FUTURO

Labora site

Conheça os selecionados do edital do Labora em parceria com o Ekloos

14 de setembro de 2017

Está no ar a lista dos projetos e negócios sociais de perfil cultural selecionados no edital do Labora, o Laboratório de Inovação Social do Oi Futuro, para o programa de desenvolvimento do setor, em parceria com o Instituto Ekloos e a Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro.

A seleção de organizações traz coletivos culturais, cineclubes, jornais comunitários, grupos de teatro, oficinas artísticas e até uma biblioteca ambulante, instalada em um triciclo. Foram contempladas iniciativas da Cidade de Deus, Santa Cruz, Méier, Estácio, Honório Gurgel, Lapa, Jacarepaguá, Manguinhos, Barra da Tijuca e da Zona Sul.

O ciclo de formação abrange a incubação de 15 projetos e aceleração de outros cinco negócios sociais. O objetivo é fortalecer organizações sem fins lucrativos e empreendedores sociais que possuam boas ideias na área da cultura para gerar impacto social, apoiando o desenvolvimento e a inovação do setor no Rio. As mentorias do programa começam ainda no mês de setembro e acontecem até maio de 2018.Também estão previstos cursos de formação em novembro de 2017 e março de 2018 para até 100 organizações sem fins lucrativos.

Veja os selecionados na parceria Labora + Instituto Ekloos

Negócios sociais:

Estante Mágica (Catete, Rio) – Plataforma de publicação de livros online para estudantes da rede pública e particular.

Maré de Sabores (Complexo da Maré, Rio) – A iniciativa promove a capacitação profissional de moradoras da Maré na área da gastronomia e no comércio de alimentos por meio do serviço de buffet. Busca desmistificar que possa ter produção de qualidade dentro da favela.

Somar (Cabo Frio, RJ) – Iniciativa para produção de eventos esportivos e culturais para pessoas com deficiência na Região dos Lagos.

Lona dos Sonhos… Uma Lona na Lua! (Rio Bonito, RJ) – Criação de um teatro de Lona, de baixo custo, para circular em cidades do interior do país.

Roda do Mundo Produções Artísticas e Culturais (Vila Isabel, Rio) – Comercialização de produtos que divulgam a cultura afro e possibilitam a identificação desse público.

Organizações:

Cinema Nosso (Lapa, Rio) – Produção de vídeos e capacitação na área audiovisual.

Instituto d’O Passo (Laranjeiras, Rio) – Organização pretende divulgar o método de ensino de música O Passo.

Instituto Cohen (Campo Grande, Rio) – Desenvolvimento de projetos sociais da área e formação de grupos de dança, teatro e cinema.

Honório Gurgel Coletivo (Honório Gurgel, Rio) – Coletivo cultural que promove ações em Honório Gurgel.

Associação Imaginário Digital (Flamengo, Rio) – Promove o Festival Visões Periféricas, que articula audiovisual, educação e tecnologias para ampliar o universo de expressão e percepção estética das periferias brasileiras.

Leão Etíope do Méier (Méier, Rio) – Grupo atua na Praça Agripino Grieco com programação de shows musicais, exposições, cineclube, performances artísticas, circenses, teatrais e de dança.

CDD Acontece (Cidade de Deus, Rio) – Aplicativo, página no Facebook e portal que difunde atividades culturais na Cidade de Deus.

Instituto Cultural No Palco da Vida (Olaria, Rio) – Organização oferece oficinas de interpretação teatral, TV, dança e maquiagem, além de produzir espetáculos em diversos espaços do bairro.

Luiz’s Startup (Santa Cruz, Rio) – Ativa o Grupo Teatro A Céu Aberto do Saquassu e o coletivo artístico Três Pontos, composto por três companhias teatrais da Zona Oeste.

Livreteria Popular Juraci Nascimento (Estácio, Rio) – Triciclo de livros – biblioteca ambulante no Complexo de São Carlos.

Instituto AVES (Jacarepaguá, Rio) – Organização que atua com moda e eventos de Charme.

Agência de Comunicação Comunitária – Fala Manguinhos (Manguinhos, Rio) – Produz e distribui jornal comunitário de Manguinhos.

Coletivo Abrigo (Botafogo, Rio) – Grupo que atua com arquitetura tátil em praças da periferia e promove intervenções artístico-culturais.

Rio Invisível (Glória, Rio) – A organização trabalha com a ressignificação da imagem de moradores de rua por meio de fotografias e narrativas em primeira pessoa. O Facebook é a principal plataforma de divulgação (90 mil curtidas e o engajamento de cerca de 400 mil pessoas por publicação).

Associação dos Amigos do Cineclube Gigoia (Barra da Tijuca, Rio) – Projeto de audiovisual que utiliza espaços de aulas de judô para a projeção de filmes, unindo o tatame ao cinema.

Mais informações no site do Instituto Ekloos: www.ekloos.org.br