas no Foguete, entre as demais atividades (oficinas, visitas, espetáculos), visando criar um ambiente de trocas, experiências e aprendizados unindo crianças e adultos.  Nestes espaços serão realizadas ações de desenho, jogos, dobraduras e origamis e criação de histórias que os façam conhecer seres e mundos reais e imaginados. As ações de ativação acontecerão de quarta-feira a domingo, das 11h às 17h30, a partir de um tema diário.   - Números circenses – às 12h30 e às 17h30   Oficinas Gratuitas   Oficina de comicidade (de 4 a 10 anos) – Dia 04 de agosto, das 14h às 16h; dia 10 de agosto, das 11h às 13h; dia 17 de agosto, das 11h às 13h; e dia 19 de agosto, das 11h às 13h.   - Oficina Pequenos Inventores de Novas Danças (4 a 6 anos) – Dias 05, 14 e 20 de agosto, das 14h às 16h.   Oficina do Espaço Sensorial (1 a 3 anos) – Dia 06 de agosto, das 14h às 15h30; dia 07 de agosto, das 14h às 15h30; dia 13 de agosto, das 14h às 15h30; e dia 20 de agosto, das 14h às 15h30.   Oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades (7 a 11 anos) - Dias 10,11, 12, 17, 18 e 19 de agosto, das 14h às 16h;   Oficina Circo em Família (4 a 10 anos) - Dias 20 e 21 de agosto, das 11h às 13h;         Espetáculos   Esquecimento Global Dias 06 e 07 de agosto às 11h30   Mix Dux Dias 13 e 14 de agosto às 11h30   Clique aqui para conferir o resumo de toda a programação da Ocupação Sendo Criança. :)  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Ocupaþªo-Sendo-Crianþa-33-Carol-Cony-1.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[FESTIVAL TRANSBORDA (MG)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12448 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12448 Local: Belo Horizonte (MG) Quando: 22 a 28 de agosto]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/transborda.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[ESTAÇÃO DE FÉRIAS | CYBERCULTURA E OLIMPÍADAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12436 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12436 CYBERCULTURA E OLIMPÍADAS Você já gravou um vídeo? Já apareceu na televisão e foi “estrela por um dia”?  É um youtuber? Publica sempre no Snapchat? Com o avanço tecnológico e o barateamento de instrumentos que captam, gravam, transmitem e produzem mídias, tal ato se tornou corriqueiro no nosso cotidiano. Venha gravar seu vídeo com a temática “Cidade Olímpica”.   Dias 26, sexta,  e 31 de agosto,  quarta, 15h Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/cameraescura-230x202.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 Curadoria: Batman Zavareze O Festival Multiplicidade comemora 12 anos de realizações ocupando pela primeira vez na sua história todas as áreas expositivas do Oi Futuro Flamengo, com a mostra MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS. Seguindo os passos da ANTEVISÃO, o Festival continua no ano imaginário de 2025, enxergando os futuros possíveis e estendendo os olhares para a revisão da relação entre público, arte e tecnologia com indisciplinadas doses poéticas. Artistas, nacionais e internacionais, estão programados nas galerias e no teatro. O destaque é o francês Joanie Lemercier, focado principalmente em projeções de luz no espaço e seu impacto sobre a nossa percepção, e que apresenta o trabalho “Volcano”. A exposição integra o Passaporte Cultural para os Jogos Olímpicos Rio 2016.     No dia 7 de setembro o FESTIVAL MULTIPLICIDADE ocupa um novo espaço, o Aterro do Flamengo [11h às 16h], e o Oi Futuro Flamengo [11h às 22h].     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     PICNIC ATERRO DO FLAMENGO | 11h às 16h   11h às 13h – Satta_Performance sonora http://goo.gl/lHL9ZS   11h às 14h – Regina Café_Oficina de percussão . Até 50 pessoas . Não é necessário inscrição para participar. Só chegar! . Os instrumentos construídos na oficina poderão ser levados pelos participantes.   11h30 – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   13h às 14h – Negalê e o violinista William Doyle_Performance sonora   14h Camila Rocha_Oficina e performance de bambolês com . De 20 a 30 pessoas . Não é necessário inscrição para participar . Os bambolês usados na oficina, não poderão ser levados pelos participantes.   14h às 15h – Marcelinho da Lua_Performance sonora   15h às 15h30 – Os Ritmistas_show   15h30 às 16h30 – SIRI_Performance sonora   16h – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   16h – Fanfarra Black Club_Batucada     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - ÁREA EXTERNA | 11h00 as 22h00   11h às 14h – Mixtape   14h às 16h – Calbuque_Performance sonora http://goo.gl/k2bK4E   16h às 17h30 - Heikki Eiden (ALE)_Performance sonora   17h30 às 19h > Chief Boima (Kondi Band) / (EUA)_Performance sonora http://goo.gl/V36WXp   20h às 22h > Estreia da Serie Multiplicidade no Canal Brasil + Debate   O MULTIPLICIDADE revisita seu acervo, conversa com figuras emblemáticas da vida digital e estreia no dia 7 de setembro uma série de 10 episódios no Canal Brasil. A série, com 15 minutos de duração em cada episódio, realiza uma versão televisiva do festival. Direção: Bebeto Abrantes e Batman Zavareze Apresentação: Batman Zavareze Participação Especial: Arnaldo Antunes Produção e Realização: 27+1 > EPISÓDIOS QUE SERÃO EXIBIDOS: . TUDO É TELA . O FUTURO DA TECNOLOGIA . DETOX DIGITAL Em seguida debate com Ronaldo Lemos e Marcello Dantas com mediação de Bebeto Abrantes. Teaser do programa: https://vimeo.com/178796356     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO – EXPOSIÇÃO ERRAR/ TERREO/GALERIAS 1, 2 e 3 | 11h às 22h   BIBLIOTEC | Glitchados – Criação coletiva dos alunos da Oi Kabum! Rio: Eloi Leones, João Vitor da Silva, Kareym Assis e Robson Alves GALERIA 1 | Chão de Telhas – Letícia, André, Júlio Parente GALERIA 2 | EYJAFJALLAJÖKULL – Joanie Lemercier (FRA) GALERIA 2 | Acerto – Hermeto Pascoal + Pablo Ribeiro GALERIA 3 | Jardim do Joaquim – Tomás Ribas     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - TEATRO   19h às 20h | Marcelo Yuka + Daniela Dacorso_Peformance AV   20h30 às 21h30 | Chassol (FRA)_Peformance AV     Endereço: Oi Futuro no Flamengo Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo Valor: Gratuito Classificação etária: Livre Tel. (21) 3131-3060   Programação do teatro Valor: Gratuito Retirada da senha: 30 min antes na bilheteria do Oi Futuro Flamengo Lotação: 63 pessoas Classificação etária: Livre   Picnic - Aterro do Flamengo Quiosque Zero Nove Prox. Av. Infante Dom Henrique, 10 - Flamengo Banheiros no local Valor: Gratuito Classificação etária: Livre     *** Em caso de chuva as atividades do Picnic - Aterro do Flamengo serão transferidas para o dia 11 de setembro de 2016.         