FUTURO

890408

SÉRGIO RODRIGUES É O GRANDE VENCEDOR DO PRÊMIO PORTUGAL TELECOM DE LITERATURA 2014

16 de dezembro de 2014

  • Cerimônia no Oi Futuro consagra autor de “O Drible”, ganhador na categoria romance e Grande Prêmio Portugal Telecom
  • Cearense Everardo Norões e português Gastão Cruz também foram premiados nas categorias Conto/Crônica e Poesia, respectivamente

Rio de Janeiro, 9 de dezembro de 2014 – O escritor mineiro Sérgio Rodrigues é o grande vencedor da 12ª edição do Prêmio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa, anunciado nesta segunda-feira, 8 de dezembro, no Oi Futuro em Ipanema. A cerimônia, promovida pela primeira vez no Rio de Janeiro, foi apresentada pela atriz Fernanda D’Umbra e pelo ator Marat Descartes.

O livro O drible (Companhia das Letras), de Sérgio Rodrigues, foi eleito na categoria Romance; Entre moscas (Confraria do Verbo), do cearense Everardo Norões, venceu entre as obras de Contos/Crônicas; e Observação do verão seguido de Fogo (Móbile Editorial), do português Gastão Cruz, ganhou na categoria Poesia. Sérgio Rodrigues também levou o Grande Prêmio Portugal Telecom, disputado entre os vencedores das três categorias.

Romance premiado faz homenagem ao universo futebolístico

O drible é o terceiro romance de Sérgio Rodrigues, autor também de Elza, a garota, e das coletâneas de contos O homem que matou o escritor (Objetiva, 2000) e Sobrescritos (Arquipélago, 2010), entre outros. O livro parte da antológica cena do drible que Pelé aplicou no goleiro uruguaio Mazurkiewicz na semifinal da Copa de 1970, vista e revista por pai e filho num velho aparelho de TV, para cobrir cinco décadas de um sombrio drama familiar.

Nascido em Muriaé (MG) em 1962 e radicado no Rio, Rodrigues é o responsável pelos blogs Todoprosa e Sobre Palavras, ambos da Veja Online. Antes disso, trabalhou como repórter, editor e colunista dos principais veículos da imprensa brasileira, como “Jornal do Brasil”, “Folha de S. Paulo”, “O Globo” e TV Globo. Antes de se especializar em jornalismo cultural, atuou por muitos anos como jornalista esportivo, experiência usada para dar vida ao universo futebolístico de “O drible”.

Vencedor na categoria Conto/Crônica, Everardo Norões é contista, poeta e tradutor e nasceu em Crato (CE) em 1944. Autor de uma dezena de livros, entre eles Miguel Torga e o dicionário da terra (2007), Retábulo de Jerônimo Bosch (2008), W.B. & os dez caminhos da cruz (2012) e O fabricante de histórias (2012), consta em diversas antologias nacionais e internacionais, entre elas, a edição nº10 da Revista Granta.

Eleito na categoria Poesia, Gastão Cruz nasceu em Faro, em Portugal, em 1941, e estreou na literatura em 1961, na revista Poesia 61. Desde então, sua obra não parou de crescer, incluindo “Rua de Portugal”, vencedor do Grande Prêmio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores 2003, “O pianista”, vencedor do Prêmio do Poesia do Pen Club 1985, entre outros. Em 2008, sua obra poética foi reunida no livro A vida da poesia. Embora ainda pouco conhecido no Brasil, sua obra vem sendo estudada em diversos cursos de literatura portuguesa, com destaque a Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O resultado do Prêmio Portugal Telecom de Literatura 2014 foi decidido pelo Júri formado pela curadora-coordenadora e consultora literária da Portugal Telecom, Selma Caetano, a escritora Cintia Moscovitch (curadora de contos e crônicas), o poeta Sérgio Medeiros (curador de poesia), o crítico literário Lourival Holanda (curador de romance), e pelos jurados eleitos pelo Júri Inicial João Cezar de Castro Rocha, José Castello, Leyla Perrone-Moisés, Luiz Costa Lima, Manuel da Costa Pinto e Regina Zilberman.

Este ano, o prêmio distribuiu o total de R$ 200 mil, divididos da seguinte forma:

Prêmio Portugal Telecom Romance: R$ 50 mil reais

Prêmio Portugal Telecom Poesia: R$ 50 mil reais

Prêmio Portugal Telecom Conto/Crônica: R$ 50 mil reais

Grande Prêmio Portugal Telecom 2014: + R$ 50 mil reais

Booktrailers envolveram alunos da Oi Kabum! do Rio, Recife, Salvador e BH

Pelo terceiro ano, estudantes da Oi Kabum!, Escola de Arte e Tecnologia do Oi Futuro,  instituto de Responsabilidade Social da Oi, foram responsáveis pela criação de booktrailers dos finalistas do Prêmio Portugal Telecom de Literatura. Os jovens, que têm entre 16 e 21 anos e são moradores de comunidades do Rio, Belo Horizonte, Salvador e Recife, foram desafiados a criar vídeos de até um minuto que transpusessem o universo de cada obra finalista para a linguagem audiovisual. O resultado, que será exibido pela primeira vez na entrega do Prêmio, é uma coleção original de vídeos que exploram diversas técnicas de produção e de animação, combinando elementos de videoarte, do videoclipe e da literatura.

A Oi Kabum! atua em quatro cidades brasileiras – Recife, Belo Horizonte, Salvador e Rio de Janeiro – e é voltada para jovens de comunidades populares urbanas, estudantes ou egressos da rede pública, já tendo formado mais de 800 jovens. O programa faz com que os jovens se apropriem das tecnologias da comunicação e da informação em processos criativos, para atuar no trabalho artístico e cultural.

“A Oi e o Oi Futuro participam do Prêmio Portugal Telecom de Literatura desde 2012 e estão honrados pela oportunidade de prestar essa contribuição para a divulgação da literatura lusófona e para o maior intercâmbio entre a literatura do Brasil, Portugal e África”, diz José Augusto da Gama Figueira, Presidente do Oi Futuro.

Sem título

Seleção do prêmio é realizada em três etapas

Em 2014, a inscrição ao prêmio novamente foi dividida nas categorias poesia, romance e conto/crônica. As três categorias foram avaliadas separadamente, valorizando assim cada gênero em suas singularidades.

A escolha dos vencedores foi realizada em três etapas, marcadas pela transparência de critérios. A sua estrutura democrática e a excelência e diversidade do corpo de jurados elege sempre um conjunto de finalistas efetivamente representativo do melhor da atual literatura em língua portuguesa.

Na primeira etapa de votação, um amplo e qualificado júri de 206 profissionais da literatura em língua portuguesa indicados pela curadoria selecionou por meio de votação online 64 semifinalistas ao Prêmio, dentre um total de 489 livros inscritos, todos publicados no Brasil, no ano de 2013.

Na segunda etapa o Júri Intermediário avaliou as 64 obras classificadas na etapa anterior e elegeu os doze finalistas (quatro de cada categoria).

Na terceira etapa o Júri Final escolheu o vencedor de cada categoria entre os 12 finalistas da etapa anterior, e, depois de votar nos três vencedores, realizou nova discussão para eleger o Grande Prêmio Portugal Telecom 2014, entre os três vencedores.