FUTURO

BUG_oficinas

BUG LAB: palestras, debates e oficinas sobre narrativas imersivas e realidades estendidas

22 de agosto de 2018

Em paralelo a Mostra BUG, o Oi Futuro também sedia, de 22 de agosto a 8 de setembro, o BUG Lab. O evento é uma conferência internacional que reúne palestras, debates e oficinas de discussão sobre as novas narrativas imersivas com o uso da tecnologia. Participam professores, pesquisadores e realizadores atuantes em universidades brasileiras e de Nova York, Massachussets, Montreal, Londres, Barcelona, Medellin e Valparaíso.

O primeiro encontro, realizado no Teatro do Centro Cultural Oi Futuro, trouxe um panorama sobre a produção em realidades estendidas no Brasil. As realidades estendidas reúnem as narrativas em 360 graus, realidade virtual e aumentada, produzindo experiências imersivas. O painel de debate contou com a presença de Priscila Guedes, diretora de fotografia e responsável pelo  XRBR,  hub brasileiro do segmento com 100 empreendedores e empresas que já estão produzindo conteúdo e soluções de realidade aumentada para cinema, jogos e até negócios sociais. Priscila destacou o crescimento rápido que o setor vem apresentando na América Latina e o potencial existente, especialmente, a partir da economia criativa no Brasil.

“Estamos ocupando os espaços e ampliando o conhecimento sobre realidades imersivas”, destacou ela, que promoveu filmes usando essas tecnologias no Festival do Rio de 2017 e que acredita que há um grande potencial para negócios e geração de trabalho. “É um mercado completamente novo. Estamos todos aprendendo a fazer coisas novas e juntos”, acrescentou.

Também estavam no debate Alexandre Callil, da VRXP, a professora do PPGCOM da UFRJ Eliane Ivo e a empreendedora Aline Pina. Outro ponto tratado no painel foi a questão da ética na construção desses conteúdos. “Não estamos mais lidando só com storytelling, mas com storyliving. Precisamos pensar nos efeitos que essas experiências produzem”, alertou Callil. “Estamos falando de criação, de injeção de memórias nas pessoas, precisamos construir essas experiências com responsabilidade e com essa consciência”, completou Aline.

Até o dia 5 de setembro o BUG Lab promove painéis sobre a aplicação de interatividade imersiva e transmídia na educação, nas artes visuais, fotografia, literatura e até no jornalismo. Confira a programação completa:

Teatro Centro Cultural do Oi Futuro

(Distribuição de senhas 30 minutos antes).

22|8 – 15h às 20h

16h

“Diversidade e Sensorialidades Imersivas”

Mediadora  Julia Salles

Aline Pina

Elianne Ivo [PPGTLCOM]

Priscila Guedes

 

18h

“O áudio na Criação em realidade virtual”

Mediador  Luciano Saramago [PPGTLCOM]

Helio Kuwabara

Gabriel Tomazini

Alexandre Callil

 

23|08 – 15h às 20h

16h

“Cruzamentos da fotografia em tempos de convergência”

Mediador Felipe Varanda

Antonio Fatorelli – [ECO|UFRJ]

Peter Lucas – New York University [NYU]

 

18h

“Adaptações literárias animadas”

Mediador Octavio Aragão [PPGTLCOM]

Samira Almeida, Storymax

Claudia Mendes

 

30|8 – 15h às 20h

18h

Palestra “Mostra Bug: proposta curatorial”

André Paz

 

19h

Palestra ‘Narrativas não ficcionais na América Latina: uma viagem interativa pela realidade das Américas do Sul e Central”  [em espanhol]

Arnau Giffreu [Espanha]

 

04|9 –  [CASA DA CIÊNCIA – UFRJ] – 15 às 20 h

16h

Palestra “Narrativas Interativas: tendências, gêneros e desafíos Interactive factuals: trends, genres and challenges [em inglês]

Sandra Gaudenzi [Inglaterra]

 

18h

“Universidade e Mídias Criativas”

Cleomar Rocha [UFG]

Roberto Bartholo [COPPE]

05|9 – 17 às 20h 

18 h –  “Jornalismo, Educação e Interatividade”

Mediadora: Katia Augusta Maciel [PPGTLCOM - UFRJ]

Marcelo Bauer

Fernando Firmino [UEPB | Canal Futura]

Flávio Mayerhofer, Machiatto

 

OFICINAS [LABSONICA] – INSCRIÇÕES ENCERRADAS

15|8 – 13h às 19h

14 às 18 h  Oficina StoryHackers: Immersive worldbuilding

Maria Laura Ruggiero [Seiren Films]

Sinopse:Criação de narrativa imersiva e construção de realidade virtual. Das técnicas de brainstorming, às chaves do design espacial, com procedimentos rápidos de prototipagem digital, os participantes aprenderão os aspectos mais importantes da construção narrativa em realidade virtual.

M.Laura Ruggiero écineasta, roteirista e mastermind da Seiren Films.

 

29 e 30|8 – 13h às 19h

13 às 17h – Oficina: Documentários Interativos e Transmídia: estudo de projetos

Sinopse: Arnau Gifreu apresenta de forma sistemática um curso sobre projetos de sucesso de documentários interativos e transmídia. [em espanhol]

Arnau Gifreu éprodutor e consultor de narrativas transmídia e interativas, particularmente documentários interativos. Coordenador do interDocsBarcelona [Medellín e Valparaíso]. Pesquisador associado ao Open Documentary Lab [Massachusetts Institute of Technology - MIT].

 

5 a 8|9  – 11 às 22h [5 a 7], 15 às 22h [8|9]

Oficina: Desenvolvimento de Projetos interativos, imersivos e transmídia

5 a 7|9, 14 às 17 h e 18 às 21 h; 8|9, 16 às 20 h

Sinopse: Durante a oficina, os participantes desenvolvem as propostas de seus projetos de narrativas interativas, imersivas e transmídia, de acordo com metodologia internacional adaptada para circunstância brasileira, baseada em princípios de User Centered Design. Professores:

Sandra Gaudenzi é especialista internacional em narrativas interativas. Consultora e coordenadora do IFLAB [Interative Factual Lab], programa internacional de desenvolvimento de projetos interativos. Professora da University de Westminster, Londres.

André Paz é coordenador do Bug404; Professor [UNIRIO| PPGTLCOM-UFRJ] e diretor criativo de narrativas interativas.

Julia Salles é produtora, diretora e pesquisadora da Universidade do Quebec em Montreal [UQAM] de narrativas interativas e imersivas.