Veja como foi o processo de construção da obra  Eyjafjallajökull, de Joanie Lemercier, no Oi Futuro Flamengo:           +infos: www.youtube.com/multiplicidade www.facebook.com/multiplicidade www.twitter.com/multiplicidade_ www.flickr.com/photos/multiplicidade_inusitados/ www.instagram.com/festivalmultiplicidade www.multiplicidade.com/blog/ www.multiplicidade.com Manifesto: bit.ly/Multi2025_Ano20       Até 11 de setembro Terça a domingo, das 11h às 20h  Níveis 4 e 5, Vitrais, Térreo e Teatro Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Obra-de-Joanie-Lemercier_EYJAFJALLAJ+ûKULL_IKA1764-1.jpg <![CDATA[Transborda]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12512 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12512 Realização: Coletivo Pegada O festival, que acontece em Belo Horizonte desde 2010, dá seus primeiros passos além da capital mineira e aporta no Oi Futuro Ipanema. A ideia do Transborda é conectar o público a uma vitrine da música brasileira contemporânea.   Dia 1º de setembro, quinta-feira: IAN RAMIL (RS) Vencedor do Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), em 2014, na categoria Revelação, o cantor e compositor entrou em quase todas as listas nacionais e internacionais de melhores discos do ano, com o álbum “Derivacivilização”.   NOBAT (MG) Depois de se apresentar em diversas cidades do Brasil, o cantor e compositor belo-horizontino lança na internet “O Novato”, com elogios em jornais como Folha de São Paulo e Estado de Minas e na revista Rolling Stones.     Dia 2 de setembro, sexta-feira: GORDURATRANS (RJ) Duo carioca de shoegaze e noise rock, com letras em português, formado em 2015 por Felipe Aguiar (guitarra e voz) e Luiz Felipe Marinho (bateria e voz). O disco de estreia, "repertório infindável de dolorosas piadas", ganhou destaque na imprensa musical.   VIOLINS (GO) Nascida há 15 anos, é uma das bandas independentes mais produtivas e respeitadas do cenário nacional. Seu trabalho tem uma preocupação melódica e lírica, com influências que vão de Beatles e Beach Boys até o rock moderno, passando pela música brasileira.     Quinta e sexta, 20h30 | Teatro Entrada franca | Classificação etária: 14 anos *Distribuição de senhas 30 minutos antes]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_Transborda-IanRamil.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[TEATRO EM MOVIMENTO]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12530 Coordenação: Rubim Produções Criado há 15 anos, o projeto Teatro em Movimento consolidou-se no meio artístico e cultural como uma das mais importantes iniciativas de fomento às artes cênicas em Minas Gerais. Veja os espetáculos que chegam ao Oi Futuro Flamengo.   Dias  2, 3 e 4 de setembro, sexta, sábado e domingo, 20h “IGNORÂNCIA” – Grupo QuatrolosCinco Direção e Dramaturgia: Marcos Coletta e Assis Benevenuto Classificação etária: 14 anos   Dias 8 e 9 de setembro, quinta, 20h e sexta, 19h  “ANTES DO SILÊNCIO” Direção: Eid Ribeiro Classificação etária: 14 anos   Dias 13 e 14 de setembro, terça e quarta, 20h  “DOIDA” Direção: Inês Peixoto Dramaturgia: João Santos Classificação etária: 12 anos    Nível 7 | Entrada: R$ 30,00]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_TeatroEmMovimento-AntesDoSilencio.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[FESTIVAL TRANSBORDA (MG)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12448 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12448 Local: Belo Horizonte (MG) Quando: 22 a 28 de agosto]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/transborda.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[Jam no MAM (BA)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=10017 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=10017 Local: Área externa do MAM – Museu de Arte Moderna (Av. Contorno, s/n), Salvador (BA).]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/07/JAM_no_MAM_foto_palco_Ligia_Rizerio.jpg <![CDATA[A REUNIFICAÇÃO DAS DUAS COREIAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12090 Texto: Joël Pommerat Direção: João Fonseca Elenco: Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Marcelo Valle, Gustavo Machado, Veronica Debom e Reiner Tenente   Inédito no Brasil, o texto do premiado dramaturgo e diretor francês Joël Pommerat, um dos maiores nomes do teatro contemporâneo, é composto por  20 histórias que vão se sucedendo e atravessam as mais diversas e intensas formas de amar. Uma galeria de 46 personagens formando um mosaico que tem no amor o ponto em comum. Contos curtos que trazem embutido em seu núcleo a fórmula emocional da qual nenhum ser humano escapa, já que cada um tem sua própria relação com esse sentimento. De 24 de junho a 28 de agosto * Não haverá peça no dia 5/08 (sexta-feita) em virtude da abertura das Olimpíadas Rio 2016 *Haverá sessão EXTRA no dia 24/08, também às 20h,  com a participação de Leticia Isnard no lugar de Louise Cardoso Quinta a domingo, 20h | Nível 7 Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 12 anos]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/reunificacao.jpg <![CDATA[OCUPAÇÃO SENDO CRIANÇA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 Ocupação Sendo Criança, no centro cultural no Flamengo, patrocinado pela Oi, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, com apoio cultural do Oi Futuro. Com concepção, curadoria e direção geral de Valéria Martins, o projeto oferece programação infantil de qualidade durante as férias escolares. Originalmente dedicado para crianças de 04 a 10 anos, a Ocupação Sendo Criança amplia seu público nessa edição e realiza atividades para a primeira infância (0-3 anos).   