FUTURO

HOME

Oi Futuro divulga programação 2016 dos centros culturais

30 de março de 2016

 

  • Programação inclui projetos nacionais e internacionais selecionados por meio do Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados;
  • Entre os destaques das artes visuais, estão exposições de Rosângela Rennó, do fotógrafo Robert Capa e de artistas mulheres do Leste Europeu;
  • Novidades nas artes cênicas incluem novo projeto de Aderbal Freire Filho, peça do britânico Mike Bartlett com Débora Falabella e musical que adapta Beatles para crianças.

Lista completa dos selecionados está em http://www.oifuturo.org.br/editais/editais-de-cultura/resultado/ 

 

O Oi Futuro divulga nesta quarta-feira (30 de março) a programação 2016 dos seus centros culturais no Flamengo e em Ipanema. Os projetos são selecionados anualmente, por meio do Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, incluindo atrações de artes visuais, teatro, música, dança, intermídia, audiovisual e pensamento. A programação é composta de 32 projetos selecionados por meio do edital 2015/2016, que se somam a atrações integrantes do edital do ano anterior que ainda não foram realizadas.

 

“O Oi Futuro renova seu compromisso com o a arte contemporânea e com o público carioca, apostando mais uma vez em uma programação rica e arrojada. A ideia é surpreender sempre”, diz Roberto Guimarães, gestor de Cultura do Oi Futuro.

 

A Oi e o Oi Futuro anunciam também nesta quarta-feira o resultado da seleção nacional d do Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados. Nesta edição, foram beneficiados projetos de 11 estados brasileiros, nas áreas de música, audiovisual, artes cênicas, intermídia, dança, tecnologia e novas mídias, artes visuais, cultura popular e literatura. A lista também está disponível no site www.oifuturo.org.br . Nesta edição, foram selecionados projetos culturais da Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo, incluindo projetos como o circuito AnimaMundi (SP), mostra Porto Alegre em Cena (RS), Festival do Rio (RJ), Flica (BA), FIDA – Festival Internacional de Dança da Amazônia (PA) e outros.

 

 

Programação

 

Entre os destaques das artes visuais estão a exposição Capa em Cores, com fotografias coloridas de Robert CapaAMOR, mostra coletiva de artistas mulheres do Leste Europeu;Ovação e Silêncio, projeto inédito de Rosangela Rennó que vai ocupar todas as galerias do centro cultural no Flamengo; POEMA, ocupação artística da bailarina Regina Miranda+ Performance, que vai reunir nomes nacionais e internacionais da performance;  individual da artista visual Denise Cathilina; e a nova edição do Programa Poesia Visual. A seleção inclui ainda retrospectiva do artista multimídia italiano Luigi OntaniNas artes cênicas, o Oi Futuro trará novidades como as peças “A paz perpétua”, projeto dirigido por Aderbal Freire Filho com texto inédito do espanhol Juan Mayorga “Love, love, love”, protagonizada por Débora Falabella, com texto do britânico Mike Bartlett (do premiado “Contrações”); “A reunificação”, com Bianca Byington e Louise Cardoso, com texto do francês Joel Pommerat (do premiado “Esta criança”) em montagem dirigida por João Fonseca.

 

O público infantil ganhou, mais uma vez, atenção especial na programação 2016 do Oi Futuro, com atrações como o musical “Experiência Yellow”, adaptação do universo dos Beatlespara crianças; “Tra-la-lá”, peça que reúne canções de Lamartine Babo; “Macuru – Cantos da noite”, de Tim Rescala“Guerra dentro da gente”, baseado na obra de Paulo Leminski;“Filhote de Cruz Credo”, inspirado na obra de Fabricio Carpinejar“Casa Caramujo”, adaptação do best-seller infantil “No oco da avelã” para os palcos. Além disso, durante o período de férias escolares, o Oi Futuro oferecerá a segunda edição do projeto Ocupação Sendo Criança, sucesso de público em 2015, com oficinas de desenho, teatro e circo, apresentações, caça ao tesouro e outrss atividades para os pequenos espalhadas por todo o centro cultural no Flamengo.

 

Na música, a novidade fica por conta dos projetos Super Violão Mashup, com canções famosas reeditadas em tempo real no palco, o festival Transfusão Noise Fest e o ciclo de debates Do Sulco Ao Bit. A seleção 2016 também inclui projetos já consagrados pelo público do Oi Futuro, como Festival Novas Frequências, Multiplicidade, File Games, Levada, RC4, Mostra Live Cinema, Visões Periféricas, A.Nota e outros.

 

Desde a primeira edição do edital de patrocínios da Oi, a seleção é orientada para estimular novas linguagens artísticas, apoiando criações que promovam o cruzamento entre arte, ciência e tecnologia e a convergência de meios, e valorizar projetos mobilizadores de público e que fomentem a formação de plateias, dialogando especialmente com o público jovem.