FUTURO

Prêmio Pipa_MAM Rio_romy_PANORAMA

Dominó conecta mostras distribuídas em seis espaços culturais

31 de agosto de 2018

Um corredor cultural que une seis espaços dedicados às artes visuais em quatro bairros da Zona Sul do Rio. Neste sábado, dia 1º de setembro, das 8h às 20h, será realizada a segunda edição da mostra Dominó. Participam desta mostra: Marina da Glória, Museu de Arte Moderna do Rio, Centro Cultural Oi Futuro, Museu da República, Galeria Oriente e Villa Aymoré. No circuito você vai encontrar novas produções contemporâneas ao lado de nomes consagrados, a diversidade da produção fotográfica brasileira, a crítica política e as novas narrativas em realidade virtual.

A abertura será em sequência, como na brincadeira em que uma fila de peças de dominó é formada à medida que uma vai derrubando a outra em sequência. Marina da Glória, (Avenida Dom Henrique s/n na Glória), a partir das 8 horas, Museu de Arte Moderna do Rio (Avenida  Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo) e Centro Cultural Oi Futuro (Rua 2 de Dezembro, 63, Flamengo)  a partir de 11 horas, Museu da República (Rua do Catete, 153 Catete), a partir das 17 horas, Galeria Oriente (Rua do Russel 300/401, na Glória), a partir das 17 horas, e Villa Aymoré (Ladeira da Glória, 26, Bloco 1, Glória), a partir de 18 horas.

Especialmente neste dia, a entrada no MAM Rio, que abre três novas exposições às 15 horas, será gratuita. O Museu da República, por sua vez, inaugura um novo espaço para a fotografia contemporânea com o circuito. A Marina da Glória integrou-se ao circuito com exposições que têm o mar como tema, e o Centro Cultural Oi Futuro explora a realidade virtual e a realidade aumentada em narrativas de ficção e não-ficção na Mostra BUG.  A Galeria Oriente promove uma visita guiada por uma reunião de grandes nomes da fotografia atual em torno de uma obra de Gustav Klimt e de outras duas individuais. Fechando o circuito, a Villa Aymoré apresenta uma mostra inspirada na “Farra dos Guardanapos”, a celebração de políticos fluminenses em Paris comandada pelo ex-governador Sérgio Cabral Filho.

Segue abaixo a programação completa:

 

1. MARINA DA GLÓRIA

“Outros Mares” + “Cara de Paisagem” + “Florestas Assombradas” + “O Rio Visto do Mar” + “Uma Coisa Ante os Olhos”

Av. Infante Dom Henrique S/Nº, na Glória

Informações: (21) 2555-2200

Aberta ao público 24h e, para barcos, das 8h às 19h

 A mostra “Outros Mares”, de André Magarão, é o destaque da Marina da Glória. São cinco fotografias de kitesurfistas em seus voos sobre as ondas. O que sobressai, além da beleza da composição, é a luz de estúdio que Magarão consegue reproduzir ao ar livre, fazendo uso de flashes grandes que flutuam no mar. Mais quatro exposições do FotoRio Resiste estarão em cartaz: “Cara de Paisagem”, de Marco Antônio Portela, “Florestas Assombradas”, de Alexandre Sant’Anna, “O Rio Visto do Mar”, de Rico Sombra, e “Uma Coisa Ante os Olhos”, de Marcelo Corrêa.

 

2. MUSEU DE ARTE MODERNA (MAM Rio) 

 Av. Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo

Informações: (21) 3883.5600
www.mamrio.org.br

O MAM Rio inaugura às 15h, “Metaimagens”, de Cesar Oiticica Filho (curadoria de Fernando Cocchiarale), “Finalistas da 9ª edição do Prêmio PIPA 2018”, com obras de Arjan Martins, avaf, Vivian Caccuri e Romy Pocztaruk; e “Galáxia (s) do Cinema – Máquinas, Engrenagens, Movimentos ou this strange little thing called love” (curadoria de Hernani Heffner). A entrada será gratuita, das 11 às 18h, e o público poderá ver outras cinco mostras já em cartaz:  Victor Arruda (curadoria de Adolfo Montejo Navas), Vicente de Mello (curadoria do poeta e ensaísta Eucanaã Ferraz),“Alucinações à Beira-Mar” (curadoria de Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes), “Guy Brett – a proximidade crítica” e “Estados da abstração no pós-guerra” (curadoria de Paulo Venancio Filho, em colaboração de Luciano Figueiredo).