O projeto teve um grande retorno em sua primeira edição, atingindo 10.640 pessoas, recorde de público no Oi Futuro no Flamengo, estimulando uma segunda edição.   A Ocupação Sendo Criança 2016 vai transformar o Oi Futuro Flamengo em uma galáxia cheia de estações, planetas e cápsulas do tempo para serem explorados pelos pequenos. Esse ano o tema principal abordará questões como: o que esperam do futuro, vida em outros planetas, meio ambiente e novos modos de sociedade. As atividades da Ocupação contemplam visitas-descoberta, espetáculos teatrais e circenses, oficinas de dança, sonoridades e circo. O projeto este ano ampliará sua faixa etária oferecendo atividades para a primeira infância incluindo um espaço para bebês e uma oficina totalmente voltada para essa faixa. Todos os dias o espaço aéreo do Oi Futuro também será ocupado com apresentação de dois números de acrobacia.   “Chegar a uma segunda edição é um grande prazer e desafio, especialmente inseridos no momento atual onde as crianças estão cada vez mais sendo afetadas pelos fatos que a rodeiam. Por isso a escolha desse tema, trazendo em forma de brincadeiras uma discussão positiva sobre o futuro que queremos. Que chegue logo a ‘hora do recreio’!”, afirma Valéria Martins.   Como a Ocupação acontece durante as Olimpíadas, os pequenos serão acolhidos e poderão experimentar e aprender através das visitas e atividades educativas realizadas por educadores bilíngues. Além das visitas e atividades, um astronauta e um marciano circularão pelo centro cultural interagindo com as crianças. No térreo, as crianças e seus responsáveis serão convidados para atividades lúdicas, oficinas e experiências de interação dentro de um Foguete. A partir dele iniciarão o circuito espacial, indo a diferentes estações: Estação Mundo NovoEstação Universo Paralelo, Túnel do Tempo Planeta Bebê.   Na Estação Mundo Novo as crianças através de adereços, objetos e vestimentas se transportarão para outros mundos. Na Estação Universo Paralelo os pequenos encontram um ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas que provocam a ideia de outro planeta. Já no Túnel do Tempo, imagens de futuros imaginados, passados remotos e outros nem tanto assim... E o Planeta Bebê é um espaço dedicado especialmente para os exploradores mirins, desde bebês até a primeira infância.   Na grade de oficinas, Fábio Freitas e Shirley Britto apresentam a Oficina de comicidade, Flávia Costa traz a oficina Pequenos Inventores de Novas Danças, que mistura sonoridades com coreografias; a atriz e artista visual Kika Motta realiza a oficina Espaço Sensorial, destinada para crianças entre 1 e 3 anos; Lívia Diniz ministra a oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades, onde os pequenos criarão uma rádio e uma novela com suas próprias histórias; Maria Angélica Gomes, do Teatro de Anônimo, participa com a oficina Circo em Família, onde as crianças e seus responsáveis mergulharão juntos no mundo circense.   O teatro também marca presença na Ocupação! O Circo Dux traz o espetáculo Mix Dux. A apresentação é composta por uma seleção dos melhores números do repertório do duo, criados e experimentados ao longo dos 10 anos de carreira. Em Esquecimento Global, o palhaço Dudu, um dos fundadores da Intrépida Trupe e dos Irmãos Brothers, aborda de forma divertida temas adultos como sustentabilidade e meio ambiente.   Já o programa de visitas e atividades educativas, conta com a assessoria pedagógica da educadora e pesquisadora Gleyce Kelly Heitor.   A ambientação cenográfica assinada por Mina Quental em parceria com Valéria Martins segue a proposta lúdica e de interatividade do projeto, dialogando com a arquitetura e programação do Instituto. O objetivo é levar as crianças a se relacionarem com o espaço físico, se apropriando de todo o Centro Cultural.     “É com grande entusiasmo que o Oi Futuro recebe pela segunda vez a Ocupação Sendo Criança, pois o projeto amplia a participação do público infantil no Centro Cultural para além dos espetáculos. Dessa forma, o Oi Futuro reforça seu posicionamento de democratização da cultura, facilitando o contato das crianças com o meio cultural e formando desde cedo novas plateias, uma das diretrizes do instituto de responsabilidade social da Oi”, afirma Roberto Guimarães, gestor cultural do Oi Futuro.   Sobre a idealizadora da Ocupação Sendo Criança Valéria Martins Valéria Martins atua há 32 anos na área da cultura com consolidada carreira em linguagem de movimento e projetos multidisciplinares. Fez parte da direção da Intrépida Trupe e há 7 anos desenvolve uma pesquisa cênica unindo acrobatas, bailarinos e atores a obras de arte. Os resultados circularam por locais significativos da cidade do Rio de Janeiro, assim como do Brasil; Projeto Coleções, Coleções em campo e Zona de Lançamento em suas temporadas foram vistos por mais de 20 mil pessoas de diferentes condições sociais, faixas etárias e interesses de vida.   Circuito Espacial – Espaços   Estação Mundo Novo - as crianças poderão colocar adereços, objetos, vestimentas e se transportarão a outros mundos. O que acontece nesses mundos? Como é a vida neles? Humanos habitam neles? Como se relacionam? Essas e outras perguntas serão estimuladas pelos educadores que trocarão valores atuais e projeções de futuro, vistas pelo olhar de uma criança.   Estação Universo Paralelo - Ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas provocando a ideia de outro planeta. Onde estamos? Como é esse planeta? Como cuidam dele?   Túnel do Tempo - Túnel com imagens de passados remotos, outros nem tanto assim e futuros imaginados.   Planeta Bebê - Espaço dedicado a bebês e primeira infância.   SERVIÇO Ocupação Sendo Criança De 04 a 21 de agosto Local: Oi Futuro Flamengo Preço ingresso espetáculos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)* Oficinas e visitação: GRÁTIS *Os espetáculos Mix Dux e Esquecimento Global serão as únicas atividades pagas, mas podem ter seu ingresso trocado por livros infantis, que serão doados para a Instituição NAPEC, do Instituto Fernandes Figueira.   