FUTURO

OiFuturo_APTR

Oi Futuro recebe prêmios por seus espetáculos

15 de abril de 2016

 A programação cultural do Oi Futuro tem muito o que comemorar. No ultimo mês, foram três peças premiadas, levando para casa treze troféus. Além disso, o Oi Futuro foi consagrado como Amigo do Teatro pela Associação de Produtores do Teatro do Rio de Janeiro, a APTR, um reconhecimento pelo trabalho de fomento à cena teatral carioca que enche a Oi de orgulho.

A APTR também elegeu Krum, peça que teve patrocínio da Oi e apoio do Oi Futuro, como o Melhor Espetáculo de 2015, arrebatando também o prêmio de melhor Iluminação. Essa foi a primeira montagem de um texto do autor israelense Hanoch Levin no Brasil, e conta sobre a volta do personagem Krum, após uma viagem frustrada pela Europa em busca de novas experiências. A empreitada, comandada pela Companhia Brasileira de Teatro e pela atriz e produtora Renata Sorrah, se debruça sobre os conflitos internos do personagem. Um dos maiores prêmios do teatro brasileiro, o Prêmio Shell, também contemplou Danilo Grangheia como Melhor Ator, e Fernando Marés com Melhor Cenário pelo espetáculo. Por fim, o Prêmio Cesgranrio de Teatro 2015 também deu à peça o título de melhor da temporada.Krum pode ser encontrado na íntegra na Futuroteca, um arquivo audiovisual de todos os projetos artísticos que passaram pelo Oi Futuro. [http://www.futuroteca.com.br/marcio-abreu-e-renata-sorrah-juntos-em-krum/ ]

Além disso, duas peças infantis que tiveram patrocínio da Oi e apoio do Oi Futuro foram laureadas, dessa vez pelo prêmio CBTIJ de Teatro para Crianças de 2015. Forró Miudinho foi eleito Melhor Espetáculo, Texto Original, Direção, Coletivo de Atores e Atrizes, Coreografia e Programação Visual. O musical passeia por canções de Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, entre outros, contando uma história de amizade e respeito às diferenças, tendo como pano de fundo a cultura nordestina.

Já Todo Vagabundo tem seu Dia de Glória foi reconhecido por Melhor Figurino e Visagismo. Inspirado pela Megera Domada de William Shakespeare, a história também se utiliza de canções para apresentar o mendigo Cristóvão Gerônimo, que da noite para o dia vira um abastado nobre. O Oi Futuro, que além de apoiar também foi palco de estreia desses espetáculos premiados, se junta ao coro da plateia com alegria: bravo!