FUTURO

A Ira de Narciso - Foto Marcelo Almeida_H3V5549

9ª edição do TEMPO_FESTIVAL reúne artistas de nove países

17 de outubro de 2018

Espetáculos teatrais, instalação, processos, performances, conferências e oficinas em diversos pontos do Rio, o TEMPO_FESTIVAL, um dos mais importantes festivais internacionais do país, e o principal de artes cênicas do Rio de Janeiro, chega em 2018 à sua 9ª edição, de 19 a 28 de outubro.

Com participantes de nove países (Brasil, França, Uruguai, México, Colômbia, Polônia, Croácia, Suíça e Alemanha), o festival ativa o foco curatorial TEMPO_FESTIVAL: PRESENTE! Os cariocas serão convidados a vivenciar e construir uma relação poética com a cidade, interagindo com uma instalação-performance na praia de Copacabana, participando de residências artísticas e atividades formativas, assistindo a peças teatrais, processos, performances nacionais e internacionais que têm se destacado ao redor do mundo.

 

Confira a programação no nosso Centro Cultural:

STUDIO CABARET VOLTAIRE

Um dos destaques desta edição é o Studio Cabaret Voltaire, inspirado na casa homônima de Zurique, na Suíça, que foi berço do Dadaísmo nos anos 1920. A atmosfera criativa do famoso espaço será a inspiração para o evento que ocupará o teatro, na varanda e no café, com peças performativas de artistas brasileiros e suíços. Para colocar tais peças em estado de diálogo, Jefferson Miranda, diretor da Cia Teatro Autônomo (em atividade de 1989 a 2013), coordenou o período de imersão criadora com 19 artistas de diferentes áreas – artes visuais, dança, performance, poesia, música e teatro – selecionados a partir de uma convocatória feita pelo TEMPO.

O Studio Cabaret acontece declaradamente como uma celebração à vida, quando tudo parece atentar contra ela. Uma celebração que não vem apontar soluções, caminhos; mas, como no Cabaret Voltaire dadaísta, diz sim de uma urgência: nascer. Concordemos com Waly Salomão: nascer não é antes!”, declara Jefferson Miranda, que mora em Londres e vem ao Brasil especialmente para o TEMPO_FESTIVAL.

Conduzido pelas provocações de Jefferson Miranda, o Studio Cabaret Voltaire apresenta as propostas individuais de trabalho de cada artista, em clima de cabaré filosófico e de celebração. O diretor do Cabaret Voltaire na Suíça, Adrian Notz, já confirmou presença no TEMPO_FESTIVAL. Produzido com identidade própria, o conteúdo audiovisual elaborado a partir das apresentações ficará disponível na internet, após o festival, na plataforma TEMPO_CONTÍNUO.

“O Studio Cabaret Voltaire faz um paralelo – em relação a valores e comportamento – entre a época em que vivemos e a época do surgimento do Dadaísmo e de outros movimentos que se seguiram, que buscavam novas formas potentes de expressão, de falar e de lidar com a realidade daquele momento.”, explica Bia Junqueira.

 

FOCO – SERGIO BLANCO

No dia 20, a pré-estreia carioca do monólogo A ira de Narciso – com Gilberto Gawronski em cena e direção de Yara de Novaes – no teatro do Oi Futuro é um dos três espetáculos que o festival apresenta com texto do consagrado dramaturgo e diretor franco-uruguaio Sergio Blanco. O público começa como ouvinte de uma palestra sobre violência e literatura. Na medida em que o espetáculo avança, a plateia percebe que a conferência vai além do tema em si, apresentando a forma íntima com que o autor tem vivido a violência literária, padecendo de sua dor e tormento, e ao mesmo tempo experimentando-a com deleite. Gawronski foi indicado como Melhor Ator nos prêmios Shell e Aplauso Brasil pela peça, que teve indicações em outras categorias.

 

A IRA DE NARCISO

Dias: 20 e 21 de outubro

Horário: 20h

Duração: 100 minutos

Valor: R$30,00 (inteira) | R$15,00 (meia)

Classificação indicativa: 18 anos

 

STUDIO CABARET VOLTAIRE

Dias: 26 e 27 de outubro

Horário: 19h

Duração: 4h

Valor: R$30,00 (inteira) | R$15,00 (meia)

Classificação indicativa: 18 anos

 

ENCONTRO COM ADRIAN NOTZ

Dia: 27 de outubro

Horário: 17h

Entrada Gratuita – distribuição de senhas 1 hora antes

Classificação Indicativa: 16 anos