Endereço: R. Dois de Dezembro, 63 - Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 22220-040 Telefone: (21) 3131-3060   Como participar das oficinas - Os interessados devem enviar um e-mail para: ocupacaosendocrianca@gmail.com informando qual oficina e a idade da criança que irá participar. As inscrições serão confirmadas por e-mail. Vagas limitadas   Visita Descoberta – Percursos pelas estações Mundo Novo, Universo Paralelo e Túnel do Tempo com o objetivo de transformar crianças e adultos em descobridores, que irão percorrer mundos imaginados para construir experiências de ver, sentir, brincar e inventar. As visitas serão oferecidas entre quarta-feira e domingo, das 11h30 às 17h, a cada 30 minutos. Tirão duração de até 40 minutos e cada educador viajará com até 10 crianças, acompanhada por pelo menos 1 responsável.   Viagem na nave – Atividades propostas pelos educadores, que serão desenvolvidas no Foguete, entre as demais atividades (oficinas, visitas, espetáculos), visando criar um ambiente de trocas, experiências e aprendizados unindo crianças e adultos.  Nestes espaços serão realizadas ações de desenho, jogos, dobraduras e origamis e criação de histórias que os façam conhecer seres e mundos reais e imaginados. As ações de ativação acontecerão de quarta-feira a domingo, das 11h às 17h30, a partir de um tema diário.   - Números circenses – às 12h30 e às 17h30   Oficinas Gratuitas   Oficina de comicidade (de 4 a 10 anos) – Dia 04 de agosto, das 14h às 16h; dia 10 de agosto, das 11h às 13h; dia 17 de agosto, das 11h às 13h; e dia 19 de agosto, das 11h às 13h.   - Oficina Pequenos Inventores de Novas Danças (4 a 6 anos) – Dias 05, 14 e 20 de agosto, das 14h às 16h.   Oficina do Espaço Sensorial (1 a 3 anos) – Dia 06 de agosto, das 14h às 15h30; dia 07 de agosto, das 14h às 15h30; dia 13 de agosto, das 14h às 15h30; e dia 20 de agosto, das 14h às 15h30.   Oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades (7 a 11 anos) - Dias 10,11, 12, 17, 18 e 19 de agosto, das 14h às 16h;   Oficina Circo em Família (4 a 10 anos) - Dias 20 e 21 de agosto, das 11h às 13h;         Espetáculos   Esquecimento Global Dias 06 e 07 de agosto às 11h30   Mix Dux Dias 13 e 14 de agosto às 11h30   Clique aqui para conferir o resumo de toda a programação da Ocupação Sendo Criança. :)  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Ocupaþªo-Sendo-Crianþa-33-Carol-Cony-1.jpg <![CDATA[CENA CONTEMPORÂNEA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12441 Local: Brasília (DF) De 23/08 a 04/09]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Caranguejo-Overdrive_Foto-João-Júlio-Melo-2.jpg <![CDATA[ESTAÇÃO DE FÉRIAS | CYBERCULTURA E OLIMPÍADAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12436 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12436 CYBERCULTURA E OLIMPÍADAS Você já gravou um vídeo? Já apareceu na televisão e foi “estrela por um dia”?  É um youtuber? Publica sempre no Snapchat? Com o avanço tecnológico e o barateamento de instrumentos que captam, gravam, transmitem e produzem mídias, tal ato se tornou corriqueiro no nosso cotidiano. Venha gravar seu vídeo com a temática “Cidade Olímpica”.   Dias 26, sexta,  e 31 de agosto,  quarta, 15h Classificação etária: livre *Sujeito à lotação]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/cameraescura-230x202.jpg <![CDATA[LEVADA 2016]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12174 Curadoria: Jorge Lz O projeto musical, que chega à quinta temporada e propõe um mapeamento do que acontece de mais contemporâneo na música pelas diversas regiões do Brasil, já apresentou um total de 68 artistas. Em junho, mais duas atrações imperdíveis. Dias  17 e 18 de junho: VANGUART (MG) Com mais de uma década de carreira, a banda cuiabana, uma das mais importantes da nova geração da música brasileira, reuniu seus maiores sucessos no novo DVD “Muito Mais que o Amor – Ao Vivo”. No show, além das músicas deste trabalho, toca as queridinhas do público “Cachaça”, “Para Abrir os Olhos” e “Semáforo”. Serão lidas cartas por amigos, como a cantora Cida Moreira e o músico Thiago Pethit. Dias 24 e 25 de junho: JULIANO GAUCHE (ES) “Nas Estâncias de Dzyan”, título da obra homônima da escritora russa Helena Blavatsky, é o segundo disco do cantor e compositor. Começou a se apresentar aos 17 anos, tocando clássicos do rock, e foi em Vitoria que se profissionalizou, participando de inúmeros projetos, discos e festivais. Vivendo em São Paulo desde 2010. Gauche vem sendo reconhecido por sua voz peculiar e sua performance intensa e explosiva.   Dias 15 e 16 de julho: RODRIGO CAMPOS (SP) Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, tocou cavaquinho e percussão nas rodas de samba de São Mateus, periferia de São Paulo, lugar onde cresceu. Seu terceiro disco, “Conversas com Toshiro”, é uma investigação sobre a consciência oriental. Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora, como compositor, arranjador e instrumentista, com artistas de sua geração, além de lendas como Tom Zé e Elza Soares.   Dias 29 e 30 de julho: DINGO BELLS (RS)  Nos últimos anos, poucos artistas da nova música brasileira captaram tão bem o espírito de uma época quanto o Dingo Bells. Destaque do cenário de Porto  Alegre, o power trio formado por Rodrigo Fischmann (voz principal e bateria), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo) fez uma obra de canção lapidada com esmero, que une influências de jazz fusion, pop alternativo e rock psicodélico.     Dias 19 e 20 de agosto: GUI  AMABIS (SP) Se em seu primeiro trabalho autoral, o músico e produtor paulistano Gui Amabis foi buscar a ancestralidade nas “Memórias luso-africanas”, no terceiro disco, “Ruivo em Sangue”,  ele volta mais ruivo do que nunca, revelando seu lado dramático, cênico e não menos lírico. Gui está presente em inúmeras trilhas sonoras de produções nacionais e internacionais, como “Bruna Surfistinha”, “Filhos do Carnaval”, “Alice” e  “PSI”.     