FUTURO

CAP_0630dfds

PROJETO SUSTENTABILIDADE NA VEREDA ENTRE OS VENCEDORES DO 1º PRÊMIO ODM MINAS GERAIS

Criado em 2004 pelo governo federal, o Prêmio ODM (Objetivos de Desenvolvimento do Milênio) é fruto de uma parceria entre o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Movimento pela Cidadania e Solidadriedade/Nós Podemos.

No mês de março, o estado de Minas Gerais anunciou pela primeira vez as 15 iniciativas mineiras vencedoras do Prêmio. No evento de premiação, foram mais de 130 inscritos e 15 vencedores. O objetivo do prêmio é reconhecer e apoiar iniciativas que contribuem com o cumprimento das Metas do Milênio. Além de valorizar os projetos, a premiação faz com que boas práticas sirvam de exemplos para as regiões onde os indicadores ODM precisam ser melhorados.

O Instituto Biotrópicos, recebeu o Prêmio pelo projeto Sustentabilidade na Vereda: Sol, Tecnologia e Biodiversidade, que conta com o apoio do Oi Futuro através do programa Oi Novos Brasis. Um projeto que desenvolve pesquisas em biodiversidade em uma área prioritária para a conservação, realiza atividades educativas e culturais e estimula o uso sustentável dos recursos naturais através da capacitação em tecnologias sociais. Acima de tudo, o projeto estimula o envolvimento comunitário de populações ribeirinhas das margens do rio Carinhanha, visando a proteção e conservação do meio ambiente e do meio rural.

“A maior recompensa pela premiação é que ela desperta em nós mesmos a constatação da relevância de todo o trabalho já desenvolvido, e reafirma nossa dedicação para a continuidade do projeto, com a expectativa de potencializar ainda mais seu impacto, almejando sempre integrar a conservação da biodiversidade, o uso adequado dos recursos naturais e o desenvolvimento humano no sertão.”, afirma Isabela Lazarotti, bióloga e coordenadora do Instituto Biotrópicos.