 

3. CENTRO CULTURAL OI FUTURO

Mostra BUG

 Rua 2 de dezembro, 63, no Flamengo

De 11h às 20h

Informações: (21) 3131.3060

www.oifuturo.org.br

 Uma imersão no universo das novas narrativas, ainda pouco conhecidas e experimentadas no Brasil, é o eixo da Mostra BUG. Com curadoria de André Paz, Julia Salles e Arnau Grifeu, a mostra apresenta narrativas interativas e imersivas em formatos de webdocumentário, documentários interativos, vídeos 360, animação em realidade virtual, narrativa em realidade aumentada, realidade virtual, mapas de som, instalação transmídia [estação interativa + celular], em websites, celulares, tablets, computador com ou sem óculos 3D [realidade virtual]. O conjunto é uma referência dos principais polos criativos internacionais e da produção promissora do cenário brasileiro, com foco em não ficção e na abordagem antropológica dos conteúdos.

 

4. MUSEU DA REPÚBLICA

Os Surfistas

Rua do Catete, 153 – Catete

Informações: (21) 2127.0333

www.museudarepublica.museus.gov.br/

mr.comunicacao@museus.gov.br

17 às 20 horas

 

Dois grandes nomes da fotografia do Rio de Janeiro, Joaquim Paiva e Rogério Reis inauguram o Painel República da Fotografia Contemporânea, com obras diferentes em torno de um conceito central, que remete a um clamor de liberdade, inconformismo, ousadia e riscos. Enquanto Rogério exibe imagens de surfistas ferroviários, Joaquim Paiva apresenta um inusitado autorretrato de Joaquim Paiva, trajando roupas de executivo “surfando” em um conjunto de moveis de escritório.

 

5. GALERIA ORIENTE

“Beijo” + “fragmentos diários” + “O Jardim de Maria”

 Rua do Russel 300/401, na Glória.

17 horas

Informações: (21) 3495-3800

www.atelieoriente.com/galeriaoriente/

contato@galeriaoriente.com

O destaque da Galeria Oriente (GO) é a exposição coletiva “Beijo”, com as obras de nove grandes fotógrafos representados pela GO: Ana Carolina Fernandes, Ana Dalloz, Anna Kahn, Fábio Seixo, Kitty Paranaguá, Paulo Marcos, Rogério Reis, Thiago Barros e Walter Carvalho. Eles foram convidados a produzir imagens inéditas, inspiradas na centenária tela “O Beijo”, de Gustav Klimt. Também estão em cartaz as mostras individuais “fragmentos diários”, do artista visual demps, e “O Jardim de Maria”, série ganhadora do melhor portfólio do FotoRio 2017, do fotógrafo e designer gráfico Pedro Kuperman.

 

6. VILLA AYMORÉ

“Farra dos Guardanapos”

Ladeira da Glória, 26, Bloco 1 – Glória. De quarta a domingo, das 13h às 18h, Informações: (21) 4136.1550 – info@landmarkproperties.com.br

www.facebook.com/jacaranda.artebr/

Com curadoria de Gabriela Davies, a mostra “Farra dos Guardanapos”, de Gabriel Giucci, será inaugurada no dia do Dominó. As imagens do animado jantar de Sérgio Cabral e amigos em Paris, em 2009, são imortalizadas pelo artista através do suporte mais tradicional da história da arte: a pintura. Tal como “O Triunfo de Baco”, de Velázquez ou “A Aula de Anatomia do Dr. Nicolaes Tulp”, de Rembrandt, em “Farra dos Guardanapos” são representados marcos históricos, mitológicos ou verídicos. As fotos daquela noite rodaram o mundo através das mídias sociais e foram reproduzidas nos jornais do país como um marco da política brasileira. Agora, enquanto obra de arte, são revisitadas e têm as expressões faciais debochadas enfatizadas pelo artista. Em cartaz até 23 de setembro.

 

7. CAPACETE
Sistema Lento: Parque na Praça

Rua Benjamin Constant, 131, na Glória

Informações: (21) 9.8760.4868

www.capacete.org/

O trabalho “Sistema lento: parque na praça” surgiu da vivência da artista russa Asia Komarova, em 2015, na residência Capacete. Os moradores da Rua Benjamin Constant conversam nas calçadas, escutam juntos chorinho às quartas-feiras e produzem manifestações espontâneas. Apesar de tanto encontro, a rua não possui uma área exclusiva de coexistência para as crianças. Também em 2015, nasceu o projeto “Pequeno Laboratório”, para crianças de 5 a 10 anos, pelas mãos da programadora cultural francesa Adeline Lépine e da artista brasileira Caroline Valansi, ex-residentes do Capacete