FUTURO

10463008_308914142610575_134656493516564584_n

SEMEAR PROMOVE DEBATE SOBRE LIBRAS E ARTE CONTEMPORÂNEA

16 de julho de 2014

O Projeto “I Surdo”, executado pela Sociedade Semear, em parceria com o Instituto Oi Futuro, institucional de responsabilidade social da Oi, promovem, em Aracaju, um debate sobre “Libras na arte contemporânea”, com a palestra com a professora e artista plástica surda, Fernanda Machado. O evento acontecerá no dia 18 de julho, às 19h, no auditório da Sociedade Semear, tendo como objetivo principal fomentar a produção artística e cultural das comunidades surdas do estado de Sergipe. As inscrições são gratuitas e estarão abertas nos dias 15 e 16 de julho, no horário comercial, na Semear. Vagas limitadas.

“É importante trazer para a comunidade surda sergipana discussões a cerca da arte, principalmente sobre arte contemporânea, levando aos surdos e profissionais que trabalham na área, informação e conteúdo atualizado e novas formas de promover a comunicação e inclusão através da linguagem universal”, afirma o coordenador do I Surdo, Daniel Renno.

Além da palestra haverá uma oficina nos dias 19 e 20 de julho, com o objetivo de utilizar-se da arte como expressão de linguagem.

Serão disponibilizadas 30 vagas para a oficina, somente para surdos, mediante inscrição prévia.
O evento é aberto aos surdos, artistas plásticos, profissionais da área, estudantes e demais interessados.

Outras informações através do 3022-2052 ou projetoisurdo@gmail.com

 

Sobre a palestrante:

Possui licenciatura em Educação Artística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2009. É formada em Letras/LIBRAS, em 2011 e Mestre em Estudos da Tradução,em 2013, na Universidade Federal de Santa Catarina. É professora do Departamento de Artes e Libras da Universidade Federal de Santa Catarina. É membro do grupo de pesquisa do Projeto do Laboratório de Pesquisa, Ensino e Extensão em LIBRAS, da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Artes, Teatro (Companhia Surda de Teatro) e Poesia em LIBRAS. Possui experiência em tradução do português para Libras no curso a distância de Letras Libras da UFSC, pesquisadora e tradutora do Projeto de Extensão Glossario TISL9 e Identificador de Sinais. É aplicadora de testes em Libras do NALS – Núcleo de Aquisição da Língua de Sinais. Atualmente é professora da UFSC e doutoranda no Programa de Pós-Graduação de Estudos da Tradução da UFSC com a pesquisa sobre aAntologia de Poesias em Libras, sob a orientação da Prof. Ronice de Mulher Quadros.