Dias 26 e 27 de agosto: SOFIA FREIRE (PE) Cantora, compositora e pianista de Recife, entrou para o casting do selo Joinha Records,  que tem nomes como Tibério Azul, China e Mombojó. Desde então, Sofia  tem dividido o palco e feito parcerias com o Trio Eterno, Silvério Pessoa e o gaúcho Rapha Moraes. Juntando poesia a elementos da música eletrônica e erudita e muitas camadas de voz, ela lança “Garimpo”, com uma campanha de financiamento coletivo na internet.     Dias 16 e 17 de setembro: MICHELE LEAL (MG) Natural de Itajubá, sul de Minas, é dona de uma voz doce, com interpretações que emocionam pela técnica, harmonia e simplicidade. Seu EP de estreia, “Jacarandá”, ganhou elogios da crítica.     Dias 23 e 24 de setembro: STROBO  (PA) A dupla de Belém, criada há cinco anos e formada por Leo Chermont (guitarra e efeitos) e Arthur Kunz (bateria e programações), tem três discos e se prepara para o quarto álbum, “4”, até o final do ano.     Sexta e sábado, 21h | Teatro Entrada: R$ 30,00 | Classificação etária: 14 anos *A venda começa na terça-feira da semana de cada show  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Screen-Shot-2016-08-29-at-6.03.50-PM.png <![CDATA[OS TEATROS AS ONDAS AS TEMPESTADES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12416 De: Victor Paes Curadoria: Alberto Saraiva   A exposição explora como nossas realidades são afetadas dramaticamente por nossos diálogos. Busca também algumas fundações poéticas para o teatro, para o diálogo, para o silêncio. Além de investigar algumas memórias coletivas e viscerais dos artistas, como seres que, antes de tudo, dialogam. Victor Paes é escritor, ator e editor. Publicou os livros "O óbvio dos sábios" (2007) e "Deus ex machina" (2011). Teve alguns de seus textos teatrais montados: "Os cálices do deus", no Projeto D, na Casa da Gávea; "As três Marias", no Projeto Nova Dramaturgia, no Teatro Carlos Gomes, com direção de Roberto Alvim; "Mara em um quarto", com direção de Lene Werneck, em 2008, e no Projeto Quartas-feiras Cênicas, do Centro de Estudo Artístico Experimental, de Ana Kfouri. Como ator, trabalhou em diversos espetáculos e integrou o grupo de poesia cênica "Arranjos para assobio", que se apresentou em diversos espaços, como a Fundição Progresso e o Circo Voador. Desde 2004 é um dos editores da Confraria do Vento. Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/GIF0108-OsTeatrosAsOndas.jpg <![CDATA[UM SONHO PARA MÉLIÈS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12419 Direção, Realização e Projeto Original: Flávia Lopes Dramaturgia: Aline Macedo em processo colaborativo Elenco: Aline Macedo, Caio Passos, Carla Barros, Felipe Valle, Marco dos Anjos, Márcio Nascimento, Muriel Vieira e Nina Pamplona  Direção Musical: Daniel Carneiro e Wagner Barreto O espetáculo retrata a vida do grande cineasta George Méliès e seus fantasiosos filmes, que divertem até hoje crianças e adultos. Em uma Paris imaginária do final do século XIX, a Trupe Sanzussô, que já viveu seus dias de glória, passa por dificuldades, mas Méliès, diretor da companhia, acaba de ter uma ideia que pode salvar o local e transformar o cinema em arte! Criativo e inovador, recorre pela última vez a mecenas e tenta convencê-los de que é possível conceber um filme como veículo de contos de fadas e fantasia. Ao ser chamado de lunático, tem a ideia que vai transformar a história do cinema: realizar o filme A Viagem à Lua, o maior empreendimento de sua vida.   De 6 de agosto a 25 de setembro *Não haverá peça nos dias 10 e 11/09 Sábado e domingo, 16h | Teatro Entrada: R$ 20,00 | Classificação etária: livre *As vendas começam na terça-feira da semana das apresentações *Não será permitida a entrada após o início do espetáculo  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/UmSonhoParaMelies.jpg <![CDATA[A NOVA UTOPIA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12414 De: Régis Bonvicino Curadoria: Alberto Saraiva   Poeta, tradutor, crítico de literatura e editor, o paulista Régis Bonvicino apresenta exposição baseada nos poemas de seu mais recente livro, “Estado Crítico”. Com obras publicadas no Brasil e no exterior, está prestes a lançar seu segundo livro nos Estados Unidos, “On the Other Side of the Wall: New Selected Poems”, pela Green Integer. Como editor, publicou as revistas “Poesia em Greve”, “Muda” e “Qorpo Estranho”. Como crítico, escreveu nos jornais Folha de São.Paulo, O Estado de S. Paulo, revistas Veja e Istoé e no extinto Jornal do Brasil. Participou de leituras de poesia, no âmbito internacional, em cidades como Coimbra, Santiago de Compostela, Buenos Aires, Paris, San Francisco, Los Angeles, Hong Kong, Filadélfia e Nova York.   Até  25 de setembro | Terça a domingo, 13h às 21h | Galeria 1 (primeiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/ANovaUtopia-Projecao.jpg <![CDATA[P.O.E.M.A.]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12268 Curadoria: Regina Miranda P.O.E.M.A. Percursos Organizados Entre Movimentos Aleatorios é uma instalação performática imersiva e interativa que, ao reagir ao ritmo respiratório de participantes aleatórios, cria uma experiência viva entre bailarinos e plateia, ambos imersos em uma ambientação física, que dá suporte estético à articulação entre realidade virtual, dança, música e videodança. Tendo como indicadores o ar, o corpo e a água, a performance e o ambiente se transformam de acordo com essas interações, presença e ausência se articulam como deslizes do mesmo e momentos poéticos únicos e jamais repetidos emergem desta criatividade coletiva. Idealizada, coreografada e dirigida por Regina Miranda, a instalação conta com a colaboração dos artistas internacionais Mirjana Prpa (Servia), arquiteta especializada na criação artística de ambientes de realidade virtual, Kivanç Tatar (Turquia), músico que se dedica a processos generativos de criação musical eletrônica, e reúne três intérpretes-criadoras da Companhia de Regina Miranda – Marina Salomon, Patrícia Niedermeier e Marina Magalhães – que se dedicam a pesquisas de performance interativa com Regina. Em POEMA, a composição coreográfica prevê a articulação em tempo real de dados previamente estabelecidos em 200 células coreográficas de duração variada, cujos indicadores são o ar e a água. A cenografia de Natalia Lana, os figurinos de Luiza Marcier, o vídeo de Barbara Branco e a luz de Luiz Paulo