FUTURO

premiados

ORGANIZAÇÃO APOIADA PELO OI FUTURO VENCE PRÊMIO DE INOVAÇÃO

18 de outubro de 2013

IPTI, ONG de Sergipe, vence Prêmio FINEP na categoria Instituição de Ciência e Tecnologia na regional Nordeste

 

No Dia Nacional da Inovação, 19 de outubro, o Oi Futuro comemora o Prêmio Finep de Inovação 2013 conquistado pelo IPTI (Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação), organização apoiada pelo Oi Novos Brasis, programa de Sustentabilidade do Oi Futuro. A organização foi eleita na categoria ICT (Instituição de Ciência e Tecnologia) na região Nordeste, por seu trabalho no uso das Tecnologias da Informação e Comunicação aplicadas à educação, à saúde e à economia criativa em Sergipe.

 

A cerimônia de premiação foi realizada no dia 13 de outubro, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. “Parte importante deste prêmio é consequência da parceria estabelecida com o Oi Futuro, que tem dado singular relevância às possibilidades de contribuição da inovação tecnológica para suas ações de investimento social, em especial na perspectiva de que tais inovações, quando desenvolvidas com foco e método, possam contribuir para as políticas públicas vigentes ” lembrou Saulo Barreto, Relações Institucionais e Novos Negócios do IPTI.

 

O Prêmio FINEP de Inovação é reconhecido como o mais importante instrumento de estímulo e reconhecimento à inovação no Brasil. Criado em 1998, já premiou mais de 500 empresas, instituições e pessoas físicas, sendo responsável pela projeção dos contemplados não apenas no Brasil como no exterior. Este ano, o prêmio totalizou R$ 8 milhões em prêmios distribuídos pelas nove categorias previstas no regulamento.

 

IPTI e Oi Futuro

 

Selecionado no edital 2013 do Oi Novos Brasis, o IPTI se destaca por usar a tecnologia como meio para a melhoria da qualidade de vida da população local, formada principalmente por pescadores e comunidades quilombolas. A organização atua no município de Santa Luzia do Itanhy, um dos mais pobres do país, com o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) mais baixo de Sergipe. Desde sua fundação, em 2003, o IPTI tem atuado de forma participativa, envolvendo representantes das comunidades locais nos diversos projetos de Tecnologias Sociais que desenvolve. Entre suas principais iniciativas estão o projeto Arte Naturalista, que associa educação ambiental e empreendedorismo sustentável, formando jovens para o design e o desenvolvimento de uma linha de produtos com referências à estética da fauna e flora locais; e o desenvolvimento da plataforma computacional TAG (Tecnologia de Apoio à Gestão), criada para dar apoio à gestão e o monitoramento da educação e da saúde no município.


Criado em 2004, o Programa Oi Novos Brasis hoje é amplamente reconhecido como instrumento de fomento a projetos socioambientais inovadores, caracterizando-se cada vez mais como um apoiador de “startups” no campo das tecnologias sociais, valendo-se de edital de seleção anual. Em nove edições do programa, foram apoiados 165 projetos em todas as regiões do país, em suas três linhas de atuação: Educação para a Sustentabilidade, Trabalho e Renda, e Garantia de Direitos, destacando-se, nessa ultima vertente, o peso crescente de projetos com foco na acessibilidade, que é uma agenda central para o Oi Futuro.