FUTURO

1888941_542468325879921_7439563903241927955_o (2)

OI KABUM! REALIZA A EXPOSIÇÃO INTERATIVA OLHARES CONECTADOS, EM SALVADOR

23 de julho de 2014

Salvador, 21 de julho de 2014 – A abertura da Exposição Interativa Olhares Conectados acontecerá dia 23 de julho, às 19 horas, na Oi Kabum! Salvador unindo arte e tecnologia nas quatro obras interativas que trazem temas contemporâneos como lixo marítimo, tempo nas grandes cidades e comunidades. Com um catálogo totalmente interativo, o público terá informações através de vídeos, depoimentos e fotografias, uma criação inédita em Salvador. Para a abertura, grupos de dança do Subúrbio realizarão um flashmob no Terreiro de Jesus. A exposição fica até 29 de agosto de 2014, com entrada fraca, na sede da Oi Kabum! Salvador, que fica no Terreiro de Jesus, 17 – Pelourinho.

A exposição é o resultado do IV edital Oi Kabum! Salvador e traz três obras interativas criadas por jovens de comunidades populares de Salvador. Os três projetos selecionados nesta edição são: “Submersos”, “Objeto Comun” e “Nostress’arte”, que receberam aporte financeiro para a produção e finalização de suas instalações interativas. O edital tem a proposta de conectar coletivos de jovens de comunidades populares com a arte e tecnologia desenvolvida pelos jovens formados pela Escola Oi Kabum! de Arte e Tecnologia.

 

Nostress’Arte

A obra interativa traz o resultado do flashmob ocorrido no dia 23 de maio, na Estação da Lapa. Buscando questionar a forma como se usa o tempo no cotidiano das metrópoles, a ação criada pelos jovens Irênio Junior, Ana Paula Mota, Gisele Lopes e William Soares apresenta um relógio dotado de um dispositivo que acelera e desacelera o ponteiro, utilizando corpos como instrumento de medição. O intuito da instalação é trazer essa reflexão para o público. Ao todo, 30 jovens participaram da ação, como quatro grupos de street dance do Subúrbio Ferroviário – Cw crew, Perfeito Amor, Passos e Styllo Black Crew– criaram coreografias trazendo uma reflexão sobre a correria do dia a dia.

 

Submersos

A obra interativa, que une vídeo, tecnologia e lixo, é o resultado do mutirão para recolher o lixo existente na praia do Solar do Unhão e uma oficina com as crianças, onde se produziu quatro esculturas com o lixo encontrado. O título da obra pretende alertar a sociedade sobre uma realidade que não se vê. O projeto foi criado pelos jovens Murilo Gregório, Jessica Duarte, Abrãao Junior e Jean Carlos, tendo como parceiro o coletivo MUSAS (Museu de Street Arte de Salvador), residente na comunidade e um dos mais ativos de Salvador.

 

Objeto Comun

O projeto que pertence ao coletivo Cutucar, criado por jovens egressos da Oi Kabum! em Salvador, tem o objetivo de criar uma experiência estética que procura produzir novas maneiras de perceber o cenário comunitário. A exposição será uma ação de intervenção comunitária de arte urbana com mapeamento de vídeo, projeção em movimento, esculturas com materiais reciclados e intervenção sonora. Fazem parte do projeto Raiane Vasconcelos, Marina Lima e Vaguiner Braz, que contarão com a participação do coletivo de DJs (Davi Cerqueira), Banda Preto Sábio e o artista visual Eduardo Silva.

O Núcleo de Produção busca estimular a produção artística e cultural dos jovens, com foco na inserção deles no mercado de trabalho, a partir de parcerias e articulações feitas com diversas instituições e empresas. O edital, por ser formativo, realiza oficinas de elaboração de projetos e orçamento e oficinas artísticas, com o intuito de preparar esses jvoens para o Mundo do Trabalho, com foco específico na área de editais de cultura e leis de incentivo à cultura. Neste IV Edital, participaram cerca de 50 jovens, que trabalham dentro de suas comunidades com Coletivos, usando a arte e a tecnologia para chegar ao resultado final visto nesta exposição.

 

Sobre a Oi Kabum! Escola de Arte e Tecnologia

A Oi Kabum! Escola de Arte e Tecnologia oferece a jovens de comunidades populares urbanas, estudantes ou egressos da rede pública, formação em artes gráficas e digitais. Com unidades em Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e Salvador, o programa dura 18 meses e propõe fazer com que os jovens se apropriem das tecnologias da comunicação e da informação em processos criativos, podendo assim atuar nos campos de trabalho artístico e cultural.

Após a finalização do curso, os egressos têm a opção de integrar, por um período de seis a 18 meses, um segundo módulo de formação chamado Núcleo de Produção. Nessa etapa, são planejados e executados projetos autorais dos jovens e também trabalhos solicitados por clientes que buscam os serviços dos jovens profissionais formados na Oi Kabum!, sempre com o acompanhamento pedagógico de educadores da escola. Esse módulo tem como objetivo estimular a produção artística e cultural dos jovens, buscando a inserção deles no mercado de trabalho a partir de parcerias e articulações feitas com diversas instituições e empresas.

Mais de 900 jovens já se formaram na Oi Kabum! Escola de Arte e Tecnologia, que conta com a parceria de ONGs locais especializadas em comunicação, educação e juventude para a execução do programa.

 

Sobre a CIPÓ – Comunicação Interativa

É uma organização não-governamental, que utiliza a educação, a comunicação e a arte  para promover o desenvolvimento de adolescentes e jovens de comunidades populares da Bahia. Ao longo de seus 15 anos, a instituição vem atuando com projetos que visam à melhoria da escola, à inserção qualificada de jovens no mundo do trabalho, à garantia de direitos, à participação e o desenvolvimento social e à democratização da comunicação e da cultura.

www.cipo.org.br