Nenen, completam a ambientação imersiva. De 19 de julho a 21 de agosto Terça a domingo, das 11h às 20h | Nível 2 e Vitrais - Térreo Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Apresenta+º+úo-de-P.O.E.M.A-de-Regina-Miranda_IKA1669-1.jpg <![CDATA[MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12270 Curadoria: Batman Zavareze O Festival Multiplicidade comemora 12 anos de realizações ocupando pela primeira vez na sua história todas as áreas expositivas do Oi Futuro Flamengo, com a mostra MULTIPLICIDADE_IMAGEM/ SOM/ INUSITADOS. Seguindo os passos da ANTEVISÃO, o Festival continua no ano imaginário de 2025, enxergando os futuros possíveis e estendendo os olhares para a revisão da relação entre público, arte e tecnologia com indisciplinadas doses poéticas. Artistas, nacionais e internacionais, estão programados nas galerias e no teatro. O destaque é o francês Joanie Lemercier, focado principalmente em projeções de luz no espaço e seu impacto sobre a nossa percepção, e que apresenta o trabalho “Volcano”. A exposição integra o Passaporte Cultural para os Jogos Olímpicos Rio 2016.     No dia 7 de setembro o FESTIVAL MULTIPLICIDADE ocupa um novo espaço, o Aterro do Flamengo [11h às 16h], e o Oi Futuro Flamengo [11h às 22h].     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     PICNIC ATERRO DO FLAMENGO | 11h às 16h   11h às 13h – Satta_Performance sonora http://goo.gl/lHL9ZS   11h às 14h – Regina Café_Oficina de percussão . Até 50 pessoas . Não é necessário inscrição para participar. Só chegar! . Os instrumentos construídos na oficina poderão ser levados pelos participantes.   11h30 – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   13h às 14h – Negalê e o violinista William Doyle_Performance sonora   14h Camila Rocha_Oficina e performance de bambolês com . De 20 a 30 pessoas . Não é necessário inscrição para participar . Os bambolês usados na oficina, não poderão ser levados pelos participantes.   14h às 15h – Marcelinho da Lua_Performance sonora   15h às 15h30 – Os Ritmistas_show   15h30 às 16h30 – SIRI_Performance sonora   16h – Franklin Cassaro_Performance com infláveis   16h – Fanfarra Black Club_Batucada     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - ÁREA EXTERNA | 11h00 as 22h00   11h às 14h – Mixtape   14h às 16h – Calbuque_Performance sonora http://goo.gl/k2bK4E   16h às 17h30 - Heikki Eiden (ALE)_Performance sonora   17h30 às 19h > Chief Boima (Kondi Band) / (EUA)_Performance sonora http://goo.gl/V36WXp   20h às 22h > Estreia da Serie Multiplicidade no Canal Brasil + Debate   O MULTIPLICIDADE revisita seu acervo, conversa com figuras emblemáticas da vida digital e estreia no dia 7 de setembro uma série de 10 episódios no Canal Brasil. A série, com 15 minutos de duração em cada episódio, realiza uma versão televisiva do festival. Direção: Bebeto Abrantes e Batman Zavareze Apresentação: Batman Zavareze Participação Especial: Arnaldo Antunes Produção e Realização: 27+1 > EPISÓDIOS QUE SERÃO EXIBIDOS: . TUDO É TELA . O FUTURO DA TECNOLOGIA . DETOX DIGITAL Em seguida debate com Ronaldo Lemos e Marcello Dantas com mediação de Bebeto Abrantes. Teaser do programa: https://vimeo.com/178796356     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO – EXPOSIÇÃO ERRAR/ TERREO/GALERIAS 1, 2 e 3 | 11h às 22h   BIBLIOTEC | Glitchados – Criação coletiva dos alunos da Oi Kabum! Rio: Eloi Leones, João Vitor da Silva, Kareym Assis e Robson Alves GALERIA 1 | Chão de Telhas – Letícia, André, Júlio Parente GALERIA 2 | EYJAFJALLAJÖKULL – Joanie Lemercier (FRA) GALERIA 2 | Acerto – Hermeto Pascoal + Pablo Ribeiro GALERIA 3 | Jardim do Joaquim – Tomás Ribas     -=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+-=+     OI FUTURO FLAMENGO - TEATRO   19h às 20h | Marcelo Yuka + Daniela Dacorso_Peformance AV   20h30 às 21h30 | Chassol (FRA)_Peformance AV     Endereço: Oi Futuro no Flamengo Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo Valor: Gratuito Classificação etária: Livre Tel. (21) 3131-3060   Programação do teatro Valor: Gratuito Retirada da senha: 30 min antes na bilheteria do Oi Futuro Flamengo Lotação: 63 pessoas Classificação etária: Livre   Picnic - Aterro do Flamengo Quiosque Zero Nove Prox. Av. Infante Dom Henrique, 10 - Flamengo Banheiros no local Valor: Gratuito Classificação etária: Livre     *** Em caso de chuva as atividades do Picnic - Aterro do Flamengo serão transferidas para o dia 11 de setembro de 2016.         Veja como foi o processo de construção da obra  Eyjafjallajökull, de Joanie Lemercier, no Oi Futuro Flamengo:           +infos: www.youtube.com/multiplicidade www.facebook.com/multiplicidade www.twitter.com/multiplicidade_ www.flickr.com/photos/multiplicidade_inusitados/ www.instagram.com/festivalmultiplicidade www.multiplicidade.com/blog/ www.multiplicidade.com Manifesto: bit.ly/Multi2025_Ano20       Até 11 de setembro Terça a domingo, das 11h às 20h  Níveis 4 e 5, Vitrais, Térreo e Teatro Entrada franca | Classificação etária: livre  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/07/Obra-de-Joanie-Lemercier_EYJAFJALLAJ+ûKULL_IKA1764-1.jpg <![CDATA[Transborda]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12512 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12512 Realização: Coletivo Pegada O festival, que acontece em Belo Horizonte desde 2010, dá seus primeiros passos além da capital mineira e aporta no Oi Futuro Ipanema. A ideia do Transborda é conectar o público a uma vitrine da música brasileira contemporânea.   Dia 1º de setembro, quinta-feira: IAN RAMIL (RS) Vencedor do Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), em 2014, na categoria Revelação, o cantor e compositor entrou em quase todas as listas nacionais e internacionais de melhores discos do ano, com o álbum “Derivacivilização”.   NOBAT (MG) Depois de se apresentar em diversas cidades do Brasil, o cantor e compositor belo-horizontino lança na internet “O Novato”, com elogios em jornais como Folha de São Paulo e Estado de Minas e na revista Rolling Stones.     Dia 2 de setembro, sexta-feira: GORDURATRANS (RJ) Duo carioca de shoegaze e noise rock, com letras em português, formado em 2015 por Felipe Aguiar (guitarra e voz) e Luiz Felipe Marinho (bateria e voz). O disco de estreia, "repertório infindável de dolorosas piadas", ganhou destaque na imprensa musical.   VIOLINS (GO) Nascida há 15 anos, é uma das bandas independentes mais produtivas e respeitadas do cenário nacional. Seu trabalho tem uma preocupação melódica e lírica, com influências que vão de Beatles e Beach Boys até o rock moderno, passando pela música brasileira.     Quinta e sexta, 20h30 | Teatro Entrada franca | Classificação etária: 14 anos *Distribuição de senhas 30 minutos antes]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/16-09_Transborda-IanRamil.jpg <![CDATA[PICTOPALAVRAS]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12073 De: Ronaldo Ferrito Curadoria: Alberto Saraiva uma palavra, antes de ser significado, é – sua letra Poeta e ensaísta carioca, Ronaldo Ferrito é o próximo convidado do Projeto Poesia Visual. O poeta inaugura sua primeira exposição individual, Pictopalavras. No total, 14 poemas serão expostos, além de outros oito gravados em áudio e vídeo pelo próprio Ferrito, com a participação do também poeta Victor Paes, integrantes da Confraria do Vento. Na abertura da exposição, haverá, na fachada do centro cultural, projeção de vídeos do artista oralizando seus poemas. Doutor em Poética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do livro de ensaio A Via Excêntrica, com o qual foi premiado com a bolsa para escritores da Fundação Biblioteca Nacional, Ronaldo Ferrito atuou também como coeditor da Revista Confraria (2006-2009) e da Editora Confraria do Vento. Foi um dos organizadores do festival de poesia e performance Cidade aTravessa: Poesia dos Lugares, evento mensal, promovido alternadamente nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Lisboa (2010-2011). Tem trabalhos publicados no Brasil e no exterior. Oi Futuro Ipanema Abertura da exposição: dia 28/05, às 19h30 De 29 de maio até 24 de julho | Terça a domingo, 13h às 21h | Galerias 1 (primeiro andar) e 2 (terceiro andar) e Vitrine Entrada franca | Classificação etária: livre]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/pictopalavras.jpg <![CDATA[MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=259 De terça a domingo, das 11h às 17h Entrada franca Classificação etária: livre   VISITAS MEDIADAS PARA GRUPOS Exploram o acervo do Museu das Telecomunicações e as Galerias de Arte de forma participativa, dialogando com a história da comunicação humana e da tecnologia. Terça a sexta, 10h, 13h e 15h, sábado, 11h Museu e Galerias Agendamento prévio pelo email programaeducativo.oifuturo@gmail.com]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/05/oi_futuro-11.jpg <![CDATA[CAFÉ BARONI]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=9392 Terça a domingo, das 11h às 20h.]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2015/05/DSC_0005.jpg <![CDATA[OCUPAÇÃO SENDO CRIANÇA]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12428 Ocupação Sendo Criança, no centro cultural no Flamengo, patrocinado pela Oi, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, com apoio cultural do Oi Futuro. Com concepção, curadoria e direção geral de Valéria Martins, o projeto oferece programação infantil de qualidade durante as férias escolares. Originalmente dedicado para crianças de 04 a 10 anos, a Ocupação Sendo Criança amplia seu público nessa edição e realiza atividades para a primeira infância (0-3 anos).   O projeto teve um grande retorno em sua primeira edição, atingindo 10.640 pessoas, recorde de público no Oi Futuro no Flamengo, estimulando uma segunda edição.   A Ocupação Sendo Criança 2016 vai transformar o Oi Futuro Flamengo em uma galáxia cheia de estações, planetas e cápsulas do tempo para serem explorados pelos pequenos. Esse ano o tema principal abordará questões como: o que esperam do futuro, vida em outros planetas, meio ambiente e novos modos de sociedade. As atividades da Ocupação contemplam visitas-descoberta, espetáculos teatrais e circenses, oficinas de dança, sonoridades e circo. O projeto este ano ampliará sua faixa etária oferecendo atividades para a primeira infância incluindo um espaço para bebês e uma oficina totalmente voltada para essa faixa. Todos os dias o espaço aéreo do Oi Futuro também será ocupado com apresentação de dois números de acrobacia.   “Chegar a uma segunda edição é um grande prazer e desafio, especialmente inseridos no momento atual onde as crianças estão cada vez mais sendo afetadas pelos fatos que a rodeiam. Por isso a escolha desse tema, trazendo em forma de brincadeiras uma discussão positiva sobre o futuro que queremos. Que chegue logo a ‘hora do recreio’!”, afirma Valéria Martins.   Como a Ocupação acontece durante as Olimpíadas, os pequenos serão acolhidos e poderão experimentar e aprender através das visitas e atividades educativas realizadas por educadores bilíngues. Além das visitas e atividades, um astronauta e um marciano circularão pelo centro cultural interagindo com as crianças. No térreo, as crianças e seus responsáveis serão convidados para atividades lúdicas, oficinas e experiências de interação dentro de um Foguete. A partir dele iniciarão o circuito espacial, indo a diferentes estações: Estação Mundo NovoEstação Universo Paralelo, Túnel do Tempo Planeta Bebê.   Na Estação Mundo Novo as crianças através de adereços, objetos e vestimentas se transportarão para outros mundos. Na Estação Universo Paralelo os pequenos encontram um ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas que provocam a ideia de outro planeta. Já no Túnel do Tempo, imagens de futuros imaginados, passados remotos e outros nem tanto assim... E o Planeta Bebê é um espaço dedicado especialmente para os exploradores mirins, desde bebês até a primeira infância.   Na grade de oficinas, Fábio Freitas e Shirley Britto apresentam a Oficina de comicidade, Flávia Costa traz a oficina Pequenos Inventores de Novas Danças, que mistura sonoridades com coreografias; a atriz e artista visual Kika Motta realiza a oficina Espaço Sensorial, destinada para crianças entre 1 e 3 anos; Lívia Diniz ministra a oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades, onde os pequenos criarão uma rádio e uma novela com suas próprias histórias; Maria Angélica Gomes, do Teatro de Anônimo, participa com a oficina Circo em Família, onde as crianças e seus responsáveis mergulharão juntos no mundo circense.   O teatro também marca presença na Ocupação! O Circo Dux traz o espetáculo Mix Dux. A apresentação é composta por uma seleção dos melhores números do repertório do duo, criados e experimentados ao longo dos 10 anos de carreira. Em Esquecimento Global, o palhaço Dudu, um dos fundadores da Intrépida Trupe e dos Irmãos Brothers, aborda de forma divertida temas adultos como sustentabilidade e meio ambiente.   Já o programa de visitas e atividades educativas, conta com a assessoria pedagógica da educadora e pesquisadora Gleyce Kelly Heitor.   A ambientação cenográfica assinada por Mina Quental em parceria com Valéria Martins segue a proposta lúdica e de interatividade do projeto, dialogando com a arquitetura e programação do Instituto. O objetivo é levar as crianças a se relacionarem com o espaço físico, se apropriando de todo o Centro Cultural.     “É com grande entusiasmo que o Oi Futuro recebe pela segunda vez a Ocupação Sendo Criança, pois o projeto amplia a participação do público infantil no Centro Cultural para além dos espetáculos. Dessa forma, o Oi Futuro reforça seu posicionamento de democratização da cultura, facilitando o contato das crianças com o meio cultural e formando desde cedo novas plateias, uma das diretrizes do instituto de responsabilidade social da Oi”, afirma Roberto Guimarães, gestor cultural do Oi Futuro.   Sobre a idealizadora da Ocupação Sendo Criança Valéria Martins Valéria Martins atua há 32 anos na área da cultura com consolidada carreira em linguagem de movimento e projetos multidisciplinares. Fez parte da direção da Intrépida Trupe e há 7 anos desenvolve uma pesquisa cênica unindo acrobatas, bailarinos e atores a obras de arte. Os resultados circularam por locais significativos da cidade do Rio de Janeiro, assim como do Brasil; Projeto Coleções, Coleções em campo e Zona de Lançamento em suas temporadas foram vistos por mais de 20 mil pessoas de diferentes condições sociais, faixas etárias e interesses de vida.   Circuito Espacial – Espaços   Estação Mundo Novo - as crianças poderão colocar adereços, objetos, vestimentas e se transportarão a outros mundos. O que acontece nesses mundos? Como é a vida neles? Humanos habitam neles? Como se relacionam? Essas e outras perguntas serão estimuladas pelos educadores que trocarão valores atuais e projeções de futuro, vistas pelo olhar de uma criança.   Estação Universo Paralelo - Ambiente sensorial com espelhos, luzes e texturas provocando a ideia de outro planeta. Onde estamos? Como é esse planeta? Como cuidam dele?   Túnel do Tempo - Túnel com imagens de passados remotos, outros nem tanto assim e futuros imaginados.   Planeta Bebê - Espaço dedicado a bebês e primeira infância.   SERVIÇO Ocupação Sendo Criança De 04 a 21 de agosto Local: Oi Futuro Flamengo Preço ingresso espetáculos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)* Oficinas e visitação: GRÁTIS *Os espetáculos Mix Dux e Esquecimento Global serão as únicas atividades pagas, mas podem ter seu ingresso trocado por livros infantis, que serão doados para a Instituição NAPEC, do Instituto Fernandes Figueira.   Endereço: R. Dois de Dezembro, 63 - Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 22220-040 Telefone: (21) 3131-3060   Como participar das oficinas - Os interessados devem enviar um e-mail para: ocupacaosendocrianca@gmail.com informando qual oficina e a idade da criança que irá participar. As inscrições serão confirmadas por e-mail. Vagas limitadas   Visita Descoberta – Percursos pelas estações Mundo Novo, Universo Paralelo e Túnel do Tempo com o objetivo de transformar crianças e adultos em descobridores, que irão percorrer mundos imaginados para construir experiências de ver, sentir, brincar e inventar. As visitas serão oferecidas entre quarta-feira e domingo, das 11h30 às 17h, a cada 30 minutos. Tirão duração de até 40 minutos e cada educador viajará com até 10 crianças, acompanhada por pelo menos 1 responsável.   Viagem na nave – Atividades propostas pelos educadores, que serão desenvolvidas no Foguete, entre as demais atividades (oficinas, visitas, espetáculos), visando criar um ambiente de trocas, experiências e aprendizados unindo crianças e adultos.  Nestes espaços serão realizadas ações de desenho, jogos, dobraduras e origamis e criação de histórias que os façam conhecer seres e mundos reais e imaginados. As ações de ativação acontecerão de quarta-feira a domingo, das 11h às 17h30, a partir de um tema diário.   - Números circenses – às 12h30 e às 17h30   Oficinas Gratuitas   Oficina de comicidade (de 4 a 10 anos) – Dia 04 de agosto, das 14h às 16h; dia 10 de agosto, das 11h às 13h; dia 17 de agosto, das 11h às 13h; e dia 19 de agosto, das 11h às 13h.   - Oficina Pequenos Inventores de Novas Danças (4 a 6 anos) – Dias 05, 14 e 20 de agosto, das 14h às 16h.   Oficina do Espaço Sensorial (1 a 3 anos) – Dia 06 de agosto, das 14h às 15h30; dia 07 de agosto, das 14h às 15h30; dia 13 de agosto, das 14h às 15h30; e dia 20 de agosto, das 14h às 15h30.   Oficina Inventário de Imaginários pra Reinvenção de Cidades (7 a 11 anos) - Dias 10,11, 12, 17, 18 e 19 de agosto, das 14h às 16h;   Oficina Circo em Família (4 a 10 anos) - Dias 20 e 21 de agosto, das 11h às 13h;         Espetáculos   Esquecimento Global Dias 06 e 07 de agosto às 11h30   Mix Dux Dias 13 e 14 de agosto às 11h30   Clique aqui para conferir o resumo de toda a programação da Ocupação Sendo Criança. :)  ]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Ocupaþªo-Sendo-Crianþa-33-Carol-Cony-1.jpg <![CDATA[FESTIVAL MÊS DA FOTOGRAFIA (DF)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12443 Local: Brasília (DF) Quando: de 02/08 a 30/08]]> http://www.oifuturo.org.br/wp-content/uploads/2016/08/festmesfoto.jpg <![CDATA[FESTIVAL TRANSBORDA (MG)]]> http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12448 http://www.oifuturo.org.br/?post_type=event